Que tal dar um tempo das redes sociais?

Redes sociais! Há vida longe delas?

Muitos chegam a pensar assim! Estranho?

Não segundo estudos recentes que o Blog Homeopatia e Saúde e os doutores Ariovaldo Ribeiro Filho e Ana Lucia Dias Paulo selecionaram.

Acha que poderia dar um tempo nas redes sociais? Até 11% das pessoas sofrem de algum tipo de dependência tecnológica e um estudo usando exames de tomografia mostrou que o Facebook pode afetar o cérebro formas semelhantes a drogas como a cocaína. O professor Ofir Turel, da Universidade Estadual da Califórnia, nos EUA, monitorou o cérebro de 20 voluntários e descobriu que o mesmo sistema cerebral envolvido no vício em drogas, foi afetado quando as pessoas viam imagens relacionadas ao Facebook.

Incrível? Surpreendente? Com certeza. Mas segundo o professor, existem diferenças: é mais fácil abandonar a rede social do que, por exemplo, um hábito pesado de uso de crack.  Ele fez até uma comparação para nos ajudar a entender o que pode acontecer: “A impulsividade pode ser comparada com acelerar um carro, enquanto o sistema inibitório pode ser comparado a um freio. Em vícios, há uma forte aceleração do sistema impulsivo. E isso muitas vezes está relacionado a um sistema inibidor em mau funcionamento. A boa notícia é que o comportamento pode ser corrigido com tratamento. Entenda mais o que está envolvido lendo o artigo completo em https://goo.gl/86MWME

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *