Tag Archives: tratamento

Infertilidade

Casais que sofrem por causa da infertilidade passam por diversos tipos de problemas físicos e emocionais em sua luta pela infertilidade. Optar por um tratamento de fertilização em vitro, geralmente, causa todos os tipos de questões que só os parceiros conseguem entender.

Ás vezes a mulher passa por diversos ciclos de tratamento de fertilidade caro e ainda não conseguem engravidar, ou carregam o bebê por um tempo. Existem outros problemas de saúde relacionados a isso, e uma clinica de fertilidade pode não abordar de maneira completa e direta a causa.

Para o Dr. Ariovaldo a homeopatia com toda certeza pode auxiliar no tratamento da infertilidade, tanto masculina, como feminina. Principalmente nos casos em que não se encontra uma causa clínica plausível, tal como a obstrução das trompas na mulher, diminuição dos espermatozoides no homem, dentre outros problemas.

Como a homeopatia pode auxiliar no tratamento da infertilidade?

Como a Homeopatia leva em conta a totalidade do organismo e o tratamento visa o equilíbrio global, muitas vezes no decorrer do tratamento a paciente “de repente” engravida. É estranho falarmos assim, mas vimos algumas vezes tal fato acontecer, falou o Dr. Ariovaldo.

A homeopatia é um tratamento que pode ajudar nos casos de infertilidade, pois considera o paciente como um todo. Por isso não trata somente os sintomas da doença, mas a origem do problema que pode ser de procedência emocional.

Tanto que é comum encontrar nos consultórios e clínicas de infertilidade histórias de mães que tentaram engravidar sem sucesso que após desistir do tratamento e adotar uma criança acabaram engravidando. Por isso os especialistas em fertilidade precisam ter uma visão que vai além dos aspectos físicos do problema e trate o emocional dos pacientes.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, sabe o quanto é dolorosa a rotina dos casais que tentam engravidar e não conseguem. Mas acreditamos que a homeopatia pode ser um tratamento mais humano nos casos de infertilidade.

Nesse link tem um artigo muito interessante sobre o assunto: https://goo.gl/6yWDsY

Lúpus e homeopatia

O Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES), um problema conhecida popularmente apenas como lúpus, é uma doença autoimune que pode afetar principalmente os rins, cérebro, pele e articulações. Assim como os demais órgãos do corpo humano. Pesquisas já apontaram que, provavelmente, o lúpus e homeopatia seja resultado de uma combinação de fatores genéticos e ambientais.

O Lúpus é uma doença que prejudica o sistema imunológico

A principal função do sistema imunológico é combater infecções causadas por invasores. Mas nos casos de lúpus invés de proteger o organismo, por causa de um erro, o sistema imunológico acaba atacando as células saudáveis do corpo.

Apesar de atacar preferencialmente as articulações, pele, rins e cérebro não há como prever qual parte do corpo será afetado pelo lúpus e homeopatia.

Na maior parte dos casos o lúpus é uma doença leve que afeta somente algumas partes do corpo, sendo que alguns pacientes não apresentam problemas nos órgão internos (coração e pulmões). Mas apresentam problemas nas peles e articulações.

A luz solar e a utilização de alguns tipos de medicamentos como antibióticos e anti-hipertensivos podem ter relação direta com o desencadeamento do lúpus e homeopatia.

A homeopatia pode ser utilizada nos casos de lúpus como um tratamento complementar ao tratamento tradicional indicado pelo médico de confiança. Como qualquer outra doença o lúpus precisa de acompanhamento médico.

Por se tratar de um sistema de tratamento que cuida do paciente como um todo a homeopatia é uma opção mais humana e completa para o tratamento nos casos de lúpus e homeopatia. Uma vez que os medicamentos homeopáticos são fabricados com substâncias naturais, por isso não causam efeitos colaterais.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, compartilhou mais essa matéria com o propósito de informar e tirar dúvidas. Para mais informações sobre o assunto acesse: https://goo.gl/1MZxet

Autismo e Homeopatia

Quem tem uma pessoa com autismo na família sabe o quanto essa síndrome é desafiadora para todos os envolvidos. O autismo é um distúrbio sócio interativo que necessita de acompanhamento de diversos especialistas. Além do uso de medicamentos para controlar os problemas que podem fazer parte da rotina de quem vive com a síndrome.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, trouxe mais essa matéria cedida pela Dra. Ana Lucia que falou sobre autismo e homeopatia.

