Tag Archives: Homeopatia e Saúde

Mau hálito: 4 situações constrangedoras

O mau hálito é um problema muito comum e igualmente desagradável. Segundo a Associação Brasileira de Halitose, aproximadamente 50 milhões de brasileiros sofrem com o mau hálito.

As causas da halitose são diversas e podem ser desde gengivites ou amidalites à secura bucal. Ainda assim, por tabu ou vergonha, poucas são as pessoas que procuram ajuda profissional para resolver a halitose, considerando como um “problema menor”.

Veja quatro situações em que o mau hálito pode causar muita vergonha nesse artigo selecionado pelo Blog Homeopatia e Saúde, uma publicação da Clínica Similia – Homeopatia de qualidade em São Paulo – Região da Av. Paulista, vinculada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo.

 

·       Conversar de perto com alguém

Quem já viveu, sabe. É desesperador pensar que a pessoa provavelmente sentiu o mau hálito vindo da sua boca quando conversam muito próximas umas das outras.

 

·       Dançar juntinho

Não tem romantismo nenhum com a tensão no ar. É quase impossível concentrar nos passos e na música, pensando o tempo todo se a pessoa está sentindo o cheiro.

 

·       Primeiro beijo

Não há bala ou chiclete que resolva. Outro episódio deprimente para quem sofre com mau hálito. A halitose definitivamente arruína o primeiro beijo de qualquer um.

 

·       Reunião com o chefe

É preciso atenção com a halitose no ambiente de trabalho. Ela pode influenciar na sua relação com os colegas e tirar oportunidades importantes no seu caminho!

 

A halitose tem tratamento. É possível controlar esse desconforto com ajuda profissional. Não se deixe mitigar pelo mau hálito.

 

Leia na íntegra: https://goo.gl/JyGRfz

Tags: halitose, mau hálito, homeopatia e saúde

4 sinais antes do infarto acontecer

O infarto nem sempre é súbito e implacável. Na verdade, os sinais começam a aparecer um mês antes e estar atento é essencial par prevenir a fatalidade da alteração cardíaca. A informação é de um estudo científico recente que também avisa os sinais a não ignorar!

O Blog Homeopatia e Saúde, uma publicação da Clínica Similia – Homeopatia de qualidade em São Paulo – Região da Av. Paulista, vinculada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, trouxe esse artigo para você dobrar a atenção aos 4 sinais do infarto, confira!

 

Sintomas apresentados um mês antes

O estudo, realizado com mais de 800 pessoas adultas de 35 a 65 anos, estudou os sintomas do infarto e descobriu que os mais comuns surgiram um mês antes do infarto acontecer (em 50% dos participantes). Os dois sintomas principais foram a dor no peito e dispneia, falta de ar causada pela modificação do ritmo respiratório (mais forte entre mulheres).

 

Sintomas apresentados 24h antes

Aproximadamente 93% dos participantes tiveram sintomas regulares nas 24h antecedentes ao infarto. Além das dores e a dispneia, outros dois sinais apresentados foram desmaio e palpitação.

 

Se você identificar algum sintoma, procure ajuda médica o mais rápido possível. Protelar ou se automedicar é um risco à sua vida e aí sim o infarto poderá ser fatal.

 

Leia na íntegra: https://goo.gl/NCZ3zM

Tags: infarto, saúde, homeopatia e saúde

 

Pouca água: veja sinais de que você está desidratado

Pode ser que a recomendação de tomar dois litros de água por dia seja um mito, mas tomar água ao longo do dia é essencial para a saúde e o bem-estar. E o fato é que a maioria das pessoas não ingere a quantidade certa de água diaramente. O resultado? O corpo manifesta!

O Blog Homeopatia e Saúde, uma publicação da Clínica Similia – Homeopatia de qualidade em São Paulo – Região da Av. Paulista, vinculada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, selecionou um artigo que mostra quais sintomas do seu corpo mostram que você não está bebendo água como deveria! Confira!

 

  1. Boca seca

Não é incomum lembramos de beber água só quando sentimos a boca seca, mas isso só resolve temporariamente o problema – que voltará a acontecer. A boca e a garganta precisam estar sempre úmidas e o melhor jeito é bebendo água!

 

  1. Pele ressecada

Pele seca é um dos sinais primários de desidratação. Lembre-se que a pele é o maior órgão do seu corpo e precisa de muita água para estar saudável. Falta de água significa falta de suor e falta de suor significa que seu corpo não está limpando as impurezas nem eliminando as gorduras como poderia.

