Cuidado com a Desidratação!

Com o calor, eventos nas ruas como carnaval, por exemplo, e agitação física: Além da alegria, seu organismo também pode ser tomado por uma desidratação severa com essa combinação. O Blog Homeopatia e Saúde foi investigar o que acontece no seu corpo quando ele desidrata.

 A desidratação acontece quando perdemos mais líquidos do que repomos: junto da água, o organismo perde também sais minerais e vitaminas, desequilibrando de maneira severa todo o funcionamento perfeito do corpo. Parece comercial de isotônico, mas é a verdade.

Além disso, a água é a responsável por nutrir as células do nosso corpo garantindo que todas as funções sejam cumpridas de forma saudável, transportando o oxigênio e sais minerais que o organismo precisa diariamente.

Para quem brinca atrás do trio elétrico, por exemplo, dançando e pulando em baixo de um sol de verão beirando os 40 graus, o cuidado com a hidratação deve ser mais rigoroso e atento, porque com um calor excessivo e atividade física intensa também perdemos sais minerais, sódio e potássio.

Para evitar a desidratação e suprir as necessidades, preste atenção nesses sintomas:

  • Irritação
  • Aumento da sede
  • Perda da elasticidade da pele
  • Olhos fundos
  • Diminuição na quantidade de urina expelida.
  • Fraqueza
  • Câimbras

Desidratação e o consumo de Álcool

Vale lembrar que no caso de consumo de bebidas alcoólicas esse processo é mais rápido. Um dos motivos é que o consumo do álcool diminui a produção de um hormônio antidiurético e, com isso, a pessoa urina mais. Além disso, o álcool aumenta a pressão, faz a pessoa suar e perder mais líquido do corpo.

Funciona assim quando bebemos: O órgão responsável por metabolizar o álcool é o fígado, e que ele só metaboliza em média uma dose de bebida alcoólica por hora – entenda uma dose como uma lata de cerveja (360ml), uma taça de vinho (100ml) ou de destilado (40ml).

Como está calor, e o corpo já está suando, ao ingerir uma quantidade de álcool que o corpo não consegue filtrar, o corpo passa a eliminar a água. Portanto, se tomarmos seis latas de cerveja, por exemplo, nosso fígado irá levar seis horas para metabolizar todo o álcool presente em nosso corpo. E enquanto o fígado metaboliza a primeira latinha, o resto do álcool fica circulando no sangue e intoxicando, causando alterações e danos em diferentes órgãos.

Analisando sua própria urina

A cor da urina também é um indicativo forte e bem fácil para diagnosticar os sinais de como anda a sua saúde, não apenas na desidratação, mas em geral. Preste atenção nos seguintes indicativos de cores da urina e seus significados.

  • Urina sem cor, transparente: muita água, o que também não é bom (ou excesso de álcool, pois o rim não está filtrando corretamente)
  • Amarelo claro e amarelo: boa hidratação continue assim.
  • Amarelo forte ou escuro: normal, mas indica a necessidade de mais hidratação.
  • Cor de mel: pouca hidratação.
  • Avermelhado: pode ser indícios de corante alimentar ou sangue na urina.
  • Laranja: hidratação insuficiente ou problemas no fígado
  • Azul ou verde: presença de corante forte ou alguma bactéria.
  • Espuma na urina: presença de excesso de proteínas.

Como foi exposto acima, uma análise a olho nu da própria urina pode indicar a normalidade ou detectar precocemente a presença de alguma doença ou disfunção orgânica, que não é apenas sobre rins, mas de outros órgãos também. Para uma melhor observação, usar um copo plástico para recolher a urina pode ajudar na observação. Caso perceba algo estranho, entre em contato com um médico urgentemente, só um profissional qualificado poderá indicar o melhor tratamento.

Como repor da maneira mais saudável e rápida:

desidratação homeopatia e saúde

Se tiver alguma resistência em tomar mais água, abuse de alimentos ricos, como melancia, melão, maça, pepino, água de coco batido com alguma fruta e verduras em geral. Além de serem ricos em água, esses alimentos são menos calóricos e exigem menos esforço do organismo. Outra dica gostosa no verão são os picolés de frutas, que refrescam e hidratam com sabor além dos isotônicos, que possuem todos os sais minerais necessários para reporem o que já foi perdido através do esforço físico e do suor.

A cada trinta minutos, deve-se repor o líquido perdido, da forma que melhor escolher, mas sempre dando preferência aos sucos naturais ao invés de refrigerantes. Lembre-se que as bebidas alcoólicas aumentam a diurese, apressando mais ainda a desidratação e mesmo sendo líquidos, não contribuem para hidratar nem para fornecer nutrientes. Portanto, a cada copo de cerveja, dois de água devem ser tomados, só assim a reposição será de um perfeito equilíbrio.

Quanto se deve tomar de água no verão, para evitar uma perda excessiva?

Pelo menos dois litros de água, que podem ser divididos em sucos, chás ou outras bebidas refrescantes.

Com esses simples cuidados e um pouco de atenção, sua alegria estará garantida e sua saúde segura para brincar durante o verão sem ter nenhum problema.

Crianças e Idosos

Os idosos têm por hábitos esquecer de ingerir água. Então atenção redobrada à quantidade de água que estão tomando, principalmente quando fazem uso de medicamentos de uso contínuo.

As crianças também, em meio as brincadeiras, esquecem de beber água. Leia o texto sobre água e os bebês, e saiba como e quando inserir água na alimentação do bebê.

Sinais de desidratação – Atenção

Desidratação - Homeopatia e Saúde

2 Responses to Cuidado com a Desidratação!

  1. […] Leia também – Cuidado com a desidratação. […]

  2. […] Leia também – Cuidado com a desidratação. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *