Quantos dias é normal ficar sem ir ao banheiro?

A prisão de ventre é um problema de saúde que afeta mais a população feminina que a masculina. Ficar sem ir ao banheiro é normal na rotina de algumas mulheres. Mas, você sabe quantos dias é normal ficar sem ir ao banheiro?

O correto é ir ao banheiro todos os dias, entretanto em alguns casos essa frequência sofre alterações. Afinal nenhum indivíduo é igual ao outro. Por isso é considerado aceitável ficar de 1 até, no máximo, 2 dias sem ir ao banheiro. Porém se esse intervalo for maior é preciso procurar ajuda de um especialista para descobrir o que está acontecendo.

Passar longos períodos sem evacuar causa desconforto, uma vez que o acúmulo de gases provoca inchaço abdominal é aquela sensação de estufamento. O que atrapalha até a hora das refeições por que o estômago fica alto, além de ser pressionado pelos gases acumulados.

As fibras são importantes para melhorar o funcionamento do intestino. Já que elas ajudam a eliminar os alimentos que se prendem a parede do intestino.

Ainda existem outros alimentos que ajudam a melhorar as funções do intestino como o mamão e a ameixa.

Em contrapartida existem alimentos que ressecam como é o caso da polpa da maçã e da goiaba. Por isso esses alimentos precisam ser consumidos com menos frequência por quem sofre de prisão de ventre.

Se movimente

Passar muitas horas sentada também causa prisão de ventre.

O excesso de álcool e café também é prejudicial para o bom funcionamento do intestino. Assim como alimentos muito gordurosos e açucarados.

Tomar bastante água e consumir alimentos ricos em fibra previne a prisão de ventre.

Intestino e Depressão

Ficar segurando faz com que o intestino se torne preguiçoso, o que atrapalha o bom funcionamento do mesmo .

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo. Veja mais sobre esse assunto em: https://goo.gl/Nnr8Az

2018-08-14T21:23:23+00:00 24/08/2018|BEM-ESTAR, MULHER, SAÚDE|0 Comentários

Deixar Um Comentário