Vamos entender o autismo como uma síndrome, ou seja, a criança pode apresentar diferentes características, podendo ser de diferentes influências as quais vamos citar mais adiante. Foi assim que a Dra. Ana Lucia começou o nosso bate papo sobre autismo e homeopatia.

Entretanto quando mais cedo for feito o diagnóstico, melhor será a possibilidade de evolução. Como este diagnóstico precoce nos parece, cada vez mais, frequente, a família e o pediatra devem estar atentos aos mínimos sinais que os coloque em frente a esta possibilidade.

Sinais de que a criança tem autismo

Como, por exemplo, um bebê de 2-3 meses que não é capaz de olhar para o rosto do adulto, nem mesmo interagir com ele. Vamos pensar que os bebes, se sentem felizes com o adulto conversando ou brincando com ele, por isso devemos, no mínimo, achar algo não está bem.

Ou se aos 6-8 meses além de não interagir não demonstrar nenhum esforço em se comunicar, seja verbalmente ou corporal. Ainda temos aquele bebê que se incomoda muitíssimo com barulhos externos. Se irrita demasiadamente com brinquedos sonoros bem como apresenta atitudes repentinas. Mostrando cada vez mais atitudes de isolamento, ou simplesmente ficar o tempo todo sentado balançando o corpo para frente e para trás.

Por isso a homeopatia sendo uma medicina com abordagem da totalidade do paciente, pode sim, ajudar no controle do autismo. Principalmente nos casos em que o problema é diagnosticado o mais precoce possível.

Segundo a Dra. Ana Lucia Dias Paulo episódios durante a gestação pode causar autismo. Pois estes pacientes podem apresentar tanto alterações bioquímicas do organismo como anormalidades cromossômicas. Além de ser facilitado por fatores ambientais, como a gestante exposta a ambientes onde há presença de metais pesados (chumbo e mercúrio) e outras complicações durante a gravidez ou parto.

Ainda existem pesquisas que apontam para algumas vacinas aplicadas no decorrer da gestação ou o excesso do ácido fólico durante a gravidez. Essas e outras possibilidades estão sendo levantadas, mas não existem conclusões definitivas sobre esse assunto. Nem quais vacinas poderiam causar esses eventos. Nem se  o uso do ácido fólico, e qual a quantidade, seria capaz de induzir essas alterações. Por enquanto são apenas hipóteses, principalmente se considerarmos a predisposição existente em algumas famílias para tal acontecimento.

Sobre o benefício de terapias

Como podem existir diferentes tipos de autismo. Dependendo do seu grau de comprometimento terapias diferentes podem ser necessárias, explica a Dra. Ana Lucia quando questionada sobre a necessidade de terapia para o autismo e homeopatia.

Dentre as terapias que podem beneficiar os autistas temos: sessões de fonoaudiologia para melhorar a fala e comunicação. Terapia comportamental para facilitar o convívio diário. Terapias em grupo que podem ser alguma atividade física como a natação, desde que a criança se sinta confortável na água, para melhorar a interação social da criança.

Apesar do autismo ainda não ter cura, o tratamento, quando realizado corretamente, pode facilitar os cuidados com a criança. E, principalmente, tornar a vida do autista e dos familiares bem mais fácil.

Somente com paciência, amor e atenção dos familiares a criança pode levar uma vida bem próxima da normalidade, podendo estudar e futuramente trabalhar sem restrições, fez questão de pontuar a Dra. Ana Lucia Dias Paulo.

Transtorno de Ansiedade e homeopatia

O transtorno de ansiedade e homeopatia é um problema que vem afetando mais pessoas todos os dias, muitos dos sintomas dessa doença estão ligados as exigências da vida moderna.

Todos sofremos por causa do ritmo acelerado da vida moderna. Existem pressões de todos os lados em casa, no trabalho e da sociedade que causam preocupações e ansiedade. Entretanto quando essa ansiedade começa a dominar a nossa vida e nos impede de progredir. Interferindo no trabalho, com a família e estudos pode ser indicio de um problema muito maior. O transtorno de ansiedade é uma alteração emocional que pode causar muitos sentimentos e sintomas diferentes.

Como a homeopatia trabalha nos casos de transtorno de ansiedade

A homeopatia é a ciência que trata doenças usando os elementos que em doses maiores poderiam causar a doença que está tentando curar. Esses elementos são diluídos até que não possam mais causar essa doença. Assim o corpo absorve o elemento de tal forma que as moléculas acabam ajudando o corpo a combater a doença.

Para te ajudar a compreender o que é e como o transtorno de ansiedade pode interferir na sua rotina o Dr. Ariovaldo Ribeiro vai falar um pouco sobre esse problema.

A ansiedade é um sentimento comum e até saudável que todos os indivíduos sentem, mas ela se torna uma doença quando vai além do controle do paciente e passa a prejudicar as relações sociais, familiares e de trabalho da pessoa, começa explicando o Dr. Ariovaldo Ribeiro.

Nos casos de suspeita de transtorno de ansiedade um médico deve ser consultado, seja clínico ou psiquiatra, pois somente ele vai poder indicar o tratamento mais adequado para o problema. A homeopatia pode ser utilizada nos casos menos intensos, assim como nos casos mais graves. Sendo que a homeopatia pode ser utilizada de forma complementar ao tratamento tradicional, falou o Dr. Ariovaldo.

O medicamento homeopático pode ser usado em paralelo ao medicamento receitado pelo psiquiatra, acrescentou o Dr. Ariovaldo Ribeiro falando sobre a importância de um tratamento natural nos casos de ansiedade e homeopatia.

Quando perguntado se era possível prevenir o surgimento do transtorno de ansiedade o Dr. Ariovaldo Ribeiro respondeu. “Depende muito de cada paciente e contexto. Em geral, quando o paciente é tratado desde que aparecem os primeiros sintomas, fica muito mais fácil de prevenir a evolução do quadro clínico ou mesmo tratar os sintomas iniciais, independentemente se a terapêutica utilizada foi a homeopatia ou o tratamento tradicional.”

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, trouxe mais uma entrevista com o Dr. Ariovaldo sobre ansiedade e homeopatia para tirar as suas dúvidas.

Homeopatia é vida e saúde

O Dia da Nacional da Homeopatia é comemorado em 21 de novembro . Essa data marca o início dessa ciência em nosso país. E também tem como objetivo falar mais sobre como a homeopatia é vida e saúde, além de abordar todos os seus benefícios no tratamento das diversas doenças existentes.

A homeopatia é um sistema de medicina que foi desenvolvida em 1796 pelo Dr. Samuel Hahnemann baseada na sua teoria de similares. Segundo sua doutrina a mesma substância que causa os sintomas da doença em pessoas saudáveis curaria sintomas semelhantes me pessoas enfermas.

Como parte das comemorações do Dia da Homeopatia, o Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho, presidente da AMHB (Associação Médica Homeopática Brasileira), falou um pouco sobre como a homeopatia é vida e saúde e pode melhorar a saúde dos brasileiros.

“A Homeopatia é uma especialidade médica reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina e um tipo de terapêutica que visa o tratamento do organismo na sua totalidade. Sendo uma opção muito boa tanto na prevenção como no tratamento de inúmeras moléstias”, foi com essa frase que o Dr. Ariovaldo Filho começou a nossa conversa sobre o assunto.

“A Homeopatia no Brasil é aplicada por profissionais médicos, odontólogos, médicos veterinários e farmacêuticos, estando difundida em todo território brasileiro, em especial, nas cidades maiores. No SUS (Sistema Público de Saúde)  também é possível encontrar médicos homeopatas”, explica o Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho sobre como podemos encontrar essa especialidade de tratamento em território nacional. Uma vez que a homeopatia é um sistema de tratamento muito conhecido em todo o mundo.

A homeopatia pode ajudar o sistema público de saúde?

Segundo o Dr. Ariovaldo a homeopatia pode ser de grande ajuda no tratamento de doenças também na rede pública. Entretanto os investimentos públicos em homeopatia são poucos. E também ocorrem de maneira ainda insuficiente.

Sendo a homeopatia um método de tratamento com poucos efeitos colaterais, poderia ser de grande ajuda para o sistema público de saúde como um todo. Assim como para os pacientes que se beneficiariam muito com esse tratamento mais natural e que visa tratar o ser humano na sua integralidade.

Para Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, homeopatia é vida e saúde para todos os brasileiros que precisam de tratamento.

Homeopatia e as viroses

As viroses são doenças, comuns, que também podem ser tratadas pela homeopatia. A homeopatia e as viroses são objetos de estudo dos médicos homeopatas há anos, assim como outros problemas de saúde.

Todas as infecções são resultados de duas situações: o agente causador da enfermidade (vírus, bactéria ou parasita) e do mau funcionamento do sistema imunológico. Se o sistema imunológico está forte os agentes não tem como atacar o organismo. Assim como nos casos em que o sistema está, somente, enfraquecido o agente não vai atacar por muito tempo.

A homeopatia pode localizar essa fraqueza no organismo e repará-la, dessa forma combatendo a infecção atual e ajudando a evitar infecções futuras. Ao compreender o que os sintomas no paciente estão comunicando em relação ao sistema imunológico, a resposta específica a virose pode ser usada como guia para o tratamento do paciente.

Homeopatia e as viroses

A medicina moderna trata as infecções com antibióticos. Os antibióticos são eficazes para matar os agentes causadores das enfermidades, entretanto não consegue abordar a causa implícita que levou a infecção em primeiro lugar. Assim as bactérias retornaram se encontrarem um ambiente favorável ao seu crescimento.

A homeopatia tem visão integral das doenças. Os remédios utilizados pela homeopatia e as viroses abordam a causa oculta e nem sempre subjuga para dar resultados imediatos. Ao invés de se concentrar em eliminar os agentes causadores das viroses a ciência da homeopatia e as viroses concentra-se no fortalecimento da habilidade do organismo de combater os agentes invasores.

Um médico homeopata estuda cuidadosamente a personalidade do paciente antes de prescrever qualquer medicamento que irá tratar por meio da homeopatia e as viroses.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, acredita que prevenir ainda é o melhor caminho para evitar problemas de saúde.

Como age a homeopatia na depressão?

As doenças emocionais são mais desafiadoras, difíceis e caras de tratarem do que qualquer outro tipo de doença. Sendo que a mais temida e comum entre elas é a depressão. Mas a ação da homeopatia na depressão é eficaz.

A depressão enlutece a alma e mergulha os olhos na tristeza. Embora as lágrimas não sejam a principal barreira que impede as pessoas depressivas de enxergarem as coisas como realmente são.

A depressão também enfraquece o coração, pesa sobre os ombros e dificulta a respiração. O que força as pessoas depressivas a tentar recuperar o fôlego através de sussurros frequentes.

O tratamento homeopático é uma alternativa mais gentil para quem sofre de depressão. Quem já fez uso de antidepressivos sabe o quanto esses medicamentos interferem na rotina diária, causando efeitos indesejados às pessoas que precisam utilizar esses remédios.

Homeopatia na depressão

Nos casos de depressão os medicamentos homeopáticos agem da mesma maneira como em qualquer outro tipo de enfermidade. Atuando sobre o indivíduo na sua globalidade e promovendo um maior equilíbrio na saúde mental e física, é o que explica o Dr. Ariovaldo Ribeiro.

Os medicamentos homeopáticos podem ser administrados em conjunto com os antidepressivos, porém no decorrer do tratamento, com a melhora do paciente, o uso de antidepressivos deve ser reduzido, lembra o Dr. Ariovaldo.

Durante o tratamento as consultas médicas variam conforme a necessidade e como trabalha cada especialista. Mas, no geral a cada 45 ou 60 dias acredito ser uma frequência satisfatória, observou o Dr. Ariovaldo.

A depressão é uma doença muito séria, o seu diagnóstico e tratamento precoce ajuda a salvar vidas, lembrando sempre que a homeopatia na depressão é eficiente

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo.

A depressão é um problema que afeta os indivíduos, muitas pessoas têm vergonha de falar sobre o problema e acabam não procurando ajuda.

Não tenha medo, pois somente um especialista será capaz de resolver o seu problema.

Como a Homeopatia pode auxiliar no tratamento de Câncer

A homeopatia é um sistema de tratamento que vem sendo utilizado por muitos profissionais para tratar pacientes com câncer. Existem diversos relatos que descrevem o tratamento homeopático do câncer. Assim como a literatura moderna fornece vários estudos de caso onde a homeopatia foi utilizada no tratamento de diversas doenças dentre elas o câncer.