 

  1. Articulações doloridas

Articulações são 80% água e a falta dela pode acarretar dores. Sem água, as articulações não resistem bem aos movimentos repetitivos e pode prejudicar os ossos.

 

  1. Perda de massa muscular

Músculo também é composto de água. Não beber água regularmente pode fazer você perder massa magra.

 

Veja outros indicativos, leia na íntegra: https://goo.gl/zg3tNH

 

Tags: saúde, hidratação, homeopatia e saúde

Entendendo a irritação constante

Você se sente irritado com frequência? Cuidado! Por trás da irritação constante existe mais do que apenas a frustração sobre determinado assunto, mas um risco ainda maior.

O Blog Homeopatia e Saúde, uma publicação da Clínica Similia – Homeopatia de qualidade em São Paulo – Região da Av. Paulista, vinculada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, selecionou um artigo para esclarecer melhor o assunto! Confira!

A frustração, o sentimento de incapacidade em lidar ou controlar algo ou alguém, uma situação talvez, é a raiz da irritação constante. Todos temos momentos de mau humor às vezes e a explosão, que é o momento de por tudo que sufoca para fora, pode ser muito saudável.

Mas o que fazer se a irritação não passa? Quando ela se torna uma constante e parece fazer parte intrínseca do nosso dia a dia depois de um tempo? Cuidado! Ela pode não esconder apenas uma frustração, mas pior: uma depressão oculta.

Quando a irritação vai se transformando no nosso estado de humor “padrão”, a nossa própria maneira de lidar com a vida diariamente, ela acaba por tirar a pessoa do controle de si mesma: tudo irrita, tudo incomoda. Gritos, inquietude, tensão passam a ser comportamentos frequentes.

Nesse caso, a irritação não é mais uma simples frustração com alguma situação, não é mais direcionada a alguma pessoa. A pessoa está irritada com ela própria.

Há um assunto que não pode ser resolvido com ninguém mais, senão você mesmo. É do seu único e exclusivo domínio e está na raiz desse problema. O que é? Compreender, entender e resolver é o primeiro passo para dissipar essa irritação, antes que vire depressão.

Leia na íntegra em: https://goo.gl/8Ygn20

 

Tags: irritação, saúde, homeopatia e saúde

Stress: quando a mente adoece o corpo

Já passou por um período de grande stress e, ao atravessar a situação, ficou doente logo a seguir? Não é coincidência! O Blog Homeopatia e Saúde, uma publicação da Clínica Similia – Homeopatia de qualidade em São Paulo – Região da Av. Paulista, vinculada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, selecionou um artigo sobre isso! Confira!

Marc Schoen, docente na Faculdade de Medicina da Universidade da Califórnia, em Los Angeles (Estados Unidos), explica que isso funciona como um “efeito do relaxamento”. Invés do corpo manifestar durante o período de maior stress, quando este se dissipa, as pessoas desenvolvem padrões de doenças ligados à experiência do stress.

Um estudo (2014) semelhante também foi conduzido no Colégio de Medicina Albert Einstein, em Nova Iorque. Os cientistas acompanharam diariamente, ao longo de 3 meses, os padrões de estresse e sintomas apresentados por pessoas que sofriam frequentemente de enxaqueca. O impressionante resultado foi que os níveis de stress não necessariamente causavam algum impacto nas enxaquecas, mas havia uma relação entre a redução do stress de um dia para o outro e o surgimento da enxaqueca nas horas seguintes.

Schoen explica outros problemas que o efeito do relaxamento pode ocasionar: doenças autoimunes, sinais de asma, problemas de pele e digestão.

Leia na íntegra: https://goo.gl/3Z1jKf

Tags: stress, saúde, homeopatia e saúde

Ser Mulher: Depilação: boas práticas para evitar inflamações

Você já notou bolinhas vermelhas na virilha após a depilação? Essas bolinhas são pelos encravados que não conseguem despontar e ficam “presos” dentro da pele, causando a foliculite e até mesmo inflamações mais doloridas.

O Blog Homeopatia e Saúde, uma publicação da Clínica Similia – Homeopatia de qualidade em São Paulo – Região da Av. Paulista, vinculada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, na sua coluna especial de saúde feminina, SER MULHER, ensina como lidar com a depilação de modo a evitar a foliculite.

A foliculite pode aparecer após qualquer tipo de depilação, seja a cera, com pinça ou lâmina – essa, em especial, tendem a causar o problema com mais frequência. Alguns cuidados podem ser tomados para evitar que isso aconteça. Veja abaixo!

Antes de depilar

  1. Desobstruindo os poros antes da depilação

Massagear com água morna/quente ou fazer uma esfoliação antes de começar a depilação ajudará a remover células mortas da pele e permitindo que os poros estejam mais livres para o surgimento dos pelos.

  1. Cuidados com a lâmina

Se utiliza gilete para depilar, alguns cuidados são essenciais. Prefira lâminas descartáveis, principalmente se tem uma pele mais sensível. E nunca, nunca faça depilação com lâminas velhas e enferrujadas, que podem trazer riscos piores que a foliculite. Outra recomendação importante é que tenha suas próprias lâminas ao invés de compartilhar com outra pessoa.

  1. Use cremes para depilar com lâmina

Se costuma depilar com gilete, o ideal é utilizar cremes específicos. Cremes de barbear são uma opção, mas também pode optar por cremes e espumas especiais para depilação feminina em zona íntima. Evite utilizar sabonetes nessa zona, pois podem causar ressecamento da pele e piorar a foliculite.

Cuidados pós-depilatório

  1. Óleos e hidratantes para a pele

Após a depilação, a zona estará sensível e precisa de cuidados. Não esfregar a toalha é uma boa prática para evitar machucar os poros. Também recomendamos utilizar óleos vegetais (coco ou amêndoa são boas opções) ou cremes sem álcool e sem fragrância.

  1. Roupas confortáveis

Evite utilizar roupas apertadas e tecidos sintéticos logo depois de depilar. Prefira roupas mais soltas e tecidos que deem espaço para a pele respirar, como algodão. 

  1. Nada de praia ou piscina depois de depilar

Quando a pele é depilada, especialmente na zona íntima, os poros ficam abertos e sua pele está completamente exposta. O risco de machucar ou contrair alguma bactéria é muito grande. Evite entrar em piscinas, que podem conter cloro e bactérias, bem como mares, rios e não exponha a pele ao sol.

Seguir corretamente essas práticas ajudará a prevenir as “bolinhas” da foliculite, bem com as inflamações indesejáveis e deixará sua pele mais bonita e saudável. Veja também os 10 erros mais comuns na hora do banho!

Tags: depilação, saúde da mulher, homeopatia e saúde

Amamentação não é só fome: entenda!

O leite materno é o alimento mais importante para o bebê e deve ser sua fonte exclusiva de alimentação até o sexto mês de vida, conforme a Organização Mundial de Saúde. Mas se você está preocupada se seu bebê está mamando demais, saiba que o leite materno não é só alimento. Amamentar é muito além da fome!

Confira esse artigo especial que o Blog Homeopatia e Saúde, uma publicação da Clínica Similia – Homeopatia de qualidade em São Paulo – Região da Av. Paulista, vinculada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, selecionou para as mamães!

Além de saciar a fome, o leite também acaba com a sede. O leite materno tem diferentes estágios durante a mamada e a primeira fase é mais aquosa. Muitas vezes o bebê pode pedir peito não por sentir fome, mas sim sede.

Outro motivo é o sono. A sucção, o calor emitido pelo contato pele a pele e o ritmo da batida do coração da mãe ajudam o bebê a se acalmar e adormecer. São condições que remetem ao longo tempo que ele esteve no útero da mãe: calor, batidas do coração, sensação de segurança e aconchego.

A mamada é um momento de vínculo muito especial entre a mãe e o bebê e é, além de alimento para o corpo, um alimento emocional muito importante para o desenvolvimento da criança. Outros motivos para o bebê pedir peito são:

  • Saudades da mãe/útero
  • Sentir-se sozinho
  • Sentir-se com medo
  • Sentir-se inseguro

Para saber mais sobre a amamentação, leia na íntegra: https://goo.gl/XriShJ

Tags: amamentação, leite materno, homeopatia e saúde, maternidade

 

Saiba como o estilo de vida pode mudar seu DNA

Ter bons hábitos alimentares e praticar exercícios regularmente é essencial para uma vida saudável. A novidade, porém, que foi descoberta em novas pesquisas científicas, é que esses hábitos são ainda mais poderosos e podem mudar o nosso DNA.

Saiba como eles agem nesse artigo que o Blog Homeopatia e Saúde, uma publicação da Clínica Similia – Homeopatia de qualidade em São Paulo – Região da Av. Paulista, vinculada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, selecionou para você!

O estudo foi realizado pela Universidade de McGill (Canadá). Centistas da universidade acompanharam nada menos que 27 mil pessoas com um gene em comum: o 9p21, que aumenta o risco de doenças no coração. E o resultado foi surpreendente!

O perigoso gene parou de funcionar nos voluntários que praticavam uma dieta rica em vegetais. A explicação é que a molécula microRNA, presente nos genes das plantas, consegue interagir com o DNA humano e pode desligar ou mesmo ligar os nossos genes.

Ou seja – nas palavras do pesquisador bioquímico Chen-Yu Zhang, da Universidade da China – nós não estamos consumindo apenas nutrientes presentes nas plantas, mas também informações que tem o poder de regular nosso material genético.

Quanto aos exercícios físicos, estes têm capacidade de mexer com o DNA dos nossos músculos. As enzimas que modificam o funcionamento dos genes musculares entram em ação quando você pratica exercícios, programando o tecido para queimar gordura e açúcar de modo eficiente.

Para saber mais sobre o assunto, leia na íntegra: https://goo.gl/9tiGtd

Tags: DNA, alimentação saudável, homeopatia e saúde

 

 

Como a positividade ajuda sua saúde

Ser otimista não é só uma questão de perspectiva, mas também pode ajudar a manter a boa saúde e combater doenças. Quer saber como? Veja esse artigo que o O Blog Homeopatia e Saúde, uma publicação da Clínica Similia – Homeopatia de qualidade em São Paulo – Região da Av. Paulista, vinculada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, preparou para você!

Pesquisadores descobriram que pessoas otimistas conseguem se recuperar melhor de procedimentos médicos, como cirurgias cardíacas, têm um sistema imunológico mais eficaz e até vivem mais. O estudo foi publicado no Journal of Behavioral Medicine (Revista de Medicina Comportamental).

A ciência já provou em centenas de estudos como os pensamentos e sentimentos negativos, como ansiedade, estresse e depressão, influenciam na saúde e na recuperação do corpo. O que estão comprovando agora, entretanto, é que o contrário também é válido: o pensamento positivo, otimismo e felicidade ajudam na qualidade de vida e saúde.

A explicação é biológica e também psicológica. As somatizações, por exemplo, são manifestações físicas que têm origem psicológica e emocional. Como quando há febre, dor de barriga e náuseas por excesso de ansiedade, por exemplo. O otimismo e positividade também é uma questão biológica: os hormônios como endorfina e serotonina, ligados aos sentimentos de alegria, felicidade e prazer também ajudam nesse panorama de reforço da saúde.

Basta analisar o lado oposto para entender a relação: pessoas estressadas e muito ansiosas são mais propensas a ter problemas cardíacos, diabetes e distúrbios mentais. E o otimismo ajuda a combater o estresse e a ansiedade. Além disso, também pode diminuir as inflamações geradas por estresse e abrandar os hormônios da negatividade, como é o caso do cortisol.

Pessimismo e otimismo não são inatos

Algumas pessoas justificam que o pessimismo “sempre foi” uma característica da sua personalidade. Contudo, a ciência já provou que isso não é uma “habilidade” inata, mas sim uma condição adquirida.

Da mesma forma que assumimos o pessimismo, podemos assumir o otimismo. E os especialistas garantem: é apenas uma questão de hábito. É possível “treinar” a mente para o pensamento positivo e o otimismo. E se você é uma pessoa estressada, aqui vai o bônus: eles também afirmam que as chances do treinamento darem certo é maior com pessoas estressadas!

Segurança, autoestima e positividade são fatores-chaves e que devem ser constantemente exercitados como uma configuração mental padrão. Um hábito. É um trabalho diário que deve ser feito o tempo todo, tomando a perspectiva otimista.

Obviamente, apenas positividade e otimismo não curam, sozinhos, os problemas de saúde. Esses sentimentos são aliados da ciência e da saúde e agem, como dito anteriormente, fortalecendo o corpo, a mente e acelerando a recuperação. Não recomendamos que aposte na positividade em detrimento da ajuda profissional, mas sim em conjunto com ela!

 

Tags: saúde, saúde emocional, homeopatia e saúde

 

Sua saúde mental pode melhorar com uma agenda

Gerenciar o tempo, tirar as ideias do papel e por em prática e dificuldades com a memória são problemas para você? O Blog Homeopatia e Saúde, uma publicação da Clínica Similia – Homeopatia de qualidade em São Paulo – Região da Av. Paulista, vinculada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, trouxe um artigo para te ajudar.

Saiba como ter uma agenda pode ajudar a melhorar sua saúde mental! Leia abaixo!

 

Você costuma utilizar diários e agendas? Na correria do dia a dia, poucas pessoas tem o hábito de reservar um tempo para essa tarefa. Porém, utilizar uma agenda para organizar o dia e por as ideias no papel podem ajudar sua memória a se manter atualizada e aumentar as possibilidades de concretizar as tarefas apontadas.

A informação é científica!  Estudos apontam que escrever ao menos uma frase por dia – e lembrar de pequenas ocasiões cotidianas – podem te deixar mais feliz e mais otimista.

Outros também apontam que fazer listas ajudam a diminuir os níveis de estresse. E ainda melhor: quando há uma tarefa a ser feita, escrevê-la à mão aumentam as chances de realizá-la.

O neurocientista e escritor Daniel Levitin, autor do livro A Mente Organizada, afirma que a mente só consegue focar em tarefas ao mesmo tempo. Isso significa que estar constantemente lembrando de muitas tarefas ao mesmo tempo pode gerar sentimentos negativos, como ansiedade e cansaço, que diminuem as possibilidades de realizar as tarefas e, claro, afetam a sua saúde mental.

Para entender melhor e saber como se organizar, leia na íntegra: https://goo.gl/5qGqWS

Tags: saúde mental, homeopatia e saúde, agenda

 

Existem alimentos azuis na natureza?

Você já viu um vegetal ou fruta azul? Já? Então olhe de novo, porque a resposta é não.

Não existem alimentos naturais azuis e a explicação vem não só da bioquímica, mas também da história. Confira esse artigo interessantíssimo que o Blog Homeopatia e Saúde, uma publicação da Clínica Similia – Homeopatia de qualidade em São Paulo – Região da Av. Paulista, vinculada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, trouxe para você!

A explicação bioquímica

Os corantes encontrados nas plantas são substâncias com a função de protegê-las e são muito sensíveis ao oxigênio, à luz e à acidez, segundo o Engenheiro de Alimentos Marcelo Prado. O pigmento azul é pouco resistente e degrada com facilidade, enquanto o vermelho e verde, por exemplo, são muito mais resistentes.

O Eng. Marcelo explica ainda que o único ambiente favorável para a cor azul é o alcalino, o que é raríssimo na natureza, uma vez que grande parte dos alimentos são de pH neutro ou ácido.

A explicação histórica

O ser humano tem a tendência de associar cores a sabores. Desde o período pré-histórico, o cognitivo humano associa cores quentes aos alimentos doces (como a cor vermelha ou/e laranja). A cor verde, segundo o Engenheiro, é mais associada aos sabores ácidos e azedos, como o limão, por exemplo. Mas o azul, novamente em desfavor, é associado com mofo e coisas estragadas.

Portanto, é possível que antigamente eles até tenham existido, mas foram ignorados por nossos antepassados e acabaram entrando em extinção!

Leia na íntegra: https://goo.gl/wIzc4b

Tags: curiosidade, Homeopatia e Saúde, alimentação, Similia

 

Dieta detox para o fim de ano

A ceia de natal é o terro de qualquer dieta (seja de emagrecimento ou não). Com tantos pratos, fica fácil comer demais e extrapolar os limites. O Blog Homeopatia e Saúde, uma publicação da Clínica Similia – Homeopatia de qualidade em São Paulo – Região da Av. Paulista, vinculada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, vai te mostrar como desintoxicar da ceia de natal com essa dieta detox! Confira!

A ceia é num dia só, mas os resultados e consequências se prolongam para todo o ano seguinte. Para equilibrar os exageros da ceia de natal, uma dieta desintoxicante é a melhor saída para deixar o corpo respirar e entrar em harmonia novamente.

Dieta detox não é só tomar sucos e vitaminas em detrimento de outros alimentos: qualquer dieta balanceada que leve em consideração o histórico alimentar já é um processo desintoxicante.

Adicionar legumes e vegetais no cardápio é uma parte essencial, cortar gorduras “ruins” e manter as “boas” (como as que podem ser encontradas em oleaginosas: castanhas, nozes, azeite), trocar frituras por grelhados e tirar a carne vermelha do cardápio por um tempo, substituindo por peixes e aves é um bom começo.

É preciso ter especial atenção aos açúcares: cortar doces por um tempo ajudará seu organismo a desintoxicar mais rápido e de forma saudável. Não adianta, por exemplo, trocar o iogurte superindustrializado por uma versão “light” repleta de adoçantes, corantes e aspartame na composição.

Não espere pelo ano novo para desintoxicar o seu corpo: a alimentação saudável e uma dieta equilibrada influenciam sua saúde e bem-estar devem ser prioridade. Adote já um estilo de vida saudável e comece 2017 de cara nova!

Tags: detox, dieta desintoxicante, alimentação saudável, homeopatia e saúde

5 esportes para emagrecer

 

O equilíbrio entre ingerir e queimar calorias é o segredo para uma vida mais saudável. Entretanto, pode ser muito difícil calcular quanto cada pessoa precisa ocnsumir e gastar para emagrecer e se manter saudável – pois existem N variantes, como peso, altura, idade, hábitos e por aí vai.

Por isso, a Associação Espanhola de Ciências do Esporte publicou uma lista com os 5 esportes que mais queimam calorias e resolveu a questão. Confira abaixo a lista que foi selecionada pelo blog Homeopatia e Saúde, uma publicação da Clínica Similia, especialmente para você. Confira quais são!

 

  1. CORRIDA: + 1000 calorias em 1 hora

No topo da lista vem a corrida, que pode queimar mais de 1000 calorias em apenas uma hora de corrida em ritmo normal.

  1. REMO: 1000 calorias em aproximadamente 1 hora

A média é de 1000 calorias por hora ao praticar remo, além de fortalecer os músculos das costas, ombros, abdômen e bíceps.

  1. CICLISMO: 500 a 1000 calorias em 1 hora

O ciclismo tem alto potencial, mas o resultado final dependerá da intensidade da pedalada e variáveis do trajeto.

  1. SQUASH: 900 calorias em 1 hora

Uma partida de squash não só gasta muitas calorias no intervalo de uma hora, como também melhora a resistência cardiovascular e a força física.

  1. BOXE: 700 calorias em 1 hora

Por último, mas não menos intenso, o Boxe queima calorias e ainda ajuda a liberar a tensão, trabalhando uma enorme variedade de músculos.

 

Confira na íntegra: https://goo.gl/xie4hv

Tags: Homeopatia e saúde, queimar calorias, esportes, emagrecer saudável

Morto de Sono!

Insônia não causa apenas mal estar e mau humor no dia seguinte. Estudos comprovam que esse problema sério pode agravar para uma depressão. Porém, o pior ainda está por ser revelado e é para os homens: aqueles que sofrem de insônia crônica e não chegam a dormir seis horas por noite têm mais chances de morte precoce. Veja só!

 

O que é Insônia Crônica?

A dificuldade de dormir ou permanecer dormindo é chamada de insônia ou distúrbio do sono. Tornou-se bastante comum atualmente entre a população ocidental. Quando o distúrbio se repete de forma consistente no período de um ano, é considerado um problema crônico.

A insônia é tratada erroneamente como algo de “menor importância”, mas Alexandre Vgontzas, CEO do Centro de Pesquisa e Tratamento do Sono na Universidade da Pensilvânia (EUA), alerta que é uma “doença grave com consequências físicas significativas, incluindo a mortalidade”.

O Diretor Vgontzas publicou resultados de estudos anteriores comprovando que adultos jovens que reduzem o sono a apenas 2h por noite em uma só semana está relacionada à inflamações que causam problemas cardiovasculares.

 

O estudo ao longo dos anos

Alexandre Vgontzas têm pesquisado o distúrbio de sono desde 1994, tendo feito a primeira pesquisa de 1990 a 1995 com 741 homens entre 20 e 100 anos. De 1994 a 1997, pesquisou mil mulheres na mesma faixa etária. Da amostra, 6% dos homens foram diagnosticados com insônia crônica, sendo o número de 9,5% entre mulheres.

Em 2007, os cientistas fizeram nova inspeção (14 anos depois) e 51,1% dos insones masculinos que dormiam menos de 6h por noite tinham morrido.

 

Leia na íntegra: https://goo.gl/3H4ZQt

Tags: Homeopatia e saúde, sono, insônia, saúde do homem

A importância do sono para as crianças

A população moderna ocidental vive em constante correria, tudo pede pressa e isso reflete até mesmo na relação dos pais com os filhos. Especialmente no sono. A pressa para que a criança durma sozinha, a ansiedade para que durma bastante. Mas qual é o tempo de sono ideal? Como garantir um bom período de sono para a criança? Qual a sua importância?

A Dra. Ana Lúcia Dias Paulo, Pediatra e Homeopata da Clínica Similia, concedeu uma entrevista ao blog Homeopatia e Saúde para tirar as dúvidas dos pais em relação ao sono dos filhos. Confira!

 

Dormir muito e acordar pouco? Ou o contrário?

A reclamação é geral entre pais e mães, especialmente de primeira viagem: ou o bebê dorme pouco e acorda muito e ninguém consegue dormir; ou dorme muito e acorda pouco e a mãe não sabe se deve acordá-lo para mamar ou não.

Segundo a Dra. Ana Lúcia, as horas de sono podem variar de acordo com a idade da criança, havendo uma maior necessidade quanto mais nova for. “Bebês de até 6 meses dormem, em média, 18h por dia e noite – que podem não ser seguidas. Conforme vão crescendo, a necessidade de horas de sono pode ir diminuindo”, afirma.

