Tag Archives: bem-estar

Qual a influência do seu irmão na sua vida?

Tem dias que eles são os nossos melhores amigos, em outros eles no deixam furiosos. Mas no geral, amamos os nossos irmãos e irmãs. Pesquisas mostraram que o nosso vínculo com os irmãos vão além dos almoços em família e das brigas por causa do controle remoto. Crescer ao lado de um irmão pode realmente impactar a nossa saúde mental e física, assim como pode ajudar a moldar a nosso comportamento futuro.

 Ter um irmão faz com que sejamos mais altruístas

Um estudo da Universidade de Brigham Young sugere que o irmão permite com que as crianças desenvolvam empatia. Os pesquisadores analisaram a relação entre irmãos em mais de 300 famílias e descobriram que um relacionamento de qualidade com um irmão pode promover a generosidade em adolescentes, principalmente em meninos.

Os irmãos podem melhorar nossa saúde mental

Ainda falando sobre a pesquisa realizada na Universidade de Brigham Young e chefiada por Laura Padilla-Walker, que por meio de análises também descobriu que a irmã, especificamente, tem o poder de impulsionar a saúde mental de um jeito que os pais não são capazes de proporcionar. Segundo os resultados independente da distância ter uma irmã ajuda os adolescentes em relação a sentimentos negativos como culpa, medo, solidão e falta de amor.

Até as brigas entre irmãos ajuda no controle das emoções.

O irmão faz com que sejamos mais felizes

Para muitas pessoas o convívio com o irmão significa ter suporte emocional, uma amizade mais profunda e muitos momentos de humor. Por isso não é surpresa que irmãos que mantém um relacionamento mais próximo têm mais chances de conquistar a felicidade no futuro.

Pesquisas identificaram ainda que pessoas mais velhas que têm irmãos possuem uma percepção moral mais elevada, pois os vínculos entre irmãos não é importante apenas para o nosso crescemos e desenvolvemos como indivíduo, mas também pode proporcionar benefícios ainda maiores para a nossa vida.

Os irmãos nos mantêm fisicamente bem

Relacionamento com os irmãos, ou amigos, pode nos ajudar a permanecer ativos. Se considerarmos a inspiração 43% das pessoas consideram que amigos e familiares exercem maior influência sobre sua saúde e estilo de vida. Assim como manter a boa forma ajudar a aumentar o vínculo entre irmãos, afinal quase um terço das pessoas com hábitos de vida saudáveis se distanciam daquelas que não compartilham do mesmo estilo de vida.

Irmãos ajudam a aumentar a expectativa de vida

Além de impulsionar a saúde mental e física os laços sociais mais forte podem ajudar a viver mais tempo, de acordo com uma pesquisa publicada pela revista PLoS Medicine. Pessoas com relações sociais pobres morrem 7,5 anos antes em comparação as pessoas que têm conexões sociais sólidas com amigos e parentes. Essa relação é a mesma que a observada entre pessoas fumantes e não fumantes.

Isso pode ter relação com o fato de que os cuidados dispensados com amigos e parentes nos inspiram a cuidar melhor de nós mesmo. Ou porque recorremos a amigos e parentes quando estamos passando por algum problema.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, trouxe mais essa matéria interessante que destaca a importância dos laços familiares para a nossa saúde e bem-estar, para mais informações acesse: https://goo.gl/zXUmWu

TAGS: Família, Irmãos, Saúde, Bem-estar

Como você trata da saúde?

Para manter-se o mais saudável é preciso cuidar da própria saúde, bem como manter hábitos que garantam o seu bem-estar. Isso pode ser conquistado com algumas mudanças na rotina, para isso é preciso eliminar alguns hábitos ruins e acrescentar outros melhores. Também é interessante ficar atento a qualquer tipo de alteração no organismo, afinal o nosso corpo fala.

Mas antes de tomar qualquer tipo de atitude é necessário conversar com um médico de sua confiança sobre como manter um estilo de vida mais saudável e evitar atividades que possam prejudicar a sua saúde.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, lista a seguir algumas atitudes que vão melhorar a sua saúde.

Beba muita água para manter o corpo hidrato.

Para de fumar. Esse hábito é muito prejudicial à saúde de seus pulmões, evite também a exposição a fumaça do cigarro.

Mantenha uma dieta balanceada e nutritiva, inclua fruta e vegetais na sua alimentação. Para manter uma dieta equilibrada não é preciso abrir mão das guloseimas, basta não exagerar no consumo dessas delicias.

Faça exercícios físicos todos os dias, se possível, ou pelo menos de três a quatro vezes por semana. Além de melhorar a mente e o humor a prática de exercícios ajuda o corpo a permanecer forte e resistente às doenças.

Evite bebidas alcoólicas. Beber afeta os órgãos vitais, independente da quantidade ingerida é um bastante hábito prejudicial à saúde.

Reduza a ingestão de sal, pois o sódio eleva a pressão arterial.

O sono não é bom só para o corpo, mas para a mente também. Afinal com o corpo e mente bem descansado podemos realizar coisas incríveis. Por isso ter uma boa noite de sono é essencial para o seu bem-estar. Segundo especialista um adulto precisa dormir de 7 a 9 horas por dia.

Reserve um tempo para curtir com a família, amigos, descansar, ou para fazer atividades que dão prazer.

Saiba mais sobre esse assunto no link: https://goo.gl/S3yV4r

TAGS: Saúde, Bem-estar, Cuidados, Exercícios físicos

Cobertor que reduz a ansiedade e o estresse

Todos nós já ouvimos falar sobre a importância de uma boa noite de sono, o quanto uma noite de sono de qualidade auxilia na saúde e bem-estar de nosso corpo. A falta de sono faz com que não rendemos tão bem durante o dia, atrapalha o nosso humor, dentre outras coisas que acabam por minar a nossa saúde mental e física.

Quem não gostaria de ter um coberto que promete reduzir a ansiedade, o estresse e ainda melhorar a qualidade do sono? Principalmente aqueles que sofrem por causa da insônia. Pois bem, esse cobertor existe e pretende ser a solução para quem tem uma vida muito agitada e por isso sente dificuldades para relaxar e dormir.

John Fiorentino um designer americano foi quem desenvolveu o produto, batizado de Gravity o coberto possui propriedades terapêuticas, e precisa ter um peso equivalente a 10% do peso de seu usuário, essa característica é fundamental porque isso permite uma leve compressão em regiões estratégicas do corpo. Já que a pessoa precisa se sentir envolvida pelo cobertor.

Fiorentino explica ainda que o peso do coberto sobre o corpo aumenta a quantidade de seratonina e melatonina no organismo, além de diminuir os níveis de cortisol, essas qualidades do produto faz com que a pessoa relaxe e pegue no sono mais rápido.

O Gravity está disponível em três opções de tamanho: para pessoas que pesam de 45 a 69 kilos, de 70 a 90 kilos e para pessoas que pesam acima de 90 kilos.

Como ainda é um projeto o Gravity está sendo comercializado somente numa plataforma de financiamento coletivo, o KickStarter, ele pode ser adquirido por um valor a partir de 169 dolares, mais despesas de envio.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, com o propósito de informar trouxe este artigo até você, para mais informações acesse o link: https://goo.gl/Wg5h5M

 

TAGS: Cobertor, Ansiedade, Estresse, Bem-estar, Insônia

O poder do choro

Chorar pode ser muito positivo e libertador. O Blog Homeopatia e Saúde, uma publicação da Clínica Similia – Homeopatia de qualidade em São Paulo – Região da Av. Paulista, vinculada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, selecionou um artigo sobre como chorar pode evitar o ganho de peso e reduzir o estresse. Confira!

 

Um estudo realizado em Minnesota, nos Estados Unidos, pelo Centro Médio St. Paul-Ramsay, comprovou que as lágrimas expulsam hormônios relacionados ao esgotamento emocional ou físico.

Prolactina, encefalina, andrecorticotrófico e leucina são hormônios que o corpo produz em situações de muito estresse e que são eliminadas pelo choro juntamente com as lágrimas.

Ao ser liberado, o andrecorticotrófico ajuda a reduzir os níveis de cortisol, hormônio relacionado com o nervosismo, o pânico e a ansiedade. Expelir essa substância faz com que a sensação de bem-estar aumente e pode evitar o ganho de peso.

Por que isso acontece? A explicação científica é que quando os níveis de cortisol estão muito elevados, existe uma sobrecarga nas glândulas suprarrenais, fazendo com que o corpo retenha mais líquido e acumule gordura – possibilitando o inchaço e ganho de peso.

Por isso, não segurar o choro é o ideal. Afinal, ele é um grande aliado do bem-estar do seu metabolismo, seja no quesito emocional ou físico. Para ler mais a respeito, veja a matéria na íntegra:

 

Como a temperatura do seu escritório pode causar problemas de saúde e disposição

A disputa do controle do ar-condicionado pelo conforto térmico é velha conhecida dos friorentos e calorentos que trabalham em escritório. O que muitos não sabem é que efetivamente existem normas de funcionamento que devem ser seguidas para evitar problemas de saúde.

Tanto a alta quanto a baixa temperatura, quando não equilibradas às necessidades do corpo, podem causar uma série de problemas, não só na disposição dos funcionários, como também na tomada de decisões e na saúde em geral.

Transpiração, irritabilidade e fadiga, por exemplos, são sintomas comuns entre os “calorentos” quando a temperatura está acima do aceitável. Por outro lado, ambientes muito frios exigem maior gasto energético do metabolismo para se adaptar à temperatura e podem afetar diretamente a produtividade dos funcionários.

Um estudo da Universidade Cornell (EUA), realizado em 2004, concluiu que os funcionários são propensos a cometer mais erros em ambientes com temperaturas muito baixas. E constatou que, quando a temperatura passava de 20ºC para 25ºC, caíam em 44% os erros de digitação e a produtividade ultrapassava a marca de 100%.

Além disso, temperaturas muito geladas podem propiciar o surgimento de infecções respiratórias e piorar quadros de alergia através do ressecamento das vias respiratórias. Contudo, alterar drasticamente a temperatura, alternando entre frio e calor também não é a solução e pode ser igualmente prejudicial. O ideal seria manter uma temperatura ambiente, em consenso com todos os colegas de partilham o ambiente de trabalho.

Leia a matéria na íntegra em: https://goo.gl/xCn6aG

Reduza o consumo de açúcar em 5 passos

Difícil resistir ao hábito de comer um docinho após o almoço, não é mesmo? Quando a TPM está próxima também, é complicado resistir a um chocolate. No entanto, você sabia que o consumo excessivo do açúcar pode causar dependência? Recentemente o Ministério da Saúde divulgou um estudo que mostra que um a cada cinco brasileiros ingere algum tipo de doce por cinco ou mais vezes diariamente. Quando verificamos a faixa etária dos 18 aos 24 anos, 30% deles comem doces todos os dias.

Esse estudo foi realizado com o objetivo de alertar sobre os malefícios desse hábito e, pensando em difundir essas informações, o blog Homeopatia e Saúde, da Clínica Similia, foi buscar mais dados sobre o assunto. O consumo exagerado está ligado à obesidade e é necessário se controlar. Para contornar esse desejo de ingerir açúcar diariamente, é possível adotar algumas estratégias para reduzir essa vontade.

Cinco passos
Pensando na sua saúde, confira cinco dicas escolhidas para te ajudar a diminuir o consumo. Uma dessas sugestões é distribuir bem as calorias ingeridas ao longo do dia, comendo de três em três horas, sem pular as principais refeições que são: café da manhã, almoço e janta. Isso porque quando esse equilíbrio não é alcançado, o organismo tende a compensar, fazendo com que a vontade de comer doces ou carboidratos aumente, em especial durante a noite.

Saiba mais
Quer conferir as outras quatro dicas? Veja a reportagem selecionada pelo blog Homeopatia e Saúde sobre este conteúdo clicando aqui.

Confira os benefícios do colesterol bom

Falar de colesterol geralmente está ligado a mais uma porção de questões, como se o nível está alto, baixo, LDL, HDL, triglicerídeos e, claro, o colesterol bom. Constantemente nos deparamos com inúmeras informações a respeito da cada uma dessas siglas e o significado de cada item e isso pode nos confundir. Pensando em esclarecer esse assunto, o blog Homeopatia e Saúde, da Clínica Similia, apresenta nessa postagem mais informações sobre o que pode até causar dúvidas, mas é benéfico para nossa saúde: o colesterol bom.

Também chamado de HDL, ou High-density Lipoprotein, este componente exerce a função de remover o colesterol ruim, que é o LDL (Low Density Lipoprotein), do organismo – o caminho percorrido o leva até o fígado, onde é metabolizado e, por fim, removido do corpo. Em outras palavras, ele é bom porque quando o colesterol HDL está circulando em nossa corrente sanguínea, é capaz de captar a gordura que está em excesso e transportar até o fígado, onde se transforma em bile.

Tachado como inimigo, há o lado positivo do colesterol, principalmente porque este é o componente ligado ao metabolismo, à produção de alguns hormônios e cortisol, além de que é também o responsável por envolver todas as células do corpo através das membranas. Por isso o blog Homeopatia e Saúde, da Dra Ana Lucia Dias Paulo e do Dr Ariovaldo Ribeiro Filho levantou dados sobre como aumentar o colesterol bom e alimentos que contribuem para esse processo.

Aumentar o HDL

A partir da alimentação é possível aumentar o nível de colesterol bom. A recomendação é simples: manter uma alimentação saudável, deixando de lado o consumo de açúcar em excesso e outros alimentos que apresentem gordura trans. Em contrapartida, para o benefício da saúde, recomenda-se aumentar a ingestão de ômega 3, 6 e 9, que podem ser encontradas em alguns peixes, como o salmão, a sardinha e o atum. A frequência é consumir esses alimentos por três vezes na semana.

Além disso, manter a atividade física com essa mesma frequência também é de suma importância para desenvolver o sistema cardiovascular, fazendo com que a gordura do corpo seja queimada e, por consequência, reduzindo a gordura que pode estar na corrente sanguínea. Quando o colesterol ruim está alto e o bom, baixo, uma das formas de tratamento também consiste na medicação para alcançar o objetivo mais rapidamente.

Alimentos

O colesterol em nosso organismo se origina de duas formas, sendo ela o produzido pelo fígado ou o que é adquirido por meio da ingestão dos alimentos. Outros alimentos que o blog Homeopatia e Saúde pesquisou contribuem com o colesterol bom, diminuindo o ruim, podem ser acrescentados ao cardápio, como a berinjela, o azeite extra virgem, morango, abacate e a ingestão de fibras solúveis. Ao ingerir frutas como maçã, ameixa, pêra ou pêssego, procure comer com a casca. Alimentos que são ricos em colesterol devem ser evitados, são eles: manteiga, polvo, camarão e até mesmo a gema do ovo deve ter o consumo moderado. Boas fontes de gordura que podem ser consumidas são: azeitona, semente de girassol e abacate.

Quem sofre com o elevado nível de colesterol ruim deve evitar ao máximo o consumo de carnes vermelhas, bacon, margarina, biscoitos recheados, salgadinhos, frituras, creme de leite – se preferível, cortar esses alimentos da dieta.

Níveis

Essas medidas são utilizadas para avaliar o risco de problemas cardiovasculares, por isso seu acompanhamento e manutenção são importantes. Quando o LDL está abaixo de 100 mg/dl, esse nível é considerado ótimo e, para grande parte das pessoas, ter menos de 130 mg/dl é um valor aceitável e passa a ser preocupado quando ultrapassa os 160 mg/dl. Quando o HDL está abaixo de 40 mg/dl, o risco de uma doença cardiovascular aumento – maior de 60 mg/dl é considerado ótimo.

Risco do colesterol ruim

Quando tanto o LDL quanto o VLDL estão em alta concentração, passam a depositar gorduras nas laterais dos vasos sanguíneos, formando placas. Esse processo tem um nome específico, que é aterosclerose: quando as moléculas de colesterol circulam em busca de um tecido que necessite de sua atuação para o bom funcionamento, mas não encontra, então fica depositado na parede dos vasos. Isso contribui para a obstrução do mesmo, influenciando inclusive no transporte de nutrientes aos tecidos do corpo. Uma vez que esse processo ocorre em uma artéria do coração (artérias coronárias), a consequência é um infarto.

Tirar férias é uma questão de saúde

saúde, homeopatiaNo Brasil, a cada 12 meses trabalhados o colaborador de qualquer empresa que tenha a carteira registrada possui o direito de tirar 30 dias de férias. Esse período de descanso, devidamente remunerado, em alguns casos pode ser fracionado, com duas saídas de 15 dias, por exemplo: a pessoa descansa duas semanas em um mês e as outras duas semanas podem ser utilizadas em outro período a escolha do trabalhador.

Cada empresa organiza isso da maneira que lhe convém e também convém ao trabalhador, mas o mais importante é que o profissional folgue o que lhe é de direito. Não pense em vender as férias nessa hora. Sabe o motivo? Sua saúde.

Se você passa a insistir em trabalhar muitos períodos sem tirar férias, sua saúde por consequência começa a ficar debilitada. A primeira consequência de muitos meses sem uma pausa para “respirar” é o cansaço provocado pela rotina de trabalho, seguido do estresse consequente do desgaste das relações com as pessoas do mesmo ambiente.

O blog Homeopatia e Saúde, da Clínica Simília, coordenada pelo Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, elencou alguns dos problemas ocasionados pela sobrecarga de trabalho sem pausas para descanso: o principal é o desencadeamento de doenças cardiovasculares.

Você sabia que é possível prevenir esse tipo de doença somente com esse descanso prolongado? Isso porque esses dias de férias deixam a cabeça mais tranquila, faz com que o trabalhador fique mais calmo e por consequência o coração não sofre tanto assim. Quando nos empenhamos em nossas atividades profissionais exaustivamente, o corpo é exigido a ponto de chegar no limite do trabalho intelectual e também físico. Isso gera frustração, cansaço generalizado, indisposição, além de desestabilizar a capacidade de produção de qualquer pessoa.

 

Resultados

As doenças de cunho psicológico e desencadeadas por um estado de saúde emocional desestruturado também são situações recorrentes. O simples fato de se desligar do ambiente de trabalho, o que pode parecer tão difícil para alguns, tem caráter tão importante quanto uma meta para que todos os colaboradores atinjam na empresa, por exemplo. Sabe o motivo? É o trabalho humano que desencadeia as ações de qualquer organização. Cuidando desse aspecto é possível ter profissionais mais ágeis e que produzem melhor. Corpo e mente precisam aliviar a tensão, não somos máquinas de produzir em massa.

Manter pessoas felizes dentro de uma corporação é agir pensando no futuro, pois o profissional que está descansado e com a cabeça arejada é aquele que tem disposição para buscar melhores resultados. Quando o contrário acontece, e há pessoas cansadas, consequentemente a qualidade do que é produzido decaí. Incentivar que as pessoas tirem férias é se importar com o bem-estar do trabalhador e também da empresa. É preciso que tais interesses caminhem lado a lado.

 

Metas pessoais

Claro que o trabalho é importante, mas é saudável que as pessoas tenham atividades que vão além disso, como um hobby ou aquelas atividades que te dão prazer e você nunca tem tempo para realizar. Ao se ausentar por um tempo do ambiente de trabalho, é possível aproveitar o período ocioso para trabalhar nessas questões. É importante descansar também para recarregar as energias gastas durante o período de trabalho: as férias são imprescindíveis para que o profissional retorne com mais disposição, foco, ideias e criatividade para desenvolver as atividades cotidianas do serviço.

férias, homeopatia

 

Organização

Viajar, conhecer novas pessoas, novos lugares, novas culturas. Além de afastar as preocupações vinculadas à qualquer rotina, o fato de se dispor a conhecer novos horizontes colabora de maneira positiva para a recarga de energia. Uma dica importante é se desligar realmente no período de férias, evitando atender o telefone, responder a grupos de Whatsapp, consultar e-mails corporativos durante esse período. Para isso é também ideal deixar todo o seu trabalho organizado para que, durante sua ausência, outra pessoa possa responder às suas responsabilidades e você não se preocupe sobre o que está acontecendo no local de trabalho.

Também se preocupe em programar-se financeiramente para essa fase, uma vez que o valor referente às férias é disponibilizado antes de sair para os dias de descanso – até que a rotina volte ao normal, você ficará um tempo sem receber o salário por conta disso. Após deixar tudo organizado, saia de férias sem medo e curta esse período necessário para estabilizar qualquer motivação dos colaboradores. Tirar férias é respeitar sua saúde e evitar sobrecarga de trabalho, dedicando-se algum tempo para seu planejamento pessoal.

Intestino e Depressão

homeopatia e Saúde
A expressão “enfezado” vem do latim e quer dizer, cheio de fezes. Isso é apenas uma observação importante para termos em mente o quanto o intestino pode afetar nossa “mente”. Segundo pesquisadores da universidade de Columbia, nos EUA, que o intestino tem um sistema nervoso autônomo com uma vasta rede de 100 milhões de neurônios e neurotransmissores de montão.

O site psicologias do Brasil, traz um texto que conta a importância da limpeza do intestino para combate à depressão.

O texto garimpado pela equipe do Blog Homeopatia e Saúde e dos Doutores Ariovaldo Ribeiro Filho e Ana Lucia Dias Paulo afirma: trate bem do seu intestino, mantenha-o trabalhando sem atravancos, alimente-se saudavelmente que você terá saúde tanto emocional quanto física.

Leia o texto na íntegra – http://goo.gl/kY2eFg

Como limpar o umbigo do recém-nascido?

Após qualquer criança nascer, o cordão umbilical, ligação responsável pela transferência de nutrientes e oxigênio para manter o bebê vivo no útero da mãe, é cortado. O pedacinho que fica no local, de no máximo 3 cm, é chamado de coto umbilical. Por um período de até 15 dias, esse pedaço vai ficar seco, escurecer e cair – no entanto, até que isso aconteça, é muito importante ficar atento à higienização para manter a saúde do neném.

homeopatia e saúdePrimeiramente, o local deve permanecer limpo e seco – somente assim ficará livre de infecções. Você sabe como manter a limpeza adequada? O blog Homeopatia e Saúde levantou informações relevantes para esse processo. O ideal é limpar o local depois de dar banho na criança. Nessa etapa, tenha em mãos uma haste flexível, umedeça com álcool 70% para poder fazer a higiene correta.

Ao redor do umbigo, faça movimentos circulares e não se preocupe em machucar o bebê: o coto umbilical não possui terminações nervosas, portanto não há dor. Depois que cair, é importante que os pais continuem com uma limpeza adequada a fim de manter o umbigo realmente livre de infecções. Quer saber mais informações sobre este assunto? Confira o conteúdo separado pelo blog Homeopatia e Saúde: http://goo.gl/BAoJ26

Estresse – Saiba o que causa e como enfrentá-lo

estresse similia homeopatia_1Atualmente é difícil não ouvir em algum momento a palavra “estresse” – quando não o sentimos, estamos em contato constantemente com pessoas que passam por essa sensação tão inerente à vida moderna. Com o intuito de trazer mais informações sobre esse estado tão comum nos dias atuais, o Blog Homeopatia e Saúde e os doutores Ariovaldo Ribeiro Filho e a Ana Lúcia Dias Paulo, da Clínica Similia, selecionaram dados para que você entenda melhor esse assunto.

Por que nos estressamos?

Ao longo do dia, várias situações podem despertar essa irritabilidade: a falta de fluidez no trânsito, desemprego ou falta de estabilidade no trabalho, medo da violência que nos cerca, entre outros fatores. Tenha ciência que: o estresse não é ruim em sua essência, uma vez que funciona como importante ferramenta de manutenção da nossa vida.

É muito comum usarmos essa expressão ao passarmos por um dia muito atarefado, com muitos compromissos ou quando estamos lidando com muita responsabilidade.

Mas você sabe, de fato, o que é o estresse?

Este estado é consequência de um mecanismo fisiológico responsável pela sobrevivência do homem e também dos animais ao longo dos anos.

Isso porque nossos ancestrais, quando se deparavam com alguma situação de perigo, precisavam reagir rapidamente. Correndo para se esconder ou enfrentando. Independente da escolha, isso ocasiona alguns reflexos: há uma aceleração nos batimentos cardíacos, uma vez que se torna necessário mais sangue ser bombeado para o organismo. Os músculos requerem mais energia e também ocorre aumento da pressão arterial e do ritmo da respiração.

Como isso se aplica nos dias atuais?

Os tempos mudaram e também os problemas enfrentados – mas não deixamos de enfrentar situações de risco no dia a dia. Essa reação se dá diante de pressões do cotidiano frente ao trabalho, por exemplo. O estresse continua sendo uma resposta do nosso corpo em uma situação de perigo. As reações podem ser externas, internas, agudas ou crônicas.

estresse similia homeopatiaExternas: se verifica por meio de condições físicas, como por exemplo sentir dor, sensação de frio ou calor intensa. Mudanças que exigem uma adaptação relativamente rápida, como um divórcio, a chegada de um filho, alteração profissional, perder pessoas próximas, entre outros.

Internas: gera igualmente reações físicas e psicológicas e são desencadeadas pela própria pessoa, como exigir muito de si mesma, ser perfeccionista, assumir muitos compromissos, etc.

Agudo: se manifesta imediatamente diante de uma situação que pode ser considerada de perigo.

Crônica: se exposto frequentemente a momentos de risco que despertam essa sensação, a pessoa pode desenvolver estresse crônico. Esse caso pode ser desencadeado pela pressão do trabalho, problemas financeiros, insegurança ou solidão e problemas no relacionamento são alguns exemplos.

Conheça os sintomas

Não pense que o estresse só desencadeia um lado negativo para o organismo: quando aplicado em algumas atividades, pode aumentar a capacidade física, favorecer o raciocínio, o poder de concentração e a memória. No entanto, os efeitos negativos merecem atenção, principalmente porque ninguém fica doente do estresse em um curto período, mas a partir do acúmulo de situações. Quem dá a resposta que as coisas não vão bem é o próprio corpo:

– Além da alteração no sono, o indivíduo passa a ter uma sensação constante de desgaste;

– Isso gera consequentemente uma alteração de humor;

– Há tensão muscular, problemas de pele e formigamento em alguma parte do corpo;

– Ansiedade, depressão e perder o interesse por atividades antes cotidianas;

– Atente-se ao seu apetite: se diminuiu ou aumentou;

– Uma pessoa com estresse crônico apresenta problemas de memória, atenção e concentração;

– Afora a elevação da pressão arterial, situações constantes de estresse oferecem maior risco de derrame e uma diminuição na imunidade, o que pode facilitar a aparição de infecções ou doenças.

– Pode haver distúrbios gastrointestinais, e a pessoa ter diarreia ou constipação.

estresse similia homeopatia_2

 

Saiba como lidar com o estresse

O blog Homeopatia e Saúde reuniu informações para você que quer combater os sintomas e consequências do estresse. Leve em consideração que para enfrentar esse problema, inúmeros fatores devem estar associados para uma melhor eficácia. Outra dica primordial do Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lúcia Dias Paulo é a procura por um acompanhamento profissional de um médico ou psicólogo para melhor identificar o grau de estresse, as manifestações físicas e então indicar um melhor tratamento.

Mantenha uma dieta balanceada e dê preferência a alimentos saudáveis. Evite o uso frequente do álcool, cigarro e café. Mantenha uma rotina de exercícios: esta é uma potente ferramenta para te distrair e liberar endorfina, responsável pela sensação de bem-estar. Busque técnicas de relaxamento através da respiração, meditação ou massagem. Não esqueça de reservar momentos de lazer. Manter o senso de humor para lidar com as situações do cotidiano também é um instrumento a ser considerado, pois dar risada auxilia no alívio da tensão.

Como seus pensamentos afetam sua saúde?

Muito se fala sobre como manter o pensamento positivo e o bom humor afetam a nossa saúde. O Blog Homeopatia e Saúde foi atrás de informações para provar que vale a pena para a saúde ser otimista. Leia o texto e divulgue, vamos espalhar as boas notícias.

Nos últimos anos, a sociedade parece estar tentando uma volta aos costumes e atitudes mais simples e com mais conexão à espiritualidade e a fé, talvez por ter observado o quanto possa ser massacrante um estilo de vida apressado e ambicioso, cuja única finalidade de se estar vivo é alcançar riqueza e sucesso.

Nessa trajetória desumana e completamente materialista rumo ao sucesso, acontecem situações e dramas que não esperávamos, normalmente ligadas à saúde devido ao estilo de vida, stress e ausência de bem-estar.

Pensamento: a energia que nós produzimos.

pensamento positivo - similia homeopatiaQuando pensamos colocamos nossa atenção em algo. E nosso cérebro se ativa através de cargas elétricas. Essas cargas elétricas dão origem a ondas eletromagnéticas, que se propagam pelo ar e até mesmo através de meios sólidos. Sabemos que tudo no universo é formado por átomos que são formados por um núcleo e uma região denominada eletrosfera, composta por partículas em movimento: os elétrons. Os diferentes tipos de matéria são resultados da quantidade de carga e da forma com que os átomos se agregam.

Para entendemos um pouco melhor sobre o funcionamento do cérebro, vamos pensar num aparelho de rádio, eles transmitem sinais elétricos através do ar, você não vê as ondas do rádio, mas basta ligá-lo para perceber seus efeitos. Da mesma forma, quando pensamos, a movimentação de cargas presentes em nosso cérebro dá origem a ondas eletromagnéticas que são transmitidas para o meio.

Provavelmente você já ouviu falar de um exame chama eletroencefalograma, nele alguns eletrodos são colocados à cabeça e captam ondas emitidas pelas atividades cerebrais, essas ondas não se limitam à superfície do crânio e se propagam pelo ar, ou seja, no meio onde vivemos estamos expostos a sinais de rádio, TV, ondas sonoras, sinais luminosos e também a ondas de PENSAMENTOS.

O pensamento positivo é só uma força que fazemos imaginando uma melhora naquilo que precisamos?

pensamento positivo similia homeopatiaAgora que você já entendeu como o pensamento afeta e como somos afetados pelos pensamentos, vamos entender como o pensamento positivo pode ser benéfico.

Enquanto pensamos além das ondas que externamos, também estamos produzindo centenas de sinapses cerebrais, que estão mandando sinais nervosos dentro de nosso cérebro, fazendo nossos neurônios dançar um tango enquanto trocam informações e mandam respostas em formas de sensações, tais como imagens, cheiros, lembranças, cores, sons.

Nosso cérebro é capaz de decodificar uma imagem revelando um cheiro característico, um sabor ou outra emoção qualquer, apenas com um pensamento. Se o pensamento que originou a imagem que trouxe a lembrança que por sua vez revelou a emoção foi bom, todas as respostas conseqüentes serão boas. Isso é pensamento positivo!

A ciência reconhece a influencia do pensamento positivo.

Os estudos acadêmicos direcionados a entender em como ter uma conduta positiva pode influenciar e até mesmo modificar alguns aspectos da vida, ainda são poucos, mas muitos profissionais da área médica recomendam e apóiam seus pacientes a encararem seus problemas sob uma visão otimista e positiva.

Neurocientistas afirmam, através de estudos e pesquisas, que nosso cérebro é capaz de influenciar nosso organismo e especialistas de outras áreas médicas já associam problemas de saúde com pensamentos. Há diversos livros e estudos psicológicos e de metafísica que associam traumas e situações que vivemos ou que guardamos com problemas de saúde.

A homeopatia é um ramo da medicina que ouve o paciente e trata também esses pensamentos e sentimentos para buscar a cura. No texto “Constelação Familiar Sistêmica”, publicado aqui no Blog Homeopatia e Saúde, Dr. Adalberto Salvatore Meira explica que “ grande parte – senão a totalidade – das doenças que manifestamos são de causas emocionais. Mas quando essas emoções não são tratadas, essas “causas” não são descobertas, a manifestação da doença retorna”. Tratar o pensamento, ou seja, descobrir a causa que manifesta a doença ajuda na sua cura.

Da mesma forma que o pensamento negativo, ou o sentimento negativo, como culpa, ansiedade, magoa faz mal pra saúde e desencadeia doenças, o contrário também tem muito poder: o otimismo é capaz de melhorar o sistema imunológico de uma pessoa.

A Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, comprovou  através de um estudo onde pessoas otimistas  que pensam positivamente sobre tudo, tem um sistema imunológico muito mais fortalecido e são capazes de se curarem mais rapidamente do que aqueles pessimistas cuja visão geralmente é negativa.

Não é mágica. Além do pensamento que é capaz de guardar o corpo dos problemas, as pessoas otimistas tendem a se cuidar melhor, preferem uma alimentação mais saudável e seus períodos de tristeza ou aborrecimentos são mais curtos, o que influencia na resposta de uma boa saúde.

Pensar positivo é motivador

pensamento positivo similia homeopatiaQuando estamos positivamente influenciados, nossa motivação é maior e assim, uma cadeia de sentimentos inspiradores e bons se forma, causando bem-estar, esperança e tranqüilidade. E afinal, otimismo serve para isso mesmo: produzir bem-estar e trazer ao indivíduo paz interior.

Pessoas com uma visão otimista tendem a não agirem como vítimas das circunstâncias, tomam o controle de suas vidas e mesmo que fracassem, conseguem se reerguer sem que culpem outras pessoas ou situações. É claro que estamos falando sobre positivismo de uma forma adulta e realista e não se trata de uma espécie de jogo do contente (vide Pollyana): os otimistas sabem que a vida é feita de altos e baixos, e esperam sem desespero pela subida sempre que estão embaixo.

Fábrica de Bem-estar: produzindo otimismo e positividade

Para quem deseja mais doses de positivismo, é possível desenvolver um ciclo de pensamentos bons e otimistas através de pequenos truques, tão simples que muitas vezes esquecemos: condicionar o que traz prazer e alegria como um hábito diário.

Uma boa dica é perceber que nossos sentimentos provocam pensamentos em nós. Então os sentimentos positivos são capazes de nós curar ou nós manter na saúde. Quando estiver triste, ouça uma música que te alegre, pratique um esporte que te faça sorrir. Busque ficar ao lado de pessoas que você ame e que te tragam bons momentos. Assista filmes para rir. O sorriso libera o sentimento positivo e o cérebro vai sintonizar com o que é de bom.

E qual a importância desses gatilhos mentais que provocam alegria?

Serotonina e endorfina são dois hormônios responsáveis pela sensação de alegria e bem-estar, ambos liberados com mais intensidade quando estamos envolvidos em atividades que trazem prazer, logo, um ciclo benéfico se forma: atividade de prazer=alegria=otimismo. Trabalhar na motivação e no otimismo é possível até mesmo para o mais pessimista da face da Terra, e assim é possível modificar uma realidade pouco satisfatória em busca de uma atitude mais positiva.

Não deixe de conversar com seu médico a respeito disso, principalmente se sentir alguns sintomas de depressão ou negativismo.

 

Os Benefícios da Massagem

O blog Homeopatia e Saúde, da Clínica Similia está sempre buscando temas que tratem de homeopatia, saúde e bem-estar. Por isso hoje vamos desmistificar esse tema, que conta com a sabedoria e técnica mais antiga que a cultura ocidental. Brindemos os benefícios da massagem.

A palavra massagem (massoterapia) vem do grego “masso” que significa “amassar” e o termo terapia vem da palavra “therapy”, ou seja, estamos falando de uma forma de tratamento que é realizado através da massagem. O uso da massoterapia estaria relacionado às civilizações antigas que faziam parte do Oriente. Hipócrates (460 a 377 a.C.), considerado o pai da medicina, já utilizava a massagem como uma ferramenta terapêutica em seus pacientes.

historia-e-origem-da-massoterapiaCom uma técnica tão antiga, os benefícios podem ser comprovados ao longo de milênios.

