Como o olfato pode estar ligado ao aumento do risco de morte!

O envelhecimento oferece vários desafios para o indivíduo, pois com o passar dos anos vamos perdendo a capacidade de realizar algumas atividades facilmente. Dito isso a perda de olfato é um dos problemas enfrentados pelas pessoas na terceira idade.

Ainda, a perda do olfato já está associada ao risco de desenvolver Parkinson e demência. Visto que é um dos sintomas que sinalizam a existência do problema.

Recentemente pesquisadores da Universidade Estadual de Michigan, EUA, divulgaram um estudo que verificou um maior risco de morte em pessoas adultas com problemas de olfato.

Segundo dados da pesquisa indivíduos com problemas de olfato têm 50% mais chances de morte num período de 10 anos. Além do mais esse risco se estende as pessoas saudáveis que apresentam dificuldades de sentir cheiros.

Como a perda do olfato impacta a vida do indivíduo?

Participaram do estudo 2,3 mil pessoas com idades entre 71 e 82 anos, que precisaram detectar odores comuns como gasolina, chocolate, limão, cebola, entre outros. A partir do resultado foi verificada a taxa de sobrevivência para os próximos 13 anos.

Pessoas que tiveram dificuldades de identificar os cheiros apresentaram uma taxa de mortalidade 46% maior para os próximos 10 anos, que as demais. Da mesma forma a taxa verificada para os próximos 13 anos foi de 30% de risco de morte.

Estresse baixa a Imunidade

Entretanto a pesquisa ainda não determinou quais doenças estão relacionadas à perda do olfato, além das já conhecidas demência e Parkinson. Também não é possível associar a perda de olfato com doenças respiratórias e câncer.

Porém mais estudos precisam ser realizados para entender o impacto da perda do olfato na vida de um indivíduo. Pois a pesquisa é recente e necessita de mais testes. Conforme os pesquisadores a incapacidade de sentir cheiros pode ser indício de algum problema de saúde.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo. Leia mais sobre o assunto no link: https://glo.bo/2F5joH5

2019-06-13T22:34:43-03:00 28/06/2019|BEM-ESTAR, DICAS, SAÚDE|0 Comentários

Deixar Um Comentário