O período noturno pode ser o pesadelo de muitos pais, que se sentem soterrados com o sono aparentemente “inquieto” do bebê. Contudo, a pediatra reitera que bebês que dormem muitas horas seguidas não são regra e sim exceção. “Bebês têm dificuldade em continuar o sono e podem ter leves acordadas a cada 2 horas, mas não havendo nada para agitar o cérebro infantil (luz, brincadeira e som), eles voltam ao sono em seguida” afirma Dra. Ana Lúcia Dias.

Quanto aos bebês que são mais dorminhocos, a doutora conta que não é preciso acordá-lo para mamar. Mas que pode ser colocado para mamar caso esteja num sono muito inquieto ou agitado, pois bebês mamam mesmo quando estão dormindo.crianca-doirmindo-620x470

A pediatra também reforça a importância do sono durante o dia. Diz que a soneca é importante para todas as idades na infância, algumas até duas vezes ao dia. Recomenda um sono mais curto de até 40 minutos durante o dia e outro mais longo, de até 90 minutos, durante a tarde. E para antecipar qualquer preocupação, ela avisa: “Esse sono não atrapalha em nada o sono da noite, mas deve ser no máximo até às 17h. Caso contrário a criança não vai ceder antes das 23h”.

 

Como estabelecer uma rotina de sono?

A rotina é muito importante para a criança, principalmente porque antecipa o que irá acontecer a seguir e, assim, ela se prepara para tal. No sono, isso é especialmnte verdade e pode facilitar a vida dos pais.

Dra. Ana Lúcia recomenda que a rotina deve ser estabelecida desde os primeiros meses e indica: “a casa toda deve ir se tranquilizando a partir das 19h (evitar som alto, televisão ligada, brincadeiras excitantes), para que às 20h a criança ou bebê já esteja dormindo”.

A pediatra e homeopata ainda frisa que o sono é fundamental na vida da criança. Não só porque é no sono que agem os hormônios do crescimento, mas principalmente porque pode determinar o seu sono no futuro.

“O bom sono na infância pode determinar o bom sono do adolescente e do adulto, portanto vamos construí-lo de vagar, com paciência e muito amor.”, diz ela.

 


Dra. Ana Lúcia Dias Paulo se graduou em Medicina em 1983 na Universidade São Francisco – CRM 47937. Atua profissionalmente na área de clínica médica e pediátrica desde 1984. É Especialista em Homeopatia pela Associação Médica Homeopática Brasileira em convênio com AMB e CFM, realizou o curso de Especialização em Acupuntura pelo Center AO, em convênio com a UNIFESP. Além disso, é membro do Corpo Docente da Alpha-APH em convênio com a Associação Paulista de Homeopatia (APH), professora convidada de diversas associações e instituições de ensino da Homeopatia, bem como, conferencista em inúmeros eventos relacionados (congressos, cursos etc.) e autora dos livros Os Miúdos. Pequenos Medicamentos em Pediatria Homeopática e O que você precisa saber sobre o Medicamento Homeopático, ambos da Editora Organon.


Tags: sono da criança, homeopatia e saúde, sono infantil

O poder do choro

Chorar pode ser muito positivo e libertador. O Blog Homeopatia e Saúde, uma publicação da Clínica Similia – Homeopatia de qualidade em São Paulo – Região da Av. Paulista, vinculada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, selecionou um artigo sobre como chorar pode evitar o ganho de peso e reduzir o estresse. Confira!

 

Um estudo realizado em Minnesota, nos Estados Unidos, pelo Centro Médio St. Paul-Ramsay, comprovou que as lágrimas expulsam hormônios relacionados ao esgotamento emocional ou físico.

Prolactina, encefalina, andrecorticotrófico e leucina são hormônios que o corpo produz em situações de muito estresse e que são eliminadas pelo choro juntamente com as lágrimas.

Ao ser liberado, o andrecorticotrófico ajuda a reduzir os níveis de cortisol, hormônio relacionado com o nervosismo, o pânico e a ansiedade. Expelir essa substância faz com que a sensação de bem-estar aumente e pode evitar o ganho de peso.

Por que isso acontece? A explicação científica é que quando os níveis de cortisol estão muito elevados, existe uma sobrecarga nas glândulas suprarrenais, fazendo com que o corpo retenha mais líquido e acumule gordura – possibilitando o inchaço e ganho de peso.

Por isso, não segurar o choro é o ideal. Afinal, ele é um grande aliado do bem-estar do seu metabolismo, seja no quesito emocional ou físico. Para ler mais a respeito, veja a matéria na íntegra:

 

Como fica o corpo nas viagens de avião?

