Tag Archives: homeopatia

Homeopatia e emagrecimento – Como uma auxilia na outra?

Como a homeopatia e emagrecimento estão vinculados? A obesidade é o distúrbio nutricional mais comum. No Brasil 20% da população em idade adulta está obesa. Para quem sofre por causa do excesso de peso o indicado é manter uma dieta equilibrada e exercícios físicos, que vão ajudar na perda de peso.

Uma grande quantidade de pessoas em todo o mundo utiliza medicamentos homeopáticos para gerenciar a perda de peso. Nos casos onde a pessoa mantém uma dieta equilibrada a homeopatia pode desempenhar um papel importante na superação do excesso de peso e da obesidade, pois eles não provocam efeitos colaterais.

A homeopatia não trata diretamente a obesidade, as pessoas têm a esperança que se tomarem um remédio homeopático vai conseguir emagrecer, mas isso, realmente, não acontece, responde o Dr. Ariovaldo Ribeiro quando questionado sobre como a homeopatia pode ajudar na perda de peso.

Homeopatia e emagrecimento

O tratamento homeopático, continua o Dr. Ariovaldo, é um tratamento que visa tratar o individuo como um todo, com isso diminui a ansiedade da pessoa, fazendo com que passe a se sentir melhor. Com isso a pessoa passa a ter atitudes mais saudáveis de vida, melhorando a alimentação e praticando atividade física.

“A pessoa passa a ter uma postura melhor perante a vida e por isso começa a perder peso, mas pela atitude dela”, explica o médico. Alguns casos de obesidade estão relacionados a desequilíbrios no organismo, como por exemplo, na glândula tireoide.

É preciso avaliar cada caso para descobrir se é possível tratar com a homeopatia, ou se os medicamentos homeopáticos podem auxiliar no tratamento da obesidade, deixa claro o Dr. Ariovaldo Ribeiro.

Algumas pessoas procuram os medicamentos homeopáticos para solucionar o problema de excesso de peso. Entretanto a homeopatia não deve substituir a dieta e o acompanhamento médico.

Escolher o medicamento homeopático certo para a perda de peso é extremamente importante para o sucesso do tratamento. Os medicamentos homeopáticos também podem ser usados por crianças no combate ao excesso de peso.

Consulte um especialista antes de iniciar um tratamento com medicamentos homeopáticos.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, trouxe mais essa matéria interessante sobre obesidade e homeopatia.

Como age a homeopatia na depressão?

As doenças emocionais são mais desafiadoras, difíceis e caras de tratarem do que qualquer outro tipo de doença. Sendo que a mais temida e comum entre elas é a depressão. Mas a ação da homeopatia na depressão é eficaz.

A depressão enlutece a alma e mergulha os olhos na tristeza. Embora as lágrimas não sejam a principal barreira que impede as pessoas depressivas de enxergarem as coisas como realmente são.

A depressão também enfraquece o coração, pesa sobre os ombros e dificulta a respiração. O que força as pessoas depressivas a tentar recuperar o fôlego através de sussurros frequentes.

O tratamento homeopático é uma alternativa mais gentil para quem sofre de depressão. Quem já fez uso de antidepressivos sabe o quanto esses medicamentos interferem na rotina diária, causando efeitos indesejados às pessoas que precisam utilizar esses remédios.

Homeopatia na depressão

Nos casos de depressão os medicamentos homeopáticos agem da mesma maneira como em qualquer outro tipo de enfermidade. Atuando sobre o indivíduo na sua globalidade e promovendo um maior equilíbrio na saúde mental e física, é o que explica o Dr. Ariovaldo Ribeiro.

Os medicamentos homeopáticos podem ser administrados em conjunto com os antidepressivos, porém no decorrer do tratamento, com a melhora do paciente, o uso de antidepressivos deve ser reduzido, lembra o Dr. Ariovaldo.

Durante o tratamento as consultas médicas variam conforme a necessidade e como trabalha cada especialista. Mas, no geral a cada 45 ou 60 dias acredito ser uma frequência satisfatória, observou o Dr. Ariovaldo.

A depressão é uma doença muito séria, o seu diagnóstico e tratamento precoce ajuda a salvar vidas, lembrando sempre que a homeopatia na depressão é eficiente

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo.

A depressão é um problema que afeta os indivíduos, muitas pessoas têm vergonha de falar sobre o problema e acabam não procurando ajuda.

Não tenha medo, pois somente um especialista será capaz de resolver o seu problema.

Como a Homeopatia pode auxiliar no tratamento de Câncer

A homeopatia é um sistema de tratamento que vem sendo utilizado por muitos profissionais para tratar pacientes com câncer. Existem diversos relatos que descrevem o tratamento homeopático do câncer. Assim como a literatura moderna fornece vários estudos de caso onde a homeopatia foi utilizada no tratamento de diversas doenças dentre elas o câncer.

O câncer é uma doença causada pela multiplicação desordenada de células que atinge tecidos e órgãos, e que pode se espalhar pelo resto do corpo, metástase. O Câncer é classificado de acordo com o órgão que afeta ou tipo de tecido, células envolvidas ou estágio da doença. Sendo que os tratamentos e diagnósticos variam conforme os diversos tipos e estágios da doença.

A homeopatia pode ajudar os indivíduos que sofrem por causa do câncer ao promover o equilíbrio do paciente como ser integral. O tratamento homeopático leva em conta o ser humano como um todo, ou seja, a medicação homeopática é prescrita levando em consideração as particularidades da pessoa. Não somente a doença em si. Podendo assim gerar um bem estar geral para o doente e, no caso de um paciente com câncer, melhor resposta ao tratamento convencional.

Homeopatia auxilia no tratamento

Por se tratar de um método isento de efeitos colaterais a homeopatia pode ser utilizada como um tratamento coadjuvante do tratamento convencional do câncer. “Tanto no que se refere à enfermidade em si, como para os efeitos colaterais da medicação quimioterápica e da radioterapia”, explica o Dr. Ariovaldo Ribeiro.

A homeopatia é considerada um tratamento auxiliar, por isso nos casos de pacientes com câncer a AMHB (Associação Médica Homeopática Brasileira), que é a entidade oficial da homeopatia no Brasil. Recomenda que nestes casos não se trate o paciente unicamente com a homeopatia.

Ainda existem protocolos de tratamento mundialmente aceitos e reconhecidos que devem ser realizados e o paciente precisa ser incentivado pelo homeopata realizar o tratamento seguindo todas as recomendações médicas.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, acredita que a homeopatia pode melhorar a vida de quem sofre por causa do câncer. Para mais informações sobre o assunto acesse: https://goo.gl/8BwJ3P

 

Homeopatia funciona contra doenças epidêmicas

Desde os seus primórdios a homeopatia tem sido capaz de tratar doenças endêmicas com uma taxa de sucesso considerável, isso se compararmos a homeopatia com os tratamentos convencionais. Foi graças a esse sucesso que a homeopatia conseguiu conquistar o seu lugar.

A homeopatia se mostrou um tratamento potente e eficaz por causa do estudo individualizado de cada caso que é a essência de sua metodologia. Assim um dos maiores benefícios da homeopatia é o tratamento personalizado para doenças endêmicas.

A base da homeopatia é a lei dos similares, na qual a substância que causa os sintomas em pessoas saudáveis é utilizada para curar uma pessoa que sofre desses mesmos sintomas. Na tentativa de descobrir quais sintomas uma substância pode desenvolver numa pessoa saudável o homeopata utiliza diversas fontes.

Os homeopatas também utilizam estudos da medicina tradicional como fonte de informações acerca das diversas substâncias encontradas na natureza.

Um medicamento desenvolvido segundo a lei dos similares pode melhorar a saúde de um paciente sem causar efeitos colaterais indesejados e perigosos que, algumas vezes acompanha o tratamento da medicina tradicional. O Dr. Hahnemann criou o processo que ele chamou de potencialização, um processo que envolve um conjunto de etapas de diluição e dinamização de uma solução que contém a substância. Ao usar esse processo uma farmácia de manipulação pode produzir uma grande variedade de potências de um remédio.

Em 2011 ocorreu uma grande enchente em Cuba que provocou um surto de leptospirose, uma doença infecciosa causada pela bactéria Leptospira, na população das regiões afetadas. Por isso o Instituto Finlay produziu em algumas semanas uma grande quantidade de medicamento homeopático que utilizou como base a bactéria Leptospira e que foi amplamente diluída. Depois de distribuir o remédio por toda a ilha o total de casos registrados passou de 30 para 3 a cada 100 mil habitantes.

A homeopatia é mais uma arma no tratamento de diversas doenças, dentre elas as endêmicas, e poder contar com esse tipo de ajuda é muito importante para a melhoria da qualidade de vida da população.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, tentou mostrar como a homeopatia pode ajudar no tratamento de doenças, para mais informações acesse:

 

TAGS: Homeopatia, Tratamento, Doenças epidêmicas, Medicamento homeopático

Cigarro mata

Durante anos as mulheres foram bombardeadas por campanhas publicitárias que mostrava as fumantes como pessoas elegantes, ricas e bonitas. Assim como foram apresentadas campanhas que relacionavam o tabagismo a perca de peso, aumentando ainda mais as inseguranças nas mulheres. Ao apresentar modelos com cigarro na mão a indústria está tentando convencer as mulheres de que o fumo fará delas pessoas mais atraentes, desejáveis e populares.

Entretanto por causa de alguns problemas que o tabagismo causa como: dentes amarelados, cheiro de fumaça, rugas e falta de ar, faz com que para os homens as mulheres fumantes sejam consideradas menos atraentes. Uma percepção bem diferente daquela divulgada pelas mensagens publicitárias.

As mensagens publicitárias que descrevem as mulheres fumantes como mais atraentes afetam mais as mulheres jovens, uma vez que nessa faixa de idade elas são mais inseguras com relação a seu status social e conscientes de sua aparência. Mulheres jovens também são mais propensas a imitarem celebridades, modelos ou outro exemplo de fumante considerado sexy e descolada.

Fumar é um hábito prejudicial para todas as pessoas, entretanto esse hábito causa mais problemas para as mulheres. Além dos problemas comuns a todos os fumantes o tabagismo pode aumentar as chances das mulheres desenvolverem alguns tipos de câncer, osteoporose e outros problemas de saúde crônicos que levam ao risco de morte.

A fumaça do cigarro afeta todos os órgãos do corpo, reduzindo o fluxo sanguíneo e a absorção de oxigênio em todos os sistemas do organismo humano. Porém existem alguns problemas relativos ao tabagismo que só atingem as mulheres.

As primeiras pesquisas realizadas não identificaram nenhum tipo de relação entre o tabagismo e os casos de câncer de mama, mas estudos recentes demonstraram que pode haver um aumento nos casos de câncer de mama entre os fumantes do sexo feminino.

Já foi comprovado que o tabagismo acelera a perda de cabelo nas mulheres, assim como as mulheres fumantes são duas vezes mais propensas a receberem o diagnóstico de câncer cervical em relação as não fumante. Os casos de câncer uterinos também são maiores em fumantes.

Estudos também demonstraram que mulheres fumantes na pós-menopausa possuem menor densidade óssea do que as demais. Isso aumenta nessa fatia da população os casos de osteoporose e fraturas ósseas conforme vão ficando mais velhas.

As mulheres que fumam durante a gravidez têm bebês menores. Sendo que alguns desses bebês nascem com baixo peso, o que significa que esses bebês são menores do que o considerado normal para uma criança que nasceu no tempo certo. As mulheres fumantes também correm mais riscos de terem bebês prematuros, bem como a síndrome da morte súbita infantil.

A única maneira de acabar com o tabagismo é através da educação, campanhas do Ministério da Saúde vêm mostrando há anos os malefícios do cigarro para a saúde. Assim os fumantes são incentivados a abandonar o vício e contam com a ajuda de diversos órgãos para que isso se torne realidade, mesmo nos casos de pessoas que fumam há muito tempo existe a opção de parar e começar uma nova vida.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, apresentou mais esse artigo interessante sobre os malefícios do tabagismo para a saúde das mulheres, se quiser saber mais sobre o assunto acesso o link: https://goo.gl/gKM3LE

Como a homeopatia pode ajudar na perda de peso

Quem nunca sofreu com os excessos das festas e reuniões em família? Aquele churrasco na casa dos amigos, o casamento daquela prima distante que reúne os parentes, ou aquela confraternização de final de ano da empresa com buffet completo. Depois de todos esses, e outros, exageros na hora de se alimentar a gente se sente inchado e o roupa não fecha, então bate aquela angustia.

Apesar de a homeopatia auxiliar na perca de peso ela não é nenhum tipo de solução milagrosa, as pessoas quando vão procurar ajuda através da homeopatia precisam entender que a perca de peso exige um trabalho em conjunto.

A homeopatia sozinha não é capaz de fazer como a pessoa emagreça, para que o resultado seja satisfatório e atenda ao esperado é preciso que algumas avaliações sejam realizadas antes: consulta com o endocrinologista, avaliação multidisciplinar com o nutricionista, cardiologista, análises clínicas e exames laboratoriais, todo esse processo é fundamental para o sucesso da dieta.

Os medicamentos homeopáticos são indicados, e podem ser usados por quem pretende perder peso, mas os esforços não param por ai. Outros fatores precisam ser levados em consideração. Uma avaliação do estilo de vida da pessoa, dos problemas de estresse, da relação com a família e trabalho, já que a mente pode prejudicar a saúde do corpo, pois já sabemos que algumas doenças têm origem somatopsiquícas ou psicossomáticas. Fazer um levantamento de todas as mudanças pela qual a pessoa passou desde que começou a ganhar peso pode ser um caminho.

Um dos objetivos da homeopatia é corrigir o funcionamento do corpo por completo, trazendo de volta o equilíbrio, para que o efeito sanfona deixe de ser um problema, pois precisamos aprender a respeitar o nosso corpo, afinal é o templo do nosso espírito.

A homeopatia trabalha o corpo e a mente do paciente, e para isso diminuir a ansiedade, melhorar a qualidade do sono e controlar a ingestão de alimentos são essências durante do tratamento.

O Blog Homeopatia e Saúde, que é um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, apresenta esta matéria sobre como a homeopatia pode ajudar no emagrecimento, mais informações: https://goo.gl/wLDwn1

 

TAGS: Homeopatia, Emagrecimento, Perca de peso, Ansiedade

A homeopatia na saúde digestiva

O dia mundial da Saúde Digestiva é celebrado no dia 29/05, por isso o Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, traz para vocês uma entrevista com o DR. Ariovaldo, onde ele fala da importância de termos bons hábitos alimentares, as principais causas das doenças digestivas, e como a homeopatia pode auxiliar no controle e combate dessas doenças.

O Dr. Ariovaldo uma das principais causas de doenças digestivas é uma alimentação desregulada. Ter uma alimentação de baixa qualidade é um problema de saúde dentro de nossa sociedade. Pois as pessoas que costumam fazer do fast food uma refeição, e por causa disso tendem a ter problemas de saúde. Sendo essa uma prática muito frequente nos hábitos alimentares da população.

Muitas vezes o paciente vem procurar tratamento médico quando na verdade o que ele precisa é de uma orientação de vida, aponta o Dr. Ariovaldo, sendo que, geralmente, a solução consiste numa correção dos hábitos alimentares, na inserção de atividades físicas em sua rotina, dentre outras atitudes que melhoram a saúde como um todo.

Apesar do bombardeio de informações sobre hábitos saudáveis as pessoas recebem da TV, revista e internet, elas ainda pecam muito quando o assunto é qualidade de vida. Isto é consequência de falta de disciplina que as pessoas têm com relação à manutenção de rotinas saudáveis. Elas até sabem, mas não têm consciência da importância de uma alimentação saudável em suas vidas.

Segundo o Dr. Ariovaldo as pessoas costumam empurrar com a barriga quando o assunto é vida saudável, deixar para depois se tornou uma prática comum entre a população. São pequenas atitudes que as pessoas não percebem o quanto são importantes, só que mais a frente chega a conta.

A homeopatia que já é conhecida como uma prática que reestabelece o equilíbrio do organismo também pode auxiliar no controle das doenças digestivas. Muitas pessoas recorrem a homeopatia para tratamento de doenças gástricas. Frequentemente, os problemas das doenças gástricas e digestivas não têm origem somente na má alimentação, também provêm de causas emocionais, como fatores de estresses, dentre outros inúmeros fatores que colaboram para que a pessoa adoeça.

Por isso, normalmente, a homeopatia associada a correções alimentares e orientações funciona muito bem, assim como a prática de esportes que tem como objetivo uma vida mais saudável.

Manter uma dieta equilibrada, com o consumo de alimentos de autovalor nutritivo e pouco calóricos, como frutas, legumes, cereais, proteínas, bem como a ingestão de no mínimo 6 copos de água por dia, também pode proporcionar o bom funcionamento do sistema digestivo.

O estresse, a ansiedade e a depressão também podem levar a problemas como a má-digestão, desconforto, diarreia, azia e constipação. Diante disso a prática de atividade física é tão benéfica para a saúde. Também é preciso evitar os alimentos processados industrialmente, pois eles possuem grandes quantidades de gorduras sal, açucares e aditivos.

A saúde e o bom funcionamento do sistema digestivo estão intimamente ligados aos bons hábitos alimentares.

 

 

TAGS: Alimentação, Homeopatia, Dr. Ariovaldo, Saúde, Digestivo

A importância do descanso

Trabalhar é importante, pois é trabalho que dá foco para o crescimento pessoal de cada um. Mas descansar é fundamental. Sem o descanso no corpo não há como recuperar as energias. O blog Homeopatia e Saúde, conversou com o Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho sobre a importância do descanso para a saúde.

A boa saúde vem de uma série de fatores que dependem de nós. Alimentação balanceada, pratica de atividade física, trabalho para a mente e, sem dúvida, o descanso e o sono são indispensáveis. Segundo o Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho, médico homeopata da Clínica Similia, e presidente da AMHB – Associação Médica Homeopatia Brasileira, o descanso é fundamental para a saúde. “O descanso ajuda a fugir do estresse, o pior hormônio que o corpo produz”, explica Dr. Ariovaldo.

Para o médico, a verdadeira forma de descansar a mente é mudar a atividade, o famoso sair da rotina. “Normalmente, mudando de atividades, quebra-se o ritmo, o que é importante para o alivio do estresse”, recomenda.

 

O sono

Ficar sem dormir é uma das causas de maior estresse no organismo. As pessoas que sofrem de insônia, não proporcionam a si mesmas um período de relaxamento, colocando em risco, de maneira assustadora, todo o seu equilíbrio químico e emocional. Porque ela simplesmente rouba do indivíduo a possibilidade de refazer seu equilíbrio.

 

Exercício

O Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho recomenda a prática de atividade física para a quebra da mudança de rotina. “Nesse ponto, mesmo que o exercício faça parte da sua rotina, como deve mesmo fazer, mudar o foco da mente, do trabalho, para o exercício é o que mais importa”,

 

Os males do estresse

O stress afeta a saúde pela tenção que a pessoa passa. “Na sociedade competitiva que vivemos, em geral como é a nossa, num pais cheio de variações políticas e econômicas, muitas vezes geram o estresse é o responsável por doenças comuns” expõe Dr. Ariovaldo.

O médico explica que doenças como hipertensão, diabetes, depressão estão muitas vezes associado ao estresse continuado.

O Blog Homeopatia e Saúde é uma publicação vinculada à Clínica Similia e aos doutores  Ariovaldo Ribeiro Filho e Ana Lucia Dias Paulo.

Alimentos que auxiliam no combate da hipertensão

As doenças cardiovasculares são uma das principais causas de morte no Brasil, sendo que mais da metade dos casos são em decorrência da hipertensão arterial. Conforme levantamento da Sociedade brasileira de hipertensão, 30% da população adulta brasileira sofre de pressão alta, em relação à população da terceira idade este percentual sobe para 50%. Dia 26 de abril é o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial. Por isso o Blog Homeopatia e Saúde, traz esse tema, de extrema relevância para os brasileiros.