O câncer é uma doença causada pela multiplicação desordenada de células que atinge tecidos e órgãos, e que pode se espalhar pelo resto do corpo, metástase. O Câncer é classificado de acordo com o órgão que afeta ou tipo de tecido, células envolvidas ou estágio da doença. Sendo que os tratamentos e diagnósticos variam conforme os diversos tipos e estágios da doença.

A homeopatia pode ajudar os indivíduos que sofrem por causa do câncer ao promover o equilíbrio do paciente como ser integral. O tratamento homeopático leva em conta o ser humano como um todo, ou seja, a medicação homeopática é prescrita levando em consideração as particularidades da pessoa. Não somente a doença em si. Podendo assim gerar um bem estar geral para o doente e, no caso de um paciente com câncer, melhor resposta ao tratamento convencional.

Homeopatia auxilia no tratamento

Por se tratar de um método isento de efeitos colaterais a homeopatia pode ser utilizada como um tratamento coadjuvante do tratamento convencional do câncer. “Tanto no que se refere à enfermidade em si, como para os efeitos colaterais da medicação quimioterápica e da radioterapia”, explica o Dr. Ariovaldo Ribeiro.

A homeopatia é considerada um tratamento auxiliar, por isso nos casos de pacientes com câncer a AMHB (Associação Médica Homeopática Brasileira), que é a entidade oficial da homeopatia no Brasil. Recomenda que nestes casos não se trate o paciente unicamente com a homeopatia.

Ainda existem protocolos de tratamento mundialmente aceitos e reconhecidos que devem ser realizados e o paciente precisa ser incentivado pelo homeopata realizar o tratamento seguindo todas as recomendações médicas.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, acredita que a homeopatia pode melhorar a vida de quem sofre por causa do câncer. Para mais informações sobre o assunto acesse: https://goo.gl/8BwJ3P

 

Homeopatia funciona contra doenças epidêmicas

Desde os seus primórdios a homeopatia tem sido capaz de tratar doenças endêmicas com uma taxa de sucesso considerável, isso se compararmos a homeopatia com os tratamentos convencionais. Foi graças a esse sucesso que a homeopatia conseguiu conquistar o seu lugar.

A homeopatia se mostrou um tratamento potente e eficaz por causa do estudo individualizado de cada caso que é a essência de sua metodologia. Assim um dos maiores benefícios da homeopatia é o tratamento personalizado para doenças endêmicas.

A base da homeopatia é a lei dos similares, na qual a substância que causa os sintomas em pessoas saudáveis é utilizada para curar uma pessoa que sofre desses mesmos sintomas. Na tentativa de descobrir quais sintomas uma substância pode desenvolver numa pessoa saudável o homeopata utiliza diversas fontes.

Os homeopatas também utilizam estudos da medicina tradicional como fonte de informações acerca das diversas substâncias encontradas na natureza.

Um medicamento desenvolvido segundo a lei dos similares pode melhorar a saúde de um paciente sem causar efeitos colaterais indesejados e perigosos que, algumas vezes acompanha o tratamento da medicina tradicional. O Dr. Hahnemann criou o processo que ele chamou de potencialização, um processo que envolve um conjunto de etapas de diluição e dinamização de uma solução que contém a substância. Ao usar esse processo uma farmácia de manipulação pode produzir uma grande variedade de potências de um remédio.

Em 2011 ocorreu uma grande enchente em Cuba que provocou um surto de leptospirose, uma doença infecciosa causada pela bactéria Leptospira, na população das regiões afetadas. Por isso o Instituto Finlay produziu em algumas semanas uma grande quantidade de medicamento homeopático que utilizou como base a bactéria Leptospira e que foi amplamente diluída. Depois de distribuir o remédio por toda a ilha o total de casos registrados passou de 30 para 3 a cada 100 mil habitantes.

A homeopatia é mais uma arma no tratamento de diversas doenças, dentre elas as endêmicas, e poder contar com esse tipo de ajuda é muito importante para a melhoria da qualidade de vida da população.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, tentou mostrar como a homeopatia pode ajudar no tratamento de doenças, para mais informações acesse:

 

TAGS: Homeopatia, Tratamento, Doenças epidêmicas, Medicamento homeopático

Seu cabelo pode refletir muito sobre sua saúde

Quando algo não vai bem no interior, o reflexo é em nossa aparência. Nesse sentido, nossos cabelos podem dizer muito sobre como anda a nossa saúde: oleosidade frequente ou caspa não são meros detalhes irritantes. A persistência desses sintomas nos fios pode alegar falta de nutrientes ou problemas mais sérios. Para sanar essas dúvidas, o blog Homeopatia e Saúde pesquisou mais informações a respeito deste tema.

 
Sintomas
A caspa, por exemplo, pode ser desencadeada por uma má alimentação, com a ingestão exagerada de carboidratos ou mesmo álcool. No entanto, fatores emocionais e ansiedade também podem influenciar na descamação do couro cabeludo. Além de xampus anticaspa, recomenda-se a consulta com um especialista para que o medicamento adequado seja receitado. Isso vale tanto para a caspa seca quanto a caspa oleosa.
Outra ocorrência é a queda de cabelo, que pode estar associada a doença como o hipotireoidismo, ao estresse e também a uma má alimentação. A calvície, os cabelos brancos e a oleosidade também podem ser consequência de algo que não vai bem no seu organismo.

Saiba mais

Quer conferir outros problemas capilares e suas formas de tratamento? Confira o material selecionado pelo blog Homeopatia e Saúde, vinculado à Clínica Similia, que é coordenada pelo Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo. Clique aqui para ler mais.

Sem demora

Mais um mito cai por terra! Ao contrário do que dizem, a homeopatia é eficiente no combate a doenças agudas

Uma doença que surge rapidamente, com sintomas claros e evidentes, e evolui para a cura ou para a morte. Essa é a definição das doenças agudas, categoria na qual se enquadram de pneumonia até o ebola. O senso comum diz que a homeopatia não é eficaz no tratamento desses males repentinos – o que é um grande equívoco. A Homeopatia pode (e deve!) ser ministrada em pacientes com essas patologias. “A homeopatia age mais rápido em doenças agudas pois está diretamente ligada à natureza da doença”, afirma o homeopata Claudio Carvalho Araújo.

PNEUMONIA_DOENÇA AGUDA

Membro da Instituição de Ensino Letra Homeopathica, no Rio de Janeiro, o especialista explica que o tempo de ação do medicamento homeopático é proporcional ao tempo de manifestação da doença. Assim, se o paciente manifestou os sintomas há um ou dois dias, a homeopatia fará efeito em algumas horas; já para casos mais antigos – como a asma, doença crônica – a melhora pode ser percebida em algumas semanas.

E com a vantagem de não causar os efeitos colaterais deflagrados por medicamentos alopáticos. O doutor dá um exemplo estarrecedor: após ser tratado com antibióticos por sete dias, o organismo demora até dois anos para restabelecer a flora intestinal, de suma importância para a manutenção do sistema imunológico em perfeito estado.

Força Vital

DOENCA AGUDA + homeopatia

“É importante explicar que o remédio homeopático age rapidamente e pode ser usado para o tratamento de todas as doenças agudas”, reitera Araújo. Mesmo em casos onde a força vital do paciente já foi comprometida, quando ele se encontra em estado terminal, a homeopatia pode ser introduzida para amenizar sintomas e dores. “A eficiência do medicamento homeopático depende da condição do paciente. Portadores de HIV tratados com retrovirais, por exemplo, não têm condições próprias de reagir a doenças agudas, então a homeopatia ajuda a aliviar o mal-estar”, diz.

Por outro lado, a homeopatia ajuda a fortalecer o sistema imunológico de pacientes de todas as idades, protegendo-os das infecções, dos vírus e das bactérias. Logo, o acompanhamento de um homeopata contribui na prevenção de doenças agudas. “A homeopatia pode ajudar, inclusive, a atenuar uma epidemia”, lembra o doutor Araújo, ressaltando, no entanto, que não tem a ação de uma vacina.

DOR AGUDA Ele explica que ao melhorar o sistema imunológico de um grupo de pessoas, elas ficam menos suscetíveis a males como pólio, sarampo e outros. “Vale lembrar que os homeopatas não são contrários à vacinação, apenas àquelas vacinas que sobrecarregam o organismo”, finaliza.

Quer saber mais sobre o tema? Assista ao vídeo do Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho onde ele explica a relação entre a homeopatia e as doenças agudas e a eficiência do tratamento homeopático nesses casos:

Quer ser informado sobre todas as atualizações do Blog Similia Homeopatia e Saúde? Então, assine a nossa newsletter! É só informar o seu endereço de e-mail e, automaticamente, será incluído (a) no nosso cadastro.