Você provavelmente já se perguntou os efeitos das viagens de avião sobre o corpo. O Blog Homeopatia e Saúde, uma publicação da Clínica Similia – Homeopatia de qualidade em São Paulo – Região da Av. Paulista, vinculada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, selecionou um artigo para responder as suas dúvidas! Veja abaixo!

Talvez não tenha reparado em todos os efeitos, mas certamente já percebeu, ao menos, a pressão nos ouvidos quando viaja de avião, certo? Mas vai muito além disso. Os efeitos se dão por conta da altitude, temperatura atmosférica e baixa pressão no interior da aeronave principalmente, o que pode ser muita mudança para o seu corpo num espaço de tempo tão curto. Veja a lista!

  1. Ouvidos tampados

A nossa tuba auditiva possibilita a entrada de ar na cavidade da orelha para que nossa pressão interna fique equilibrada. Mas quando a variação de pressão é muito rápida, ela nem sempre consegue entrar em ação, causando a sensação de abafamento.

  1. Pele ressecada

O ar interno da cabine é seco, fazendo com que a água presente na epiderme evapore mais rápido que o normal.

  1. Cabelo elétrico

Cabelos são isolantes e perdem elétrons quando entram em atrito com outros materiais. É a energia estática! Mas como são muitos fios e cargas iguais se repelem, um fio se choca com o outro e deixa o seu visual mais ouriçado.

  1. Paladar sem graça

A baixa pressão e umidade interferem nas papilas gustativas e podem fazer a comida parecer sem gosto.

Veja outros efeitos e suas explicações lendo o artigo original na íntegra: https://goo.gl/rjTZiD

 

 

Superproteção na infância cria adultos inseguros

Ser responsável pela educação de uma criança não é tarefa fácil, principalmente porque pequenas ações no dia a dia podem refletir de uma forma inesperada no futuro do filho. Se você tem atitudes como arrumar a bagunça da criança após as brincadeiras, prometer um presente caso o pequeno tome um remédio, entre outros comportamentos, saiba que você pode estar contribuindo para a deseducação do jovem. Profissionais comentam que quando a vida dos filhos é muito facilitada pelos pais, o desenvolvimento e o aprendizado na resolução dos próprios problemas ocorre de forma tardia.

Pesquisa

Uma publicação do Journal of Children and Family Studies, reuniu artigos de diversas partes do mundo que apontam para um fator comum: pais que assumem a resolução dos problemas dos filhos contribuem para que estes cresçam inseguros. A consequência é que esse tipo de criança adota um comportamento impulsivo, tornando-se um adulto imaturo, egoísta e avesso às responsabilidades. Ao assumir o controle de suas ações, esses jovens crescem sem a autoconfiança necessária para atuar em diversas situações.

Saiba mais

Pensando em melhor orientar os leitores sobre este assunto relacionado a educação dos mais jovens, o blog Homeopatia e Saúde, vinculado à Clínica Simília, do Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, levantou um material que aborda diversos estudos a respeito dessa abordagem. Para verificar a reportagem mais aprofundada sobre este tema, confira o link clicando aqui.

Coçar os olhos pode fazer mal para a vista

Não é intencional, mas quando percebemos, lá estão nossos dedos pressionando nossos olhos, em uma tentativa de coçá-los. A mania aparentemente inofensiva pode causar algum tipo de infecção no local ou então tornar mais grave uma deformidade na córnea, contribuindo para que aqueles que têm astigmatismo ou miopia tenham o grau aumentado. Para melhor te orientar sobre tais cuidados, o blog Homeopatia e Saúde, da Clínica Similia, pesquisou mais a respeito do assunto.

Quer saber o motivo desse agravamento? Nossos olhos são formados por fibras e, quando coçados, o efeito produzido é como se as fibras fossem esticadas. Ao fazer desse ato um hábito, o grau tanto da miopia quanto do astigmatismo vão aumentando, doenças essas desenvolvidas a partir de uma alteração na córnea chamada de ceratocone. Os sintomas mais aparentes disso são: vista borrada, deformidade de luzes e fotofobia ou então imagens duplicadas.

Saiba mais

Outros problemas desencadeados por esse toque são as inflamações, como a conjuntivite. Isso porque as bactérias que estão na mão são levadas diretamente aos olhos. Quer saber quais cuidados tomar e mais informações sobre como diagnosticar essas situações? Confira o material selecionado especialmente para sanar suas dúvidas escolhido pelo blog Homeopatia e Saúde, clicando aqui.