Apesar de não ter cura a hipertensão pode ser controlada e evitada por meio de mudança de hábitos, além de atividades físicas é possível fazer esse controle incluindo alguns alimentos na dieta.

O Blog Homeopatia e Saúde, espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, vai passar para vocês aquela lista esperta de alimentos que ajudam no combate e controle da pressão arterial.

Aveia

Excelente fonte de fibras e cereais, pertence à família dos carboidratos, ajuda na evolução do emagrecimento porque tarda o esvaziamento gástrico, e amplia a sensação de saciedade. Por isso ajuda no controle da glicose sanguínea.

O magnésio presente na aveia ajuda a relaxar a musculatura e a diminuir o inchaço corporal.

Amêndoa e noz

Graças à presença de magnésio amêndoa e noz funcionam como vasodilatadores, pois ampliam os vasos sanguíneos o que é de grande ajuda no controle da pressão arterial.

Também são ricas em vitamina E, um antioxidante natural que retarda o envelhecimento e várias complicações cardíacas.

Alimentos ricos em Omega 3

Substância que pode ser encontrada em linhaça, salmão sardinha, atum e azeite, os ácidos graxos Omega 3 precisam ser ingeridos por pessoas com hipertensão em doses acima do recomendado.

O consumo do Omega 3 está relacionada com a diminuição da vasocontrição e ao aumento da vasodilatação.

Ervas

O coentro, o alecrim, a cebolinha, a salsa, a sálvia, o manjericão, o louro e o tomilho, por serem de alimentos naturais, podem substituir o sal nas refeições, assim possibilitando uma diminuição do sódio na alimentação.

Alho

Rico em vitamina C, o alho é um poderoso antioxidante, que ajuda a diminnuir os radicais livres, que são os responsáveis pelo envelhecimento precoce, câncer e doenças cardíacas.

Cereais integrais

A concentração de magnésio encontrada nos cereais estimula a dilatação dos vasos sanguíneos, diminuindo o inchaço em pessoas que sofrem de retenção de líquidos.

Alimentos ricos em potássio

O potássio está presente no inhame, feijão, maracujá, laranja, abóbora, espinafre, cenoura, banana dentre outros. O potássio atua como um natriurético ajudando na eliminação do sódio pelo organismo.

Leite e seus derivados

O leite é uma fonte de cálcio, e atua como hipotensor, deste modo ele diminui a pressão arterial sanguínea.

Artigo retirado do link: https://goo.gl/M2qqwX

 

TAGS: Hipertensão, Pressão Arterial, Combate, Controle, Homeopatia

 

Os brinquedos eletrônicos e o desenvolvimento da linguagem dos bebês

Você sabia que o desenvolvimento da linguagem nos bebês pode ser afetado pelo uso excessivo da tecnologia?

Vamos falar mais sobre uma pesquisa que o Blog Homeopatia e Saúde, que é uma publicação da Clínica Similia – Homeopatia de qualidade em São Paulo – que fica na região da Paulista, uma clínica vinculada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, encontrou na web e agora vai compartilhar com vocês.

Como os aparelhos eletrônicos podem interferir no desenvolvimento da linguagem nos bebês?  Bem, isso acontece porque os eletrônicos diminuem a interação dos pequeninos com outras crianças e com os pais, é o que informa um estudo publicado pela revista científica JAMA Pediatrics, segundo esse estudo crianças que passam muito tempo com brinquedos tecnológicos com luzes que piscam, falas e músicas, em detrimento aos tradicionais, acabam tendo uma diminuição na quantidade e qualidade da linguagem.

Neste estudo os pesquisadores analisaram bebês entre 10 e 18 meses, eles perceberam que quando um brinquedo eletrônico estava presente havia uma menor interação verbal entre as crianças e os adultos. Com relação aos bebês que interagiram com livros e outros objetos, como os blocos de madeira, falavam mais com os pais durante as atividades.

O que é uma boa noticia, já que os brinquedos tecnológicos são muito caros, sendo essa uma boa oportunidade para os pais incentivarem os seus filhos a trabalhar com a imaginação, também sendo uma alternativa viável nestes tempos de crise econômica.

Por um período de 15 meses os pesquisadores acompanharam de perto a intimidade das brincadeiras caseiras de 26 famílias. A interação foi dividida segundo três grupos de objetos: brinquedos tradicionais, livros infantis e aparelhos eletrônicos (que tinham som e acendiam luzes, imitavam um computador e um celular).

Levando-se em conta a linguagem, os apontamentos mostraram que quando as crianças interagiam com os eletrônicos vocalizaram em média 28% a menos ao se comparar com os brinquedos tradicionais, e 35% a menos em relação ao uso dos livros. Da mesma forma os pais se comunicaram menos, numa média de 39,62% por minuto em oposição a 55,56% nas brincadeiras que contavam com os brinquedos tradicionais, e 66,69% abaixo das sessões de leitura de livros infantis.

Quando as luzinhas estão acesas a interação entre os adultos e crianças também é prejudicada. Já que a comunicação entre eles fica 51% menor se compararmos com os brinquedos tradicionais, em relação aos livros essa diferença fica ainda mais visível já que o percentual de respostas dos pais é 66% menor.

Por meio das análises foi possível verificar que o livro proporciona uma maior interação entre os adultos e crianças, visto que ele inspira um tipo de script para a interação. Apesar de menos eficaz, os bloquinhos são uma boa opção para os adultos que não querem ler para os pequenos.

Revista Neuro Educação: https://goo.gl/5TAZlB

TAGS: Bebês, Tecnologia, Homeopatia, Brinquedos, Saúde

Depressão é o tema do dia mundial da saúde

Neste Dia mundial da Saúde vamos falar sobre a depressão, esse foi o tema escolhido pela OMS (Organização Mundial de Saúde) para ser discutido por todo o mundo através de sua campanha chamada Let’s Talk, vamos conversar em português.

O Dia mundial da saúde é comemorado no dia 07 de abril, essa data tem como objetivo conscientizar as pessoas sobre qualidade de vida e os fatores que interferem na saúde dos indivíduos.

Por que a OMS escolheu a depressão para o ano de 2017? Por se tratar de um transtorno global, estimativas dão conta de que 350 milhões de pessoas, de todas as idades, sofrem com ela. Sendo também umas das principais causas de incapacidade no mundo, colaborando para o aumento de doenças em nosso planeta, sendo que as mulheres são mais afetadas por ela que os homens, se tratando de um distúrbio tão grave que pode levar ao suicídio.

Aprender mais sobre a depressão, como enfrentá-la, identificar suas causas, sinais, sintomas e tratamento é o primeiro passo para vencer o transtorno.

Nós do blog Blog Homeopatia e Saúde, página informativa da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, acreditamos que a conversa é uma boa alternativa para ajudar aqueles que sofrem de depressão. Por isso separamos esse artigo que discute sobre o assunto do site Mundo educação, mais informações acessem: https://goo.gl/vhSjd7

TAGS: Dia Mundial da Saúde, Depressão, Homeopatia

 

Promovendo o bem-estar no Dia Mundial da Atividade Física

Ao redor do mundo no dia 06 de abril é comemorado o Dia Mundial da Atividade Física, já é de conhecimento que um dos principais motivos que levam as doenças cardiovasculares é o sedentarismo. Assim a OMS, Organização das Nações Unidas, criou essa data para promover a prevenção ao sedentarismo, estimulando a prática de atividades físicas em espaços públicos.

O dia Mundial da Atividade Física foi criado em 2002 pela OMS para informar a população mundial com relação à urgência de uma mudança no atual estilo de vida sedentário, e também para incentivar a prática de atividade física regular que tem como objetivo proporcionar a saúde e o bem-estar.

Segundo a OMS a falta de atividade física é o quarto maior motivo para os riscos de morte em todo o planeta. A OMS destaca que qualquer tipo de movimento corporal executado pelos músculos esqueléticos no momento em que absorvem energia é considerado atividade física.

E para comemorar esta data são realizados eventos em todo o mundo. Os esportes, exercícios, e outras atividades, caminhar, dança, jogar, tarefas domésticas e jardinagem, fazem parte prática.

Nós do blog Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, também acreditamos que a atividade física regular é capaz de promover o bem-estar e a saúde.

Este artigo que você acabou de ler foi baseado no artigo do blog Funi Blogs disponível no link: https://goo.gl/fBQvHr

TAGS: Dia Mundial da Atividade Física, Saúde, Homeopatia, Atividade Física

Alguns cuidados com o seu medicamento homeopático

Por se tratar de um tipo de medicamento no qual a ação está baseada em preparações dinamizadas, portanto, que envolvem campos energéticos, os medicamentos homeopáticos não devem ficar próximos à computadores, televisores, já que esses alteram os efeitos da medicação, por isso os homeopáticos exigem mais cuidados na hora do armazenamento.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia, Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, preparou para vocês uma lista com alguns cuidados com os seus medicamentos homeopáticos.

– evite manipular os medicamentos, coloque a quantidade necessária na tampa do frasco em seguida vire na boca sem encostar.

– se o medicamento for líquido nunca encoste o conta gotas na língua

– os medicamentos homeopáticos líquidos são feitos em solução alcoólica que varia de 30 a 40%, logo é recomendado sua diluição em água. Sugere-se também um copo somente para esse fim, ou o uso de um copo descartável.

– manter os medicamentos longe de odores fortes como essências, perfumes, produtos de limpeza, computador, celular, luz do sol, etc.

– Recomenda-se não ingerir qualquer tipo de alimento 15 minutos antes e depois de tomar o medicamento.

– o medicamento não deve ser misturado com chá, suco, leite, ou alimento, se necessário diluir somente em água.

– Os medicamentos homeopáticos são de uso individual, por isso não devem ser indicados para outras pessoas, nem automedicar-se.

– medicamentos receitados em alta potência (200-CH, 200FC, 1MFC e etc.) somente devem ser repetidos por recomendação médica.

– verifique os medicamentos homeopáticos com a receita, se alguma divergência for encontrada entre em contato com um de nossos farmacêuticos ou com o seu médico.

– se forem ingeridos próximo da escovação, isso deve ocorrer 10 minutos antes ou meia hora depois, porque a menta é cheiros fortes pode cortar os efeitos do medicamento.

– Medicamentos solicitados via telefone precisam ser conferidos com a receita antes de serem usados.

– entre uma medicação e outra fazer um intervalo de 15 a 30 minutos.

– Não mude a forma de utilização farmacêutica do seu medicamento sem indicação médica.

– manter o medicamento fora do alcance das crianças e animais domésticos.

– respeitar o prazo de validade da receita, que varia entre 30 e 60 dias, não repetir a receita sem orientação médica.

Estes são alguns cuidados com o uso e armazenamento do seu medicamento homeopático, porém, não são os únicos. Os cuidados começam na escolha de um bom profissional. Bem como em relação à farmácia que vai manipular esses medicamentos, os frascos também precisam ser de cor âmbar, estar hermeticamente fechados e com as datas de validade. Não esquecer que o sol e a radiação são inimigos dos homeopáticos. É sempre bom reforçar.

Dicas retiradas do site: https://goo.gl/ZqRPQd

 

TAGS: Saúde, Homeopatia, Medicamentos Homeopáticos

Depressão pode ser tratada com homeopatia

Em uma vida cercada cada vez mais por remédios e pessoas que mais parecem zumbis, as alternativas naturais têm sido muito buscadas como solução dos mais diversos problemas. Desde uma simples alergia, câncer ou depressão, todas são passíveis de tratamentos homeopáticos. Foi pensando em te informar melhor sobre este assunto que o blog Homeopatia e Saúde foi busca mais dados para seu conhecimento. O blog é vinculado à Clínica Similia, do Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo.

O assunto dessa postagem é “depressão”, doença que se manifesta nos mais diversos momentos da vida. Uma das formas mais comuns da doenças, a depressão pós-parto, acomete de 50 a 80% das mulheres que têm filhos, por exemplo.

Porém ainda há muito desinformação sobre o assunto. Se você tem dúvidas, busque o auxílio de um médico homeopata de sua confiança, e relembre os principais sintomas em outra publicação, aqui do blog.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a depressão atinge aproximadamente 340 milhões de pessoas ao ano. Em nosso País, esse número é de 13 milhões. O pior desse dado é que até 5% desse número é formado por crianças que sofrem do transtorno. É perfeitamente possível adotar um estilo de vida mais saudável, com tratamento da causa e não somente do sintoma, através da homeopatia.  Esse é o princípio da abordagem, que analisa o histórico do paciente e combate a doença partindo da compreensão da vida de quem busca essa forma de tratamento.

Um tratamento homeopático é capaz de proporcionar estímulo suficiente ao organismo para que o organismo possa se equilibrar. Mas isso não é resolvido apenas em uma consulta, por ser muito vaga. O tratamento, em geral, é feito a longo prazo, tratando o que ocasionou a depressão e não a depressão propriamente dita. O acompanhamento é feito pouco a pouco. Porém, a eficácia desse tipo de tratamento surpreende tanto, que a Organização Mundial de Saúde (OMS) classifica a homeopatia como o segundo método de terapia mais usado em todo o mundo.

O blog Homeopatia e Saúde reforça a necessidade de sempre ter o acompanhamento de um profissional para qualquer sintoma que você apresente. Pense sempre positivamente e com otimismo para manter o bem-estar e a saúde, e aproveite com mais qualidade de vida.

 

6 coisas que dão sono

A hipersonolência, ou excesso de sono durante o dia, acontece quando a pessoa sente vontade quase incontrolável de cochilar ou dormir durante as atividades diárias. Pessoas com hipersonolência podem experimentar irritabilidade, desmotivação, dificuldade de aprendizagem e queda no desempenho do trabalho.

Mas o que está na base desse excesso de sono? Veja agora no artigo que o Blog Homeopatia e Saúde, uma publicação da Clínica Similia – Homeopatia de qualidade em São Paulo – Região da Av. Paulista, vinculada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, selecionou para você!

  1. Depressão

O “mal do século” pode atingir qualquer um, embora as mulheres sejam 2x mais afetadas. Além dos problemas já conhecidos causados pela depressão, como angústia, cansaço e ansiedade, ela também interfere diretamente no sono. Seja causando insônia, (falta de sono) ou causando hipersonolência (excesso de sono).

  1. Medicações

A hipersonolência também é um efeito colateral comum de diversos medicamentos. Alguns exemplos são os benzodiazepínicos (clonazepam, diazepam e alprozalam), os opioides (morfina, metadona, codeína), antiepiléticos (fenitoína, fenobarbital, gabapentina), antipsicóticos (haloperidol, quetiapina, clorpromazina) e anti-alérgicos.

  1. Doenças clínicas

O excesso de sono também pode se manifestar como consequência de quadros clínicos como o hipotireoidismo e doenças que afetam o sistema nervoso central, como Parkinson, trauma cerebral, turmores ou infecções cerebrais e acidente vascular cerebral (AVC).

Veja outros problemas que podem causar hipersonolência, leia na íntegra: https://goo.gl/SduY2E

Tags: sono, hipersonolência, homeopatia e saúde

O poder do choro

Chorar pode ser muito positivo e libertador. O Blog Homeopatia e Saúde, uma publicação da Clínica Similia – Homeopatia de qualidade em São Paulo – Região da Av. Paulista, vinculada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, selecionou um artigo sobre como chorar pode evitar o ganho de peso e reduzir o estresse. Confira!

 

Um estudo realizado em Minnesota, nos Estados Unidos, pelo Centro Médio St. Paul-Ramsay, comprovou que as lágrimas expulsam hormônios relacionados ao esgotamento emocional ou físico.

Prolactina, encefalina, andrecorticotrófico e leucina são hormônios que o corpo produz em situações de muito estresse e que são eliminadas pelo choro juntamente com as lágrimas.

Ao ser liberado, o andrecorticotrófico ajuda a reduzir os níveis de cortisol, hormônio relacionado com o nervosismo, o pânico e a ansiedade. Expelir essa substância faz com que a sensação de bem-estar aumente e pode evitar o ganho de peso.

Por que isso acontece? A explicação científica é que quando os níveis de cortisol estão muito elevados, existe uma sobrecarga nas glândulas suprarrenais, fazendo com que o corpo retenha mais líquido e acumule gordura – possibilitando o inchaço e ganho de peso.

Por isso, não segurar o choro é o ideal. Afinal, ele é um grande aliado do bem-estar do seu metabolismo, seja no quesito emocional ou físico. Para ler mais a respeito, veja a matéria na íntegra:

 

Como fica o corpo nas viagens de avião?

Você provavelmente já se perguntou os efeitos das viagens de avião sobre o corpo. O Blog Homeopatia e Saúde, uma publicação da Clínica Similia – Homeopatia de qualidade em São Paulo – Região da Av. Paulista, vinculada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, selecionou um artigo para responder as suas dúvidas! Veja abaixo!

Talvez não tenha reparado em todos os efeitos, mas certamente já percebeu, ao menos, a pressão nos ouvidos quando viaja de avião, certo? Mas vai muito além disso. Os efeitos se dão por conta da altitude, temperatura atmosférica e baixa pressão no interior da aeronave principalmente, o que pode ser muita mudança para o seu corpo num espaço de tempo tão curto. Veja a lista!

  1. Ouvidos tampados

A nossa tuba auditiva possibilita a entrada de ar na cavidade da orelha para que nossa pressão interna fique equilibrada. Mas quando a variação de pressão é muito rápida, ela nem sempre consegue entrar em ação, causando a sensação de abafamento.

  1. Pele ressecada

O ar interno da cabine é seco, fazendo com que a água presente na epiderme evapore mais rápido que o normal.

  1. Cabelo elétrico

Cabelos são isolantes e perdem elétrons quando entram em atrito com outros materiais. É a energia estática! Mas como são muitos fios e cargas iguais se repelem, um fio se choca com o outro e deixa o seu visual mais ouriçado.

  1. Paladar sem graça

A baixa pressão e umidade interferem nas papilas gustativas e podem fazer a comida parecer sem gosto.

Veja outros efeitos e suas explicações lendo o artigo original na íntegra: https://goo.gl/rjTZiD

 

 

“A ansiedade afeta a qualidade de vida e saúde das pessoas”, afirma Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho

O Blog Homeopatia e Saúde, uma publicação da Clínica Similia – Homeopatia de qualidade em São Paulo – Região da Av. Paulista, vinculada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, trouxe esse artigo para conta como a ansiedade pode afetar sua saúde e qualidade de vida, com informações cedidas em entrevista pelo Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho.

Considerada “o mal do século XXI”, a ansiedade não é apenas um transtorno mental e comportamental. De fato, a ansiedade desencadeia uma série de problemas que interferem de forma direta na vida daqueles que sofrem com o transtorno.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) fez um levantamento que apontou um dado assustador: em quadro mundial, 33% da população sofre de ansiedade. E o Brasil está entre os primeiros da lista. São Paulo se destaca entre as cidades do mundo todo, com 29,6% dos paulistanos sofrendo com transtorno de ansiedade. Aliás, o relatório de pesquisa da São Paulo Megacity Mental Health Survey, de 2014, apontou a região metropolitana como aquela que possui a maior incidência deste tipo de perturbação mental no mundo.

Sintomas e Consequências da Ansiedade

Apesar do número altíssimo de incidências no Brasil, a resistência em procurar acompanhamento profissional é tão grande quanto e, por vezes, os pacientes só buscam ajuda quando o transtorno se desdobra em situações graves. E sendo um mal tão comum, é importante conseguir identificar os sintomas para prevenir e iniciar o tratamento o mais cedo possível.

Na entrevista, o Dr. Ariovaldo Ribeiro contou quais são os sintomas apresentados com mais frequência: “A ansiedade pode prejudicar o sono, causando agitação e insônia, por exemplo; a pessoa percebe também que está comendo demais, principalmente à noite. E passa a apresentar sintomas como vertigens e tonturas, que costumam chamar erroneamente de ‘labirintite’, mas não é. Trata-se apenas de tontura e vertigem, fruto do cansaço e da ansiedade.”, afirma.

Além disso, o homeopata também revelou as consequências, ou seja, como isto afeta a vida das pessoas: “A ansiedade excessiva começa a prejudicar o rendimento no trabalho, a vida e os relacionamentos pessoais. A pessoa nota cada vez mais que as coisas passam a fugir do controle alertando para a necessidade de tratamento especializado.”, comenta Dr. Ariovaldo.

 imagesAnsiedade e Homeopatia

Diante de uma tendência crescente de medicalização da vida e da consequente resistência dos pacientes em aceitar as inúmeras prescrições químicas para a ansiedade, a homeopatia se destacou como alternativa para quem sofre com o transtorno.

A abordagem holística que contempla não só a análise fisiológica, mas também emocional, psicológica e social, entendendo o ser humano como ser multifacetado e plural que é, pode ajudar no tratamento da ansiedade de modo menos agressivo que o tratamento tradicional.

“Na realidade, a homeopatia considera a ansiedade como um desequilíbrio da saúde que precisa de tratamento que leve em conta a visão integral do ser humano, ou seja, todas as causalidades e peculiaridades no surgimento e evolução do processo da enfermidade. Com o medicamento homeopático a pessoa ansiosa passa a sentir maior equilíbrio nas situações cotidianas”, explica o Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho, que é Presidente da Associação Médica Homeopática Brasileira (AMHB) e vice-presidente da Associação Paulista de Homeopatia (APH).


dr-ariovaldoDr. Ariovaldo Ribeiro Filho

Graduação em Medicina em 1983 pela UNIFESP – CRM/SP 47385 – RQE 11125.

Exercício profissional da medicina em clínica médica e pediátrica desde 1984.

Especialista em Homeopatia e Acupuntura pela Associação Médica Homeopática Brasileira (AMHB) em convênio com a AMB e CFM.

Presidente da Associação Médica Homeopática Brasileira (AMHB).

Presidente da Associação Paulista de Homeopatia (APH – 2002/2005 e 2005/2008).

Diretor científico do Curso de Pós-Graduação Lato-Sensu em Homeopatia da Alpha-APH (www.especializacaohomeopatia.com.br).

Presidente do XXIX CONGRESSO BRASILEIRO DE HOMEOPATIA (Hotel Maksoud Plaza – São Paulo/SP – 09/2008).

Professor convidado de diversas associações e instituições nacionais e internacionais de ensino da Homeopatia, bem como, conferencista em inúmeros eventos relacionados (congressos, jornadas, cursos, seminários etc.).

Autor dos livros Repertório de Homeopatia, Repertório de Homeopatia Pediátrica, Repertório de Sintomas Homeopáticos (6ª ed.), Repertório Homeopático Digital (publicação eletrônica, 4ª ed.), Repertório de Sintomas-chave em Pediatria Homeopática e Conhecendo o Repertório e a Semiologia Homeopática. Possui também inúmeros artigos e colaborações em livros e publicações científicas.

Obesidade Infantil

A OMS – Organização Mundial de Saúde, apronta a obesidade como um dos problemas mais graves do século XXI, principalmente nos países em desenvolvimento como o Brasil. No último levantamento feito em 2010 pela OMS havia 42 milhões de crianças com sobrepeso em todo mundo. A projeção é que em 2025 2,3 bilhões de adultos estejam com sobrepeso, sendo 700 milhões obesos. Essa projeção para as crianças também é alarmante, chegando a 75 milhões com sobrepeso ou obesidade em todo mundo. O Blog Homeopatia e Saúde, uma publicação da Clínica Similia – Homeopatia de qualidade em São Paulo – Região da Av. Paulista, conversou com a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, pediatra e homeopata da Clínica Similia para pegar dicas valiosas para os pais. Leia, informe-se e compartilhe.

A OMS aponta a obesidade como um dos problemas de saúde mais graves. No Brasil, esse problema vem crescendo cada vez mais. Entre as crianças cerca de 15% apresenta algum tipo de sobrepeso ou obesidade. Uma das causas desse aumento é a cultura popular de que “criança gordinha é sinônimo de criança saudável”, herança de um tempo em que a desnutrição era o maior problema de saúde infantil. Não à toa, uma das maiores preocupações das mães e pais que chegam ao consultório é se o filho come o suficiente. Para Dra. Ana Lucia, o apetite da criança e suas escolhas alimentares são baseadas nos hábitos familiares. “Não adianta pedir que a criança coma verduras, se os pais não o fazem, da mesma forma seria proibir o refrigerante, se todos os adultos o consomem, desta forma a memória alimentar de uma criança é construída desde as primeiras comidinhas e mantida pelos hábitos familiares. Sendo assim, quando se inicia a alimentação, por volta dos 6 meses de vida, é importante respeitar a criança, no que refere principalmente a quantidade e os pais devem se lembrar sempre “ A vontade de comer deve vir de dentro da criança”, não deve ser imposta, come quanto quer, sem forçar. O contrário deste hábito, pode gerar na criança desde os primeiros pratos de comida uma espécie de ansiedade por comer”, recomenda Dra. Ana Lucia Dias Paulo, pediatra e homeopata da Clínica Similia.

obesidade_infantil-3

Dra. Ana Lucia nos alerta que a oferta de comida para um bebê, desde a amamentação, deve ser em ambiente tranquilo, e sem pressa. “Se ele está crescido e quer comer em excesso, os pais, com muito carinho devem orientar que a quantidade colocada no prato já está suficiente, que o pequeno coma bem devagar, pois desta forma a saciedade virá, comendo devagar. A partir do primeiro ano de vida, é importante que a criança sente à mesa com os adultos na hora das refeições, para que sinta que a hora de comer, é um momento de confraternização dos familiares, na medida do possível, um momento de paz e tranquilidade, criado e monitorado pelos adultos. E a criança deve se alimentar sentada numa cadeira segura, pode comer com as mãos nos primeiros anos e também mastigar com a boca aberta, estes hábitos sociais, podem ser corrigidos no decorrer dos anos seguintesresume a médica.

Como incentivar hábitos alimentares saudáveis e exercícios físicos para a criançada?

Os pais são o espelho que as crianças vão seguir. Então ao prestarem atenção na sua própria alimentação, estarão dando bons exemplos para os filhos. Dra. Ana dá algumas dicas de como incentivar a prática de refeições saudáveis e exercícios com as crianças. “A família pode procurar, fazer refeições divertidas, como pic-nic em parques, com estimulo a brincadeiras prévias como correr, rolar no gramado antes mesmo da alimentação. E tirar pelo menos 1-2 dias da semana para convívio em família e fora de casa ou do apartamento”, indica Dra. Ana Lucia.

Alimentação saudável

Dra. Ana encerra com uma mensagem:

Uma alimentação saudável é constituída por cereais, carnes, verduras e frutas. Na verdade, deve ser passado para as crianças como algo corriqueiro, para crescer bem e com saúde e não como algo obrigatório a ser seguido como padrão social. Em verdade, o ser humano pode comer de tudo inclusive os doces, as frituras e refrigerantes. No entanto estes alimentos devem ser sempre com moderação, principalmente pelos adultos da família, para que sirvam de exemplo aos pequenos. Fica a mensagem, podemos comer de tudo, mas tudo com moderação.

Um abraço


Dra. Ana Lúcia Dias Paulo se graduou em Medicina em 1983 na Universidade São Francisco – CRM 47937. Atua profissionalmente na área de clínica médica e pediátrica desde 1984. É Especialista em Homeopatia pela Associação Médica Homeopática Brasileira em convênio com AMB e CFM, realizou o curso de Especialização em Acupuntura pelo Center AO, em convênio com a UNIFESP. Além disso, é membro do Corpo Docente da Alpha-APH em convênio com a Associação Paulista de Homeopatia (APH), professora convidada de diversas associações e instituições de ensino da Homeopatia, bem como, conferencista em inúmeros eventos relacionados (congressos, cursos etc.) e autora dos livros Os Miúdos. Pequenos Medicamentos em Pediatria Homeopática e O que você precisa saber sobre o Medicamento Homeopático, ambos da Editora Organon.

Câncer infantil – Precisamos falar sobre isso!

No começo do mês de setembro Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, da Clínica Similia – Homeopatia de qualidade em São Paulo – Região da Av. Paulista, participaram do XXXIII Congresso Brasileiro de Homeopatia. Um dos assuntos discutidos pela Dra Ana foi o Câncer Infantil. O Blog Homeopatia e Saúde bateu um papo com ela e vem explicar o que ela aprendeu no congresso.

Descobrir um câncer na família nunca é fácil, mas descobrir um câncer em uma criança é sempre devastador. Porém a recomendação principal da pediatra Dr. Ana Lucia Dias Paulo é investigar. “Um diagnóstico de câncer é difícil em qualquer idade. Pior ainda em se tratando de crianças. Mas é importante um diagnóstico preciso. Fazer os exames necessários, investigar profundamente para saber a dimensão da doença. Importante também é seguir à risca as orientações do médico”, recomenda Dra. Ana.

Relembre o que é câncer “Câncer é um nome genérico para um grupo de mais de 200 doenças

dest3Uma das orientações médicas atuais é ser o mais verdadeiro possível com o paciente. Mas cuidado ao dar a notícia para a criança, principalmente entre 2 e 6 anos de idade. Dra. Ana recomenda utilizar uma linguagem lúdica. “A criança deverá saber, pois precisará colaborar com exames e procedimentos que são desgastantes, mas é importante essa comunicação ser de forma lúdica, como jogos, figuras, estórias, etc.. Assim teremos a criança participativa do processo de cura e não depressiva achando que vai morrer”, aconselha a médica.

Outro ponto importante que o Blog Homeopatia e Saúde destacou da conversa com a médica pediatra e homeopata Dra. Ana Lucia Dias Paulo é sobre o aumento do número de casos de câncer infantil. Ela cita o pensamento do filósofo Alex Carrel que afirmava, já no século passado, que a humanidade conviverá com mais doenças degenerativas que infecciosas, em virtude do ritmo adotado de vida, principalmente nas grandes cidades. “Um dos aspectos principais, no meu ponto de vista, é que criança leva vida de adulto atualmente, com compromissos e pouco tempo para ser criança. Criança deve brincar, e muito. Além disso os hábitos alimentares são nocivos a qualquer idade, incluindo crianças”, explica a médica.

Homeopatia no apoio ao tratamento

A homeopatia ajuda o organismo a encontrar seu equilíbrio. Por isso pode ser utilizada no tratamento de qualquer doença. Mas vale lembrar que o acompanhamento de um médico especialista é necessário. “A homeopatia pode auxiliar em tratamento de diversas patologias, mas o êxito dependerá muito da vitalidade do paciente e da profundidade do acometimento patológico. Desta forma a homeopatia, de maneira conjunta aos tratamentos clássicos, pode auxiliar na melhor reação do organismo frente à patologia e, até mesmo, auxiliar o organismo infantil a reagir melhor aos diferentes tratamentos propostos”, ensina Dra. Ana Lucia.

Diagnóstico

Como explicamos no começo do texto, o diagnóstico de um câncer deve ser feito após exames, mas os responsáveis pela criança devem sempre observar o comportamento da criança. “Observar a criança, do ponto de vista físico e emocional e atentar a qualquer situação fora da normalidade. Uma criança que está caminhando em zig-zag, ou segurando a cabeça com sinal de dor por exemplo, são sinais de que há algo errado e deve-se procurar um médico para investigar”, salienta Dra. Ana.

A comunidade médica tem estado bem preocupada com a prematuridade e agressividade de patologias tidas como de adultos quando aparecem em crianças. É o caso do câncer, mas também transtornos metabólicos e vasculares. “A mensagem que eu gostaria de passar para os pais é amar profundamente as crianças, dar mais atenção e menos presentes. Brincar com seus filhos e dar uma infância livre de pressão e consumismo” termina Dra. Ana Lucia.

O Blog Homeopatia e Saúde é uma publicação da Clínica Similia – Homeopatia de qualidade em São Paulo – Região da Av. Paulista, vinculada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo.


Dra. Ana Lúcia Dias Paulo se graduou em Medicina em 1983 na Universidade São Francisco – CRM 47937. Atua profissionalmente na área de clínica médica e pediátrica desde 1984. É Especialista em Homeopatia pela Associação Médica Homeopática Brasileira em convênio com AMB e CFM, realizou o curso de Especialização em Acupuntura pelo Center AO, em convênio com a UNIFESP. Além disso, é membro do Corpo Docente da Alpha-APH em convênio com a Associação Paulista de Homeopatia (APH), professora convidada de diversas associações e instituições de ensino da Homeopatia, bem como, conferencista em inúmeros eventos relacionados (congressos, cursos etc.) e autora dos livros Os Miúdos. Pequenos Medicamentos em Pediatria Homeopática e O que você precisa saber sobre o Medicamento Homeopático, ambos da Editora Organon.