Segundo um estudo realizado pelo Centro Nacional de Medicina Complementar e Alternativa, uma divisão do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos, uma boa massagem faz mais que apenas relaxar seus músculos:

– Fortalece o sistema imunológico

– Reduz a ansiedade

– Combate a depressão, pois promove a sensação de bem-estar

– Combate o estresse

– Estimula a circulação sanguínea e linfática

– Reduz a tensão e dor muscular

– Elimina toxinas e resíduos metabólicos

 

Mas como?

O poder do toque e manobras realizadas na massagem é capaz de fortalecer o sistema imunológico do corpo, responsável por nossa defesa contra doenças. Durante uma sessão de massagem, o cortisol, hormônio liberado pelo organismo quando ficamos estressados, sofre uma redução considerável, o que ajuda muito a combater o estresse da vida moderna. Também durante a massagem, há o aumento da dopamina, neurotransmissor responsável pela sensação de prazer, o que explica a sensação de relaxamento e bem-estar após uma sessão de massagem.

massagemmasc

 

Ver para crer

Mas há quem precisa de comprovação científica para acreditar nos benefícios citados. Uma pesquisa desenvolvida em Los Angeles, pelo Centro Médico Cedars-Sinai, testou em 53 voluntários os benefícios imediatos de uma sessão de massagem. Foram introduzidos cateteres intravenosos para que o sangue fosse colhido logo após o término da sessão, e depois após uma hora da mesma. Em uma parcela dos voluntários foram feitas uma sessão de massagem intensa, e em outra parcela, uma sessão leve.

Foi comprovado que uma única sessão de massagem foi capaz de causar alterações biológicas em quem a recebia. Os voluntários que foram submetidos a massagem intensa experimentaram reduções significativas nos níveis do hormônio do stress cortisol no sangue e saliva, e no nível de um outro hormônio que pode causar elevações de cortisol. Eles também tiveram aumento no número de linfócitos, os glóbulos brancos do sangue que fazem parte do sistema imunológico – responsável pelas defesas do corpo.

Os voluntários da massagem leve experimentaram elevações da oxitocina, um hormônio associado ao contentamento e à confiança, maiores que no grupo da massagem intensa, e reduções mais acentuadas de um hormônio que estimula as glândulas adrenais a liberar o cortisol.

 

Cada tipo de massagem traz um benefício diferente para o corpo

“A massagem envolve sistematicamente o alisamento, amassamento e pressão dos tecidos macios de todo o corpo, para que um estado de total relaxamento seja induzido. O receptor fica apenas de calcinha ou cueca, e usamos óleo para lubrificar a pele. Ela opera principalmente nos músculos, ligamentos e tendões, e afeta sobretudo o equilíbrio dos líquidos (sangue e linfa)”, explica terapeuta Flávia Braun, para o site Bolsa de Mulher.

Uma massagem cuidadosa gera sensações de bem-estar, confiança e alegria e também efetua uma mudança profunda na postura e na expressão facial. Conheça alguns dos principais tipos de massagem.

 

massagem-ayurvedica-69-103

Ayurvédica

É uma técnica indiana que visa o equilíbrio físico, mental e energético. Consiste em manobras de deslizamentos e fricções profundas, com alongamentos e trações, além da estimulação e energização de pontos e órgãos vitais.

 

Bambuterapia

Com manobras realizadas com bambus de diferentes tamanhos, reduz as tensões, desperta a energia, deixa a pele flexível e estimula as glândulas. A técnica surgiu na França com o fisioterapeuta francês Gill Amsallem e possui indicação corporal e facial. É ótima para o tratamento de celulite, flacidez e gordura localizada.

 

Desportiva

Massagem forte e profunda, com base nas massagens sueca e na massoterapia, reduz a chance de contusões, melhora a força, a amplitude dos movimentos, a flexibilidade dos músculos e a performance desportiva, pois libera mais rápido o ácido lático e os pontos de tensão.

 

download (1)

Massagem a 4 mãos

A massagem Abhyanga estimula os dois polos do cérebro, relaxando ao mesmo tempo o lado direito e esquerdo do corpo, por serem massageados juntos e com mesma intensidade. A massagem é realizada por dois massagistas que trabalham simultaneamente e em sinergia, e usa óleo morno para aumentar o potencial de desintoxicação, promovendo o bem-estar e o relaxamento profundo. Retira as toxinas do corpo através do sistema linfático e ainda estimula a circulação e o sistema imunológico.

 

Massagem Relaxante

É uma combinação de massagem relaxante com pedras quentes, massagem craniana e reflexologia, utilizando óleos essências com os princípios da aromaterapia. Indicada para as pessoas que necessitam acalmar a mente, diminui o nível de estresse e relaxar profundamente.

 

Oriental

Combina várias técnicas orientais, como shiatsu, tuiná e diferentes alongamentos da Thai massagem. É uma técnica mais vigorosa, indicada para melhorar a flexibilidade, manter os músculos livres de dores e estimular o livre fluxo da energia vital.

 

Reflexologia

Realizada nos pés, estimula pontos com ação reflexa em zonas de todo o corpo. Além de relaxar, ativa a circulação de sangue e energia, diminui o nível de estresse, e pode ser também um tratamento preventivo e identificador do desequilíbrio de algum órgão e do seu aparecimento sintomático.

 

imagesShiatsu

Uma das massagens mais antigas da cultura japonesa, e uma das massagens orientais mais difundidas no Brasil. Trata dores na coluna e no corpo, problemas fisiológicos, equilíbrio emocional e energético, além de melhorar cólicas e TPM, estresse, depressão, ansiedade e problemas digestivos.

 

Thai

Desenvolvida na Tailândia, há mais de 2500 anos, a Thai Massagem utiliza movimentos de alongamento e de amplitude articular, com o objetivo de reequilibrar o organismo e propiciar alívio das tensões, melhorar a flexibilidade, as dores crônicas, a postura e do fluxo sanguíneo, além de ser uma técnica de reequilíbrio energético.

Plantão na Farmácia Homeopática

Quem se trata com homeopatia também está sujeito a vírus ou bactérias oportunistas. E quando algum desses males pega você desprevenido, depois de telefonar para seu médico, você sai em busca de uma farmácia que possa atendê-lo com aquela receita de última hora. Essa semana o Blog Homeopatia e Saúde da Clínica Similia vai explicar como funciona o plantão na farmácia homeopática.

Muito além da manipulação

Engana-se quem pensa que na farmácia homeopática só são encontrados medicamentos para manipular suas fórmulas indicadas pelo médico. Além da manipulação homeopática também é possível encontrar medicamentos alopáticos e toda uma gama de estilos de produtos para quem busca um estilo de vida saudável.

imagesUma farmácia homeopática de plantão precisa manter uma equipe completa de farmacêuticos homeopatas, que manipulam as receitas na hora que precisa o paciente precisa. Uma das poucos farmácia homeopáticas que tem um horário diferenciado, a Sensitiva, que possui duas unidades – uma na vila Mariana e outra na Vila Madalena – atende a demanda do plantão. Isso porque ela tem um horário de funcionamento estendido. “Atendemos de segunda a sexta-feira das 7 às 22h. Aos sábados das 8 às 20h. E aos domingos e feriados em esquema de plantão das 9 às 18h”, explica Márcia Gutierrez, gerente e farmacêutica homeopata.

As doenças não escolhem dia e hora e, muitas vezes, não é mesmo possível esperar. Homeopatia no Brasil está caracterizada pela manipulação, e por isso um paciente de homeopatia precisa de uma farmácia de manipulação. Assim, drogarias 24h não conseguem atender suas necessidades. Por isso a Sensitiva funcionou durante 13 anos durante as 24 horas do dia e, segundo o relato dos atendentes, muitos pacientes vinham do pronto-socorro direto para manipularem seus medicamentos emergencialmente. Porém, devido à insegurança na cidade, a empresa decidiu reduzir o horário. “Sofremos muitas críticas de médicos e pacientes que insistiram para manutenção daquele horário. Pela inviabilidade operacional e insegurança, mantivemos apenas a extensão no horário de atendimento”, expõe Marcia.

Marcia conta que além do medicamento a Sensitiva ainda oferece um serviço integrado ao paciente e ao clínico. “Divulgamos a homeopatia para clínicos e pacientes que desejem conhecê-la ou criamos alternativas para os homeopatas que desejam complementar suas prescrições. Sempre envolvidos com a individualização”, descreve a farmacêutica.

Quer saber mais sobre o que encontrar em uma farmácia de homeopatia, leia o texto Oasis do bem-estar.

 

Comunicado Oficial: Homeopatia Funciona!

POSIÇÃO COM RELAÇÃO AO RELATÓRIO DO GOVERNO AUSTRALIANO QUE CRITICA A HOMEOPATIA

Ariovaldo Ribeiro Filho – Presidente AMHB

Homeopatia SimiliaRecentemente, foi divulgado pela mídia em todo o mundo um relatório do governo australiano que critica a Homeopatia. Segundo o colega homeopata, Dr. Marcelo Pustiglione, percebe-se que, de tempos em tempos, o jogo de interesses que prevalece indistintamente em todos os setores da gestão da saúde, sentindo-se incomodado de alguma forma com nossa proposta terapêutica humana, eficaz e barata, vem à tona para denegrir esta prática e seus praticantes (médicos especialistas), além de reduzir à condição de ingênuos e ignorantes os milhões de indivíduos beneficiados pela Homeopatia ao longo de seus 210 anos de prática.

Ecoa uma declaração e extenso relatório do Conselho Nacional de Pesquisa em Saúde e Medicina (National Health and Medical Research Council – NMHRC), órgão ligado ao governo australiano. Segundo o Dr. José Eizayaga, eminente homeopata e pesquisador, esse relatório refere-se a uma “revisão sistemática das revisões sistemáticas” das publicações que avaliaram a utilidade da Homeopatia em várias moléstias. Este relatório do governo australiano que crítica a Homeopatia é questionável e inválido devido a graves falhas científicas e preconceito, visto que a o texto pode induzir ao entendimento que homeopatia não serve para curar a saúde.

homeopatia similiaO comum em ciência é que existam diferentes posturas, e é o debate inteligente e rigoroso o que nos aproxima da realidade (a verdade). Por isso, o Homeopathy Research Institute (HRI – Reino Unido) analisou escrupulosamente o informe e publicou uma declaração sobre o mesmo. Nela sustenta que a investigação do governo australiano padece de alguns erros metodológicos cruciais que fazem que suas conclusões sejam inválidas, e lamenta que estas falhas, que haviam sido assinaladas por algumas organizações científicas quando o NMHRC tornou público o primeiro rascunho do informe, não tenham sido corrigidas ou ao menos mencionadas no informe. Esta circunstância os faz indagar sobre os interesses ou preconceito do comitê governamental australiano responsável pela investigação. A falha metodológica principal do trabalho australiano é relativamente óbvia: foram considerados todos os ensaios clínicos homeopáticos para cada afecção como um todo, apesar de se tratarem de tratamentos homeopáticos diferentes entre si, entre outras falhas, tais como:

  • A exclusão de pelo menos quatro revisões sistemáticas que oferecem a melhor evidência disponível e com resultados a favor da homeopatia para afecções concretas.
  • Exclusão de todos os ensaios clínicos que tiveram menos de 150 participantes, inclusive os que tinham boa qualidade metodológica.
  • Exclusão da análise que considerou “não confiáveis”, alguns estudos favoráveis à homeopatia, que tinham alta qualidade metodológica e que haviam sido repetidos várias vezes, apenas porque as replicações não foram feitas por grupos de investigadores diferentes.
  • Só foram avaliados estudos publicados em inglês.
  • Chama a atenção a contradição com os resultados favoráveis de uma revisão sistemática publicada em dezembro de 2014, extremadamente rigorosa, que analisou os ensaios clínicos realizados com “tratamento homeopático individualizado”, uma das maneiras mais comuns de utilizar a homeopatia.

Segue o link do artigo completo para aqueles que quiserem se aprofundar: http://www.amhb.org.br/media/proposta_eficaz_2015.pdf

Hora do Chá

Quente ou frio, o consumo regular de chás oferece muito mais que um momento de prazer. Bebida de baixa caloria e inúmeros benefícios, há chás que estimulam o apetite, ajudam a acalmar e melhoram a função gastrointestinal. Descubra qual o benefício do seu preferido

teacake_01

Se levarmos ao pé da letra, chamaríamos de chá só a bebida que se origina da infusão das folhas da planta Camellia sinensis (que inicialmente recebeu o nome de Thea sinensis), mais conhecida como chá-preto, mas que também dá origem ao chá-branco, chá-verde, chá-amarelo e chá-vermelho. Todas essas bebidas são originárias do mesmo vegetal (o que os diferencia são os tempos de coleta e de secagem).

Se os chás verde e preto são bastante difundidos ao redor do mundo, aqui no Brasil, os de camomila, hortelã, erva-doce, capim-cidreira e boldo estão entre os mais consumidos. Outra paixão brasileira é o chá-mate, derivado da erva-mate que é refrescante e tem propriedades antioxidantes.

Uma das histórias referente ao surgimento do chá remete à 5.000 atrás, na China do Imperador Sheng Nong, popularmente conhecido como o Curandeiro Divino. Tentando solucionar a constante incidência de surtos epidêmicos em seu reino, ele criou uma lei que obrigava o povo a ferver a água antes de ingeri-la.

Um dia, repousando sob uma árvore, o soberano deixou sua xícara de água esfriando um pouco, e logo percebeu que algumas folhas haviam caído sobre o líquido, conferindo-lhe um tom castanho. Ao experimentar a bebida, descobriu que ela possuía um sabor aprazível, difundindo assim o cultivo deste alimento entre seus súditos.

Uma outra história, também da China, conta que a princípio os chás eram consumidos apenas com objetivo medicinal, mas aos poucos passou a ser utilizado como bebida, por prazer, tornando-se a segunda bebida não alcoólica mais consumida do mundo.

Benefícios

De lá pra cá, cientistas, médicos e pessoas comuns descobriram que o chá tem tanto a função medicinal como a prazerosa e, dependendo das folhas que se escolhe para a infusão, até nutrientes que colaboram para o bom funcionamento do corpo.

Para a nutricionista clínica, especializada em nutrição funcional do Hospital Albert Einsten, Fabiana Trovão: “Existe uma série de chás que contribuem para a saúde”

São inúmeras opções de infusão, cada qual com sua propriedade – seja ela calmante ou estimulante, aquecedora ou refrescante, diurética ou emagrecedora, temos hoje o conhecimento de milhares de chás feitos a partir de folhas, flores, frutos e cascas. Mas, é preciso que a bebida seja ingerida diariamente para que seus efeitos sejam evidentes no organismo.

Um estudo publicado pelo jornal acadêmico Phytotherapy Research, dos Estados Unidos aponta que o consumo diário de chá-verde ou preto inibe a produção de enzimas cerebrais associadas à perda de memória. Mas, o benefício é interrompido quando se para de consumir o chá.

Quente ou gelado, os efeitos terapêuticos de muitos chás são comprovados cientificamente. Se for pelo prazer, não existe uma hora específica do dia para beber chá.  Porém, se a intenção é conseguir algum benefício ou na forma de tratamento fitoterápico, isso pode variar.

Pela manhã, o chá-preto é mais aconselhável porque estimula a produção dos neurotransmissores cerebrais que nos dão energia, do contrário, deve ser evitado após as 18 horas, por possuir alta concentração de cafeína.

Depois das refeições, chá-verde ajuda na digestão e é diurético, além disso, tem como princípio ativo os polifenóis (responsáveis por diminuir os níveis de colesterol), contribui para a saúde bucal e tem efeito antioxidante, diminuindo a produção de radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento.

i372764Alguns deles podem até ser consumido durante a refeição como explica Paula Simonsen, especialista em chá de São Paulo: “Alguns tipos de chá escuro, como o Lopsang Souchong, são ótimos para acompanhar pratos salgados e mais gordurosos, como sanduíche de salmão e cream cheese no pão preto. Esse é um exótico chá chinês, aromatizado e defumado”

A verdade é que dá pra aliar o prazer às propriedades medicinais e fazer da hora do chá uma hora saborosa e saudável. Abaixo listamos 14 tipos diferentes de chá deliciosos e seus benefícios, escolha o seu favorito:

Capim cidreira

Essa erva é aliada do sistema digestivo e ainda ajuda a aliviar gases. Ótimo para ser consumido depois das refeições, também funciona como um sedativo natural.

Camomila

Também de ação calmante, a camomila é boa para combater ansiedade e insônia e tem sido muito usada para aliviar a enxaqueca. Muito indicada no período da TPM, ajuda a aliviar cólicas.

Hortelã

Tem função antiparasita e antifúngica e auxilia pessoas que estão com complicações de gases. O chá de hortelã melhora a digestão, combatendo azias.

Alecrim

Digestivo poderoso, o alecrim também é muito usado para ajudar pessoas que querem controlar o peso, pois aumenta a sensação de saciedade.

Possui ainda funções antiespasmódica e anti-inflamatória sendo indicado ainda, para cólica renal e menstrual. Possui excelente ação antifúngica – ótima para ajudar a mandar embora o fungo cândida do organismo – e ação desintoxicante.

Erva doce

O aroma dessa erva é muito usado como forma de relaxante. O chá, além de propiciar esse benefício, também ajuda no combate a cólicas e gases, além de melhorar a digestão.

Chá mate

Preferido de muitos, o chá mate tem ação termogênica e antioxidante, bom para acelerar o metabolismo e evitar o envelhecimento precoce. É preciso um cuidado, apenas, com o seu poder estimulante, por conter cafeína. Deve ser evitado por pessoas hipertensas, por aumentar a circulação sanguínea.

Chá de canela

A canela pode ser uma ótima aliada no controle de diabetes, ajuda na redução da glicemia, regulando o açúcar no sangue. Além disso, ajuda na diminuição da vontade de comer doces e melhora a circulação.

Chá verde

Desintoxicante, ajuda a fortalecer o sistema imunológico, previne problemas cardiovasculares por controlar o colesterol e ainda tem vários princípios ativos que ajudam na prevenção do câncer. E as vantagens não param por ai: ajuda a combater cáries – basta fazer bochechos com ela – e serve de protetor solar interno, ajudando a proteger a pele contra raios ultravioletas. Tomar o chá, no entanto, não dispensa o uso do protetor solar externo.

O chá verde também é muito famoso pela ação termogênica, ou seja, acelera o metabolismo na queima de gorduras e pode contribuir para quem quer perder os quilos extras desde que combinado com dieta balanceada e prática de exercícios físicos.

Chá de hibisco

O hibisco ajuda no controle do colesterol e é muito diurético, capaz de fazer uma varredura de toxinas no organismo. Pode ser uma boa opção para hipertensos, porque tem menos cafeína que o chá verde, mas, benefícios semelhantes.

Chá de gengibre

“O gengibre é um dos melhores anti-inflamatório que temos na natureza”, diz a nutricionista Flávia Cyfer. Ele também atua no sistema digestivo contra cólicas e gases e ajuda no combate à celulite, tão indesejada pelas mulheres. Também é indicado para combater enjoos e náuseas, principalmente em gestantes, que não podem usar muitos remédios durante a fase da gestação.

Chá de limão

Além de a fruta ser rica em vitamina C, tem ação alcalinizante, ou seja, ajuda a deixar o pH do sangue dentro do nível alcalino, que é como ele deve ficar. Fazer o chá junto com a casca, contribui para a desintoxicação do organismo.

Maracujá

O maracujá já é famoso por ajudar a acalmar os nervos. Indicado para combater ansiedade, estresse, insônia, irritação e agitação.

Maçã

A fruta também tem ação calmante, além de ótima para ajudar na digestão, pois é diurética, com efeito laxante.

Chá de alfazema

Ajuda a aliviar cólicas. De propriedade calmante e bactericida, a alfazema também é muito usada para amenizar dores de cabeça.

 

Mas qual a forma certa de preparar seu chá?

cha

Nada mais simples do que preparar um chá; basta ferver a água e depois colocar as folhas em infusão. O ideal é que seu preparo ser feito na hora. Quando deixado em garrafa térmica, o chá pode perder até metade das propriedades funcionais.

Para a especialista nessa bebida, Paula Simonsen, existe uma forma perfeita para o preparo adequado da bebida. Acompanhe o passo a passo:

1. Encha um infusor com o chá de sua escolha (a medida é uma colher de chá por xícara) e coloque dentro de um bule, de preferência de porcelana. O metal pode alterar o gosto.
2. Esquente água mineral na chaleira, sem deixar ferver. Quando as primeiras bolinhas começarem a subir, desligue. A temperatura deve ficar em torno de 85°C. O ideal é que, ao tocar a chaleira, sinta que está bem quente, mas sem queimar as mãos. Os chineses dizem que, se não conseguimos tocar uma coisa, ela também não está boa para ser consumida.
3. Jogue a água no bule, sempre em movimentos circulares para permitir a entrada de maior quantidade de oxigênio.
4. Deixe a bebida descansar por 3 a 5 minutos. Para cada tipo de chá há a exigência de espera com tempo diferente.
5. Antes de servir, jogue água quente sobre a xícara para aquecê-la. Assim, é possível manter a temperatura da bebida por mais tempo.

Que tal aproveitar essas dicas e tomar um chazinho?

i372765

Carnaval – Divirta-se com responsabilidade!

A festa mais animada do ano requer alguns cuidados para que você possa curtir a folia sem comprometer a saúde. Siga nossas dicas e divirta-se

programacao-carnaval-2014

 

Chegou fevereiro e junto com ele o Carnaval – a festa mais esperada e mais famosa do ano, aqui no Brasil. Durante os 5 dias de festa, muita gente encara uma verdadeira maratona de folia, noites em claro, curtição e badalação. E quando chega a quarta-feira de cinzas está, literalmente, arruinado!

Nesta época é frequente o registro de doenças associadas à transmissão por via alimentar, respiratória, além das transmitidas pelo contato sexual.

Sempre pensando em sua saúde e bem estar, o Blog Homeopatia e Saúde preparou este post com algumas dicas valiosas para que você caia na folia do Rei Momo, sem se arrepender amanhã!

Hidrate-se

Nos dias de Carnaval a tendência é perder mais líquido do que nos dias normais, portanto, entre profissionais de saúde a dica é unânime: Beba muita água! 

hidratacao-carnaval-bazarlaboutique

Para se ter ideia, a quantidade de água que perdemos em uma tarde de trabalho é perdida em seis minutos de folia. Portanto, o consumo de água e de outras bebidas hidratantes como água de coco, suco e até isotônicos, são essenciais para manter o corpo a salvo da desidratação e para repor sais minerais e carboidratos perdidos com o suor.

Para quem consome bebidas alcoólicas é interessante alternar com outras bebidas não alcoólicas para evitar quadros de desidratação. Não exagere nas bebidas alcoólicas e, principalmente, não dirija após consumi-las!20140223133346161253a

 

Alimente-se

Saco vazio não para em pé – é bem verdade – mas, escolha a dedo os alimentos que irá consumir. Comidas pesadas como feijoada e frituras, devem ficar de fora do cardápio. Pense leve e aposte em verduras, legumes, frutas e carboidratos para repor as energias.

nutricao-carnaval

 

Uma boa pedida é preparar seus próprios lanchinhos, ou ainda consumir barras de cereais e frutas pequenas como maçã, pera, uva – que podem ser consumidas em qualquer lugar. Caso prefira alimentar-se na rua, fique atento(a) à procedência e higiene dos alimentos e bebidas.

Cuide do corpo e da mente

Nesses dias loucos e de folia, sempre que possível, tire uma soneca para recuperar as horas perdidas de sono. 30 minutos de soneca após o almoço são recomendados para reequilibrar corpo e mente. Hidrate corpo e cabelos, mantenha as unhas bem aparadas, utilize roupas e sapatos confortáveis e não se esqueça de utilizar protetor solar.

carnaval1O cuidado deve ser redobrado para quem está no litoral, já que a incidência de raios ultravioleta é maior. Em entrevista ao portal UOL Notícias, a dermatologista Flavia Ravelli, explica que na praia, estamos expostos a radiação por todos os lados: “O bronzeamento (ou queimadura) da pele depende exclusivamente da incidência de radiação ultravioleta (UV). E, na praia, ela não vem apenas de cima para baixo, como pode parecer, mas também de baixo para cima, já que é refletida na areia e na água do mar”.

Além disso, o sal desidrata e resseca pele e cabelos, portanto, é bom alternar e tomar algumas duchas de água doce, após algum tempo em contado com a água do mar. Escolha um protetor solar com fator de proteção adequado para o seu tipo de pele e reaplique-o na frequência necessária.

O velho conselho de evitar o sol das 10h às 16h sempre é válido, pois é nesse horário que há a maior quantidade de raios ultravioletas.

Proteja-se

camisinha coloridaSegundo Caio Westin, técnico em saúde do Centro de Referência e Treinamento DST/Aids da Secretaria de Saúde de São Paulo “Não há dados que indiquem um aumento da incidência de DSTs nesse período. Porém, temos observado que o abuso de drogas como o álcool, aliado à ideia de que se deve aproveitar todo o ano nesses quatro ou cinco dias, fazem com que as pessoas se cuidem menos”.

Um levantamento exclusivo da UniCarioca publicado esta semana no Jornal O Globo, indica que no último ano 53% dos jovens sexualmente ativos fizeram sexo sem proteção. A pesquisa revela ainda que 88% dos cariocas fariam sexo sem camisinha no Carnaval.

O uso de preservativos é a forma mais eficaz de se proteger de doenças sexualmente transmissíveis e gravidez indesejada, portanto, é indispensável!Veja mais sobre o assunto no último post da série Ser Mulher.

Com pequenos cuidados, é possível se divertir como se houvesse amanhã.

Bom carnaval!

 

 

 

Pré-natal e homeopatia

ser-mulher
Na primeira postagem da série Ser Mulher, entenda como a homeopatia auxilia de maneira eficaz e natural, o período gestacional. Ela promove o bom desenvolvimento do feto na medida em que orienta, ampara e prepara a mulher para a grande missão de ser mãe.

 

Todos sabem da importância do pré-natal como garantia de que mãe e filho mantenham-se saudáveis durante a gestação. Nas consultas que acompanham o período gestacional o obstetra fará o acompanhamento do desenvolvimento do bebê e da saúde da mãe, o diagnóstico de intercorrências clínicas e/ou obstétricas, além de preparar futuros pais (sim, é muito bom que o pai participe do pré-natal, juntamente com a mãe) para o parto, assim como para a amamentação. Por isso, seria muito bom que o acompanhamento pré-natal começasse antes mesmo da concepção.

8

Pouca gente sabe, mas, o pré-natal realizado por um obstetra homeopata traz inúmeros benefícios à saúde gestacional, além de tratar de forma natural desconfortos comuns do período como: náuseas, insônia, constipação intestinal, câimbras, hipertensão arterial, ansiedade e vários outros. Sem contar que ajuda a gerar um bebê menos propenso a adoecer.

A investigação detalhada da vida da mãe e do pai da criança, a escuta sobre peculiaridades da saúde física, mental e espiritual ajudam o obstetra homeopata a construir uma espécie de perfil daquela gestação e, com a ajuda da homeopatia, oferecer um pré-natal específico para cada caso.

 

16144_354242635392_217910020392_9857857_2959885_n

 

O médico feminólogo, especialista em ginecologia e obstetrícia, homeopatia e sexualidade humana Dr. Eliezer Berenstein, explica que no pré-natal cada detalhe é importante: “A mulher deve ter conhecimento de todas as patologias que ela teve durante sua vida. É importante relatar esses fatos para seu ginecologista antes de pensar em engravidar. Algumas doenças que são benignas durante nossa vida assumem papel importante e diferente durante a gravidez, podendo afetar mamãe e bebê”.

Para Berenstein “Gestar para o ser humano é criar expectativas. Dessas inúmeras expectativas que se tem se o bebê vai ser de um jeito ou de outro, o casal acaba projetando uma série de fantasias e expectativas para depois que o bebê nasce. E, com isso, perdem muito o trajeto da gravidez em si. O casal acaba tendo uma gravidez imperfeita na espera de um bebê perfeito”. Portanto, o médico considera de suma importância durante o pré-natal, tratar a sexualidade da gravidez, a preparação o corpo para o parto e, mais do que tudo, incorporar a presença do parceiro na gestação. Esse compartilhamento é o que se busca num parto humanizado, onde o pai da criança deixa de ser um mero expectador e passa a ser parte atuante da gestação, do parto e do pós-parto.

Parto Humanizado: o pré-natal homeopático em pró do parto natural


179248696-620x413

 

ART 1 MAMÁS BLOGUERAS - RECIEN NACIDO - EMBARAZO - Nace un bebé y nace una cadena

Quando se descobriu grávida pela segunda vez, Edilene Gualberto procurou saber sobre a humanização do parto, para “não cair na cesárea novamente” como ela mesma diz.
Mãe de 3 filhos, advogada e blogueira do blog Etc & Mãe, buscou por um médico no Google e, confiando na intuição e nas informações que conseguiu, chegou até sua obstetra e homeopata Betina Bittar.

Como Edilene descreve: “Foi amor a primeira vista e ela acompanhou minha segunda e terceira gestações, bem como o segundo e o terceiro partos”.

Edilene que tinha em seu histórico uma primeira gestação onde o pré-natal foi com médico alopata e parto cesáreo, conta que sentiu uma enorme diferença no pré-natal “tanto pelo fato da homeopatia, quanto pela questão da humanização e da consulta particular (que foge daqueles 10 minutos rápidos e vira um bate papo de aproximadamente uma hora)”.

Aponta como principal diferença o fato de “que todas as minhas queixas ela tratava da maneira mais natural possível, explicando que quase todas eram comuns da gestação e que remédios não eram indicados, mas que havia coisas mais naturais que poderiam amenizar. Para mim, era sempre mais seguro, pois tomava as medicações sem preocupações de prejudicar o bebê”.

Na terceira gestação repetiu a escolha e foi muito feliz, considera-se mãe realizada (como  descreve em seu blog) e atribui o sucesso de seus dois partos naturais após uma cesárea a essa busca por um pré-natal homeopático e humanizado: “Para quem prefere o parto natural e humanizado, tudo que for natural é melhor, então, como benefício do pré-natal homeopático eu identifico a naturalidade e a tranquilidade de saber que está tomando algo que não afetará em nada seu filho”.

 

Criança Prodígio

As crianças de hoje são mesmo mais inteligentes, mas, ser um prodígio na primeira infância,  não significa exatamente que seu filho  crescerá e se tornará um gênio. O estímulo desde o nascimento é importante para o desenvolvimento intelectual do seu filho, e, na medida certa só faz bem. 

Baby Einstein

Não à toa ouvimos sempre pessoas comentarem acerca de um bebê: “nossa como ele é esperto” ou “daqui a pouco as crianças vão nascer falando”. E, de fato, as crianças de hoje são mais inteligentes que suas antecessoras e isto se deve a pais mais bem informados e aos estímulos que as crianças recebem desde o nascimento.

E até a comunidade científica acha isso: estudos recentes do Instituto Tecnológico de Massachusetts, nos Estados Unidos, mostraram – através de um estudo dirigido –  que assim como adultos, os bebês menores de 1 ano usam a lógica para prever a sequência de uma ação.

E a coisa toda começa bem antes do nascimento: já foi o tempo em que achávamos que os bebês nasciam com  o cérebro ‘zerado’, estudos recentes indicam que o período entre a gestação e os dois primeiros anos do bebê são os mais importantes para o desenvolvimento  cerebral e das conexões neurológicas que influenciam a inteligência de uma criança por toda a sua vida. Neste tamanho, as crianças aprendem por observação, repetição e imitação e é aí que entram os pais.

Ao estimular o filho na dose certa os pais colaboram na formação do universo cultural, psíquico e afetivo. Os estímulos devem ser feitos de forma lúdica, sem pressa,  despretensiosamente, sem esperar a transformação de uma criança em gênio.

Cabe lembrar que bebês muito espertos para sua idade, muitas vezes quando crescem, tornam se crianças com os níveis normais de QI. E que tais estímulos devem ser feitos na dose certa.

Fail! 

Se algumas interações dos pais torna os filhos mais inteligentes, do contrário, pode criar uma criança com distúrbios como ansiedade e depressão na vida adulta.

A regra é simples: brinque estimule, mas saiba a hora de parar. Se no meio da brincadeira seu bebê começar a chorar pare. As brincadeiras devem ser feitas apenas se ele demonstrar reciprocidade para com elas.

Para os mais crescidos, cuidados com celulares e tablets que em excesso são prejudiciais à saúde física e emocional, sendo diretamente relacionados como causadores de obesidade, depressão, ansiedade e baixa auto-estima nos pequenos. O uso diário, deve ser controlado e nunca, exceder 4 horas.

30172202716664

De grão em grão

Para cada fase do seu filho, existem brincadeiras e atitudes que podem estimular a inteligência, sem interferir no seu desenvolvimento ou trazer sofrimento ou traumas.

Veja algumas dicas de brincadeiras adequadas para cada idade, nos dois primeiros anos de vida (retiradas do blog Maternidade no Blog, inspiradas no livro: Brincadeiras criativas para bebês inteligentes):

0,,50348604,00

1)      Caretas

Fazer caretas para o bebê é uma das brincadeiras mais utilizadas pelos pais, amigos e familiares. É uma brincadeira simples que estimula o desenvolvimento da visão e do foco do bebê, alem de melhorar a comunicação e aumentar os laços afetivos.

2)      Sons

Colocar música, fazer sons com objetos ou cantar e conversar com o bebê, alem de acalmar e relaxar o bebê, ajuda-o a se acostumar com o barulho e a localizar de onde vêm os sons e estimula a memória.

3)      Observação

Quando nasce, o bebê não consegue focar em muitos detalhes, enxerga apenas contrastes. Com o tempo a visão do bebê estará se desenvolvendo, portanto colocá-lo sempre em locais diferentes para que ele possa observar coisas diferentes, fará com que ele fortaleça os músculos oculares.

4)      Conversar

Conversar com o bebê é uma atividade muito simples e pode ser feita a todo o momento. Como benefícios dessa atividade temos que o bebê fica mais calmo, reconhece a voz, ajuda no desenvolvimento da linguagem, na interação social e na criação de laços.

5)      De bruços

O bebê pode ser colocado de bruços a partir de duas semanas, mas sempre sobre supervisão (nunca deixar o bebê de bruços se não tiver alguém por perto). É uma brincadeira que ajuda no fortalecimento dos músculos do pescoço, do tronco e da parte superior das costas, alem dos músculos abdominais e alivio de gases e cólicas.

6)      Prestar atenção

O bebê vai adorar ver os pais fazendo qualquer coisa, pois por mais trivial que sejam as tarefas, para ele tudo é novidade. Os músculos oculares do bebê se desenvolvem à medida que focaliza e observa. Ficar sentado lhe observando promove a compreensão do mundo e diminui o refluxo porque ele está sentado além de aliviar sintomas de resfriado, pois a posição ereta ajuda a liberar o muco das vias respiratórias.

7)      Móbiles

Observar coisas fortalece os circuitos neurológicos na região do cérebro que controla o pensamento, ou seja, estimula o desenvolvimento  cerebral além de fortalecer os músculos oculares.

8)      Toque

Juntar vários tipos diferentes de tecidos e dar para o bebê brincar, ajudando-o a segurá-los. Isso estimulará a descoberta de novas coisas e no desenvolvimento do lóbulo parietal do cérebro, alem de aumentar a sensibilidade e melhorar a coordenação entre olhos e mãos.

9)      Banho

Se for possível tomar banho junto com o bebê, isso aumentará os laços criados entre vocês além de gerar confiança dele na água e ajudar no desenvolvimento muscular.

10)   Exercícios com as pernas e braços

Movimentar as pernas e os braços do bebê enquanto conversa e canta com ele ajuda no desenvolvimento muscular e melhora a habilidade motora e a coordenação. É uma brincadeira que promove a interação. Também desenvolve a memória do bebê que aprenderá palavras através das musicas cantadas para ele.