Como age a homeopatia na enxaqueca

A enxaqueca é um tipo de cefaleia que produz alguns sintomas característicos, tais como: sensibilidade à luz e ao ruído, náuseas e vômitos, alteração do campo visual, aura, etc. É assim que o Dr. Ariovaldo Ribeiro começa falando sobre a homeopatia na enxaqueca, esse problema que prejudica a saúde de muitas pessoas em todo o Brasil, mas que tem tratamento e solução na homeopatia.

Aura é uma sensação que a pessoa vivência antes das dores de cabeça que são uma consequência da enxaqueca começarem.

Segundo o Dr. Ariovaldo Ribeiro é comum a procura pelo tratamento homeopático principalmente quando o paciente se sente dependente dos medicamentos alopáticos ou, então, sofre com os efeitos colaterais dos mesmos, muitas vezes sem sentir redução na frequência das enxaquecas.

Ainda não se sabe a verdadeira causa da enxaqueca.

A enxaqueca é o resultado da combinação de fatores genéticos e ambientais. Na maioria dos casos a enxaqueca tende a ser um problema que afeta grande parte da família.

Existem alguns gatilhos, situações, que desencadeiam as crises de enxaqueca, são eles: estresse, esforço, má alimentação, distúrbios gástricos, ingestão de bebidas alcoólicas, alterações hormonais em mulheres e consumo de café.

Os tratamentos convencionais da enxaqueca apenas aliviam, temporariamente, o problema. Enquanto homeopatia na enxaqueca trata a pessoa como um todo, e ainda tenta acabar de vez com o problema.

Na primeira fase do tratamento os medicamentos homeopáticos reduzem a intensidade e frequência dos ataques de enxaqueca. Na segunda fase os medicamentos, são administrados com o objetivo de erradicar a tendência crônica da enxaqueca.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, quer manter o seu compromisso de informar, por isso todos os meses apresentamos matérias interessantes que tem como objetivo tirar dúvidas acerca das mais diversas doenças.

Sempre que perceber que algo não está certo consulte um especialista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *