Tag Archives: cuidados

Como você trata da saúde?

Para manter-se o mais saudável é preciso cuidar da própria saúde, bem como manter hábitos que garantam o seu bem-estar. Isso pode ser conquistado com algumas mudanças na rotina, para isso é preciso eliminar alguns hábitos ruins e acrescentar outros melhores. Também é interessante ficar atento a qualquer tipo de alteração no organismo, afinal o nosso corpo fala.

Mas antes de tomar qualquer tipo de atitude é necessário conversar com um médico de sua confiança sobre como manter um estilo de vida mais saudável e evitar atividades que possam prejudicar a sua saúde.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, lista a seguir algumas atitudes que vão melhorar a sua saúde.

Beba muita água para manter o corpo hidrato.

Para de fumar. Esse hábito é muito prejudicial à saúde de seus pulmões, evite também a exposição a fumaça do cigarro.

Mantenha uma dieta balanceada e nutritiva, inclua fruta e vegetais na sua alimentação. Para manter uma dieta equilibrada não é preciso abrir mão das guloseimas, basta não exagerar no consumo dessas delicias.

Faça exercícios físicos todos os dias, se possível, ou pelo menos de três a quatro vezes por semana. Além de melhorar a mente e o humor a prática de exercícios ajuda o corpo a permanecer forte e resistente às doenças.

Evite bebidas alcoólicas. Beber afeta os órgãos vitais, independente da quantidade ingerida é um bastante hábito prejudicial à saúde.

Reduza a ingestão de sal, pois o sódio eleva a pressão arterial.

O sono não é bom só para o corpo, mas para a mente também. Afinal com o corpo e mente bem descansado podemos realizar coisas incríveis. Por isso ter uma boa noite de sono é essencial para o seu bem-estar. Segundo especialista um adulto precisa dormir de 7 a 9 horas por dia.

Reserve um tempo para curtir com a família, amigos, descansar, ou para fazer atividades que dão prazer.

Saiba mais sobre esse assunto no link: https://goo.gl/S3yV4r

TAGS: Saúde, Bem-estar, Cuidados, Exercícios físicos

Principais sintomas da ansiedade e síndrome do pânico

A ansiedade já é uma enfermidade vista como um dos vilões da vida moderna. Muitas pessoas sofrem por causa das pressões e correria próprias do mundo moderno. São diversos os sintomas que estão relacionados à ansiedade, assim como a síndrome do pânico, e para ajudar você a descobrir quais são eles, vamos listar alguns dos sintomas que estão ligados a ansiedade:

  • Falta de ar e sensação de sufocamento;
  • Dor no peito;
  • Palpitações, coração acelerado e batimentos cardíacos lentos;
  • Nó na garganta;
  • Crescimento de sentimentos suicidas e depressão;
  • Medo de morrer ou de perder o controle;
  • Agressividade;
  • Problemas para dormir (insônia);
  • Alteração na cor da pele (branqueamento);
  • Visão distorcida;
  • Sintomas parecidos com os da gripe;
  • Sudorese (suor excessivo);
  • Agitação e tremores visíveis ;
  • Alterações hormonais;
  • Dores no pescoço e ombro, bem como dormência na face ou na cabeça;
  • Dor de cabeça, sensação de que uma faixa está apertando ao redor da cabeça;
  • Espasmos e dor nos olhos;
  • Esvaziamento gástrico acelerado;
  • Azia, constipação, indigestão e diarreia;
  • Alucinações;
  • Agorafobia;
  • Erupções cutâneas;
  • Alfinetes e agulhas na pele;
  • Formigamento das mãos ou pés, fraqueza nos braços;
  • Boca seca;
  • Despersonalização;
  • Hiperatividade;
  • Maior sensibilidade a luz, som, tato e olfato;
  • Dor no rosto ou na mandíbula parecida com uma dor de dente;
  • Choques elétricos em qualquer parte do corpo.

Muitos desses sintomas também estão ligados a outros tipos de doenças, por isso não é preciso se desesperar. Consultar um médico ainda é o melhor caminho para o diagnostico e tratamento de possíveis doenças. Por isso consulte sempre um especialista.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, sabe como a ansiedade tem dificultado a vida das pessoas, por isso trouxe este artigo com a intenção de fazer um alerta sobre este assunto tão delicado. Para mais informações sobre o assunto acesse o link: https://goo.gl/rSovzf

TAGS: Ansiedade, Saúde, Cuidados, Síndrome do Pânico

Como a manicure pode enfraquecer suas unhas

Alguns dos problemas que levam ao enfraquecimento das unhas estão relacionados aos produtos usados em tratamentos estéticos, e a hábitos equivocados da manicure. Daniela Leal, médica e autora do livro “Pequeno livro da beleza”, tem algumas dicas do que pode e deve ser evitado para manter a beleza e a saúde das unhas.

Um dos hábitos mais comuns da manicure é utilizar a lixa para polir a camada mais superficial da unha, prática que Daniela não aconselha, pois essa técnica diminui a espessura da lâmina da unha, fazendo com que fique mais lisa e regular.

O uso do esmalte também prejudica a saúde das unhas, visto que seu uso acarreta enfraquecimento das unhas, surgimento de lascas, o aparecimento de pontos brancos, quebra frequente, e a onicólise (descolamento das unhas do dedo).

A médica ainda aponta a melhor maneira de lixar as unhas, segundo ela manter os cantos retos ou ligeiramente arredondados pode ajudar, já que arredondar completamente os cantos da unha colabora com a quebra e aumenta as chances de encravar.

Mais uma dica que a equipe do Blog Homeopatia e Saúde, blog informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, pesquisou para vocês.

Para matéria na íntegra: https://goo.gl/zwni0i

 

TAGS: Unhas, Manicure, Saúde, Cuidados, Enfraquecimento

Exames de rotina que toda mulher deve fazer

Prevenir ainda é o melhor método conhecido para manter a saúde em dia. Por isso visitar o ginecologista, no mínimo, uma vez por ano deve fazer parte da vida de toda mulher após a primeira menstruação.

Como sabemos da importância de manter a saúde em dia o blog Blog Homeopatia e Saúde, um cantinho dedicado à informação da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, vai compartilhar os principais exames de rotina que as mulheres devem fazer no decorrer da vida.

Hemograma, exame de urina, Glicemia, colesterol total e suas frações, triglicerídeos, TGO e TGP (avaliação da função hepática) e creatinina (avaliação da função renal), são exames de rotina que precisam marcar presença durante toda a vida da mulher.

Consultar o ginecologista periodicamente independente da idade é fundamental na vida de qualquer mulher.

 

Aos 20 anos (ou com o inicio das relações sexuais)

Apesar de alguns cuidados preventivos serem importantes antes mesmo do início das relações sexuais, o exame de Papanicolau é um exame obrigatório para aquelas que já têm relações sexuais.

 

Antes de engravidar

Neste caso os exames de rotina (como colesterol, glicemia dentre outros) precisam ser os primeiros da lista.

Além desse, o médico pode solicitar também uma histerossalpingografia (exame de raio-X realizado com contraste), e uma histeroscopia (exame endoscópico), que têm como objetivo fazer uma avaliação mais profunda do sistema reprodutivo.

Outros exames sugeridos são sorológicos, que analisam a imunidade em relação a certas doenças como citomegalovirose, toxoplasmose e rubéola.

 

Pré-natal

São os exames, extremamente importantes, realizados no decorrer da gravidez, que reduzem os riscos de doenças e inclusive a morte do bebê e da mãe. Aqui podemos destacar a tipagem sanguínea, hemograma, ultrassom transvaginal e pélvico e avaliação da função tireoidiana, além das sorologias (HIV, toxoplasmose, Sífilis, hepatites B e C e rubéola).

 

Aos 30 anos

Doenças ligadas ao aparelho genital feminino ainda são fundamentais neste período da vida. Assim a colpocitologia oncótica, colposcopia e a ultrassonografia precisam fazer parte da rotina.

A prevenção do câncer de mama, por meio de exame clínico e mamografia, pode ser necessário para mulheres que possuem histórico familiar nesta fase.

O exame de densitometria óssea, aquele que avalia a presença de osteoporose, também é recomendado pelo médico patologista Dr. Paulo Roberto.

 

Aos 40 anos

A mamografia passa a fazer parte dos exames de rotina da mulher, além da avaliação cardiológica.

 

Aos 50 anos

Com o início da menopausa aumentam os riscos da mulher desenvolver a osteoporose, por este motivo a densitometria óssea se torna muito importante. A manutenção de exames como Papanicolau, mamografia e exames de sangue são tão importantes quanto.

 

Aos 60 anos

Os exames continuam os mesmos, o que muda é a frequência. Prevenir a osteoporose, e a visita ao cardiologista para prevenir a hipertensão arterial e doenças do coração devem ser intensificados nesta fase.

 

Você encontra o artigo completo no link: https://goo.gl/n6hEqb

 

TAGS: Prevenção, Hipertensão, Mulher, Saúde, Cuidados

Atenção na hora de se refrescar

Por conta das temperaturas cada vez mais altas, ter um aparelho auxiliando a refrescar em casa não é mais artigo de luxo, mas de necessidade. Em meio à precisão, surge a dúvida dos pais: utilizar recursos para amenizar o calor como ar condicionado, umidificador ou o ventilador podem fazer mal à saúde da criança? A fim de auxiliar a manter a temperatura sem correr riscos, o blog Homeopatia e Saúde buscou mais informações sobre.

Vinculado à Clínica Similia, do Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, o blog Homeopatia e Saúde coloca como referência o que a OMS (Organização Mundial de Saúde) estabelece como adequado para a nossa saúde: é preferível que o índice de umidade esteja no mínimo em 60%. Caso esse número esteja em 30%, o sinal é de atenção. Abaixo de 20%, de alerta. Nessas situações o umidificador pode ser um grande aliado, apenas cuidado para que o ar não fique muito úmido.

Ar x Ventilador

Na briga entre ventilador e ar condicionado quem se sobressai é a realidade de cada família: no caso do ar condicionado, é importante saber que este resseca mais o ambiente, enquanto o ventilador vai ficar responsável pela circulação do ar, e por consequência também das partículas que podem desencadear uma crise alérgica. Portanto, o blog Homeopatia e Saúde recomenda que é imprescindível que os pais estudem o cotidiano da criança e da casa para adequar ao que melhor se encaixa à necessidade.

Confira mais informações sobre este assunto a seguir: https://goo.gl/SEJ72s

Coçar os olhos pode fazer mal para a vista

Não é intencional, mas quando percebemos, lá estão nossos dedos pressionando nossos olhos, em uma tentativa de coçá-los. A mania aparentemente inofensiva pode causar algum tipo de infecção no local ou então tornar mais grave uma deformidade na córnea, contribuindo para que aqueles que têm astigmatismo ou miopia tenham o grau aumentado. Para melhor te orientar sobre tais cuidados, o blog Homeopatia e Saúde, da Clínica Similia, pesquisou mais a respeito do assunto.

Quer saber o motivo desse agravamento? Nossos olhos são formados por fibras e, quando coçados, o efeito produzido é como se as fibras fossem esticadas. Ao fazer desse ato um hábito, o grau tanto da miopia quanto do astigmatismo vão aumentando, doenças essas desenvolvidas a partir de uma alteração na córnea chamada de ceratocone. Os sintomas mais aparentes disso são: vista borrada, deformidade de luzes e fotofobia ou então imagens duplicadas.

Saiba mais

Outros problemas desencadeados por esse toque são as inflamações, como a conjuntivite. Isso porque as bactérias que estão na mão são levadas diretamente aos olhos. Quer saber quais cuidados tomar e mais informações sobre como diagnosticar essas situações? Confira o material selecionado especialmente para sanar suas dúvidas escolhido pelo blog Homeopatia e Saúde, clicando aqui.

Dislexia e TDAH podem dificultar o aprendizado

A dificuldade de aprendizado assola uma parcela da população em fase escolar, e não raro os professores não estão preparados para lidarem com alguns tipos de fatores. A dislexia é um problema que afeta, no Brasil, 7% das crianças e, em sua maioria, do sexo masculino. Já o caso do déficit de atenção e hiperatividade acomete 4,4% dos jovens no País. São problemas diferentes, mas que impactam a vida escolar, social e familiar da criança e que requerem o devido cuidado. Você sabe diferenciar uma situação da outra?

Para identificar tais situações, o blog Homeopatia e Saúde, da Clínica Similia, levantou mais informações sobre esses distúrbios. Além disso, a Dra. Ana Lúcia Dias Paulo também esclareceu alguns pontos sobre o distúrbio da dislexia.

Dislexia

Mensalmente aproximadamente 2 mil pessoas buscam auxílio na Associação Brasileira de Dislexia (ABD) procurando informações sobre o problema, que é notado pelos pais geralmente quando a criança já ingressou na fase escolar. A partir das dificuldades de aprendizado é que percebem, então, que há algo que demanda mais atenção. Esse é o caminho percorrido por muitas pessoas na identificação do distúrbio e é a partir disso que se dá o início do tratamento para enfrentar os obstáculos.

“A dislexia não é uma doença, mas um distúrbio genético e neurológico, que independe da maneira da alfabetização da criança. Desta forma, precisa ser compreendida e principalmente aceita pelos familiares. Não é preguiça, mas os pais precisam saber que através de atitudes de amor e apoio, aliado ao envolvido de profissionais competentes, é possível oferecer à criança muito mais do que o entendimento de um texto e boas notas na escola”, destaca a pediatra e homeopata Dra. Ana Lúcia Dias Paulo, da Clínica Similia.

Os profissionais que podem auxiliar a criança nesse caminho são fonoaudiólogos, psicólogos e psicopedagogos, por exemplo. “É importante desenvolver em especial a autoconfiança do pequeno, auxiliando a ser um adulto equilibrado e principalmente feliz”, comenta a médica. Alguns sintomas nesse primeiro momento são mais comuns e podem te auxiliar na identificação. O blog Homeopatia e Saúde levantou alguns deles para que você possa se inteirar do assunto:

– Ao escrever, a criança une palavras que normalmente são escritas separadas e vice-versa, ou então troca as letras;

– A dificuldade de evoluir da letra de forma para a grafia cursiva é mais demorada e há mais dificuldade na coordenação motora fina – os garranchos nem sempre são normais;

– Algumas disciplinas tendem a ser mais difíceis, como a matemática, processos de decorar a tabuada ou então compreender o enunciado de alguma atividade;

– O entendimento do assunto é mais fácil ao ouvir que ler, e a criança se sair melhor falando que escrevendo;

– Desatenção e facilidade para dispersar de algum assunto são pontos frequentes;

– Pessoas com dislexia tem muita dificuldade de aprender um idioma como o inglês;

– Se o problema não é diagnosticado na infância, na fase adulta a pessoa passa a investigar o que há de errado e o que por ventura está atrapalhando seu desenvolvimento, seja ao prestar vestibular, no trabalho ou na faculdade;

Déficit de atenção

O Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) é caracterizado pela falta de atenção, inquietação e impulsividade da pessoa. É um transtorno que pode acometer tanto crianças quanto adultos, sendo que nos mais jovens a característica predominante envolve o comportamento. A consequência é um desempenho baixo na escola, suspensão ou expulsão de sala de aula, dificuldades em se relacionar com os próprios familiares ou colegas. É possível também desencadear quadros de depressão, ansiedade ou uma baixa autoestima.

Outros padrões que configuram o TDAH pode ser somado à falta de atenção em sala, brincadeiras e jogos, por exemplo. A hiperatividade também acompanha esse comportamento. É possível adquirir estratégias para que o distúrbio seja identificado logo cedo, a fim de prevenir que se agrave e também trabalhar de modo que essa situação não venha a prejudicar o andamento da vida da criança. Sem o diagnóstico devido até os 12 anos de idade, as consequências na vida adulta serão piores.

Incentivo

Por isso o blog Homeopatia e Saúde incentiva para que os pais ou responsáveis acompanhem desde cedo suas crianças para que o quanto antes esses sintomas sejam percebidos e tratados.

Dra. Ana Lúcia Dias Paulo se graduou em Medicina em 1983 na Universidade São Francisco – CRM 47937. Atua profissionalmente na área de clínica médica e pediátrica desde 1984. É Especialista em Homeopatia pela Associação Médica Homeopática Brasileira em convênio com AMB e CFM, realizou o curso de Especialização em Acupuntura pelo Center AO, em convênio com a UNIFESP. Além disso, é membro do Corpo Docente da Alpha-APH em convênio com a Associação Paulista de Homeopatia (APH), professora convidada de diversas associações e instituições de ensino da Homeopatia, bem como, conferencista em inúmeros eventos relacionados (congressos, cursos etc.) e autora dos livros Os Miúdos. Pequenos Medicamentos em Pediatria Homeopática e O que você precisa saber sobre o Medicamento Homeopático, ambos da Editora Organon.