Category Archives: Dieta e Alimentação

Qual o seu tipo de metabolismo?

A nutrigenômica, ciência que estuda como a constituição genética de uma pessoa interfere no resultado da dieta, pode ser uma opção saudável no combate ao excesso de peso.

Pois nutrigenômica considera que cada pessoa possui um metabolismo diferente, e para isso ela separou os indivíduos em 3 grupos diferentes: os tipo carbo, tipo proteína e tipo misto, considerando os genes de cada sujeito. Assim que o tipo é identificado a pessoa pode comer a vontade, desde que respeite as indicações.

Para determinar o perfil bioquímico-metabólico e descobrir as necessidades de seu organismo variáveis como: condições físicas, estilo de vida, aspectos psicológicos e mentais, idade, e até o clima do lugar onde a pessoa vive são considerados. Exames clínicos e de laboratório também são realizados para determinar o tipo metabólico.

Para descobrir qual o seu tipo metabólico é só responder as perguntas abaixo com sim ou não:

Meu apetite no café da manhã é forte?

No almoço meu apetite é forte?

E no jantar meu apetite é forte?

Ficar mais de 4 horas sem comer é difícil?

Sinto-me faminto e necessito de lanches entre as refeições regularmente?

Vivo para comer e não como para viver?

Carne ou peixe nas refeições me deixa com mais energia?

Refeição vegetariana não satisfaz a minha fome?

Ingerir carne ou alimento gorduroso restaura minha energia?

Gosto mais de alimento salgado e gorduroso que os doces?

Consumir somente frutas não me satisfaz?

É muito difícil ficar de jejum?

Comer antes de dormir melhora o sono?

Beber suco de laranja pela manhã não me faz bem?

Café me deixa acelerado, nervoso e com tremores?

Meus olhos e nariz costumam ficar úmidos?

Durante o dia preciso urinar muitas vezes?

Frequentemente tenho que tossir e limpar a garganta?

Prefiro dormir pela manhã?

Quando me corto a ferida cicatriza rapidamente?

 

Resultado:

Se marcou 18 ou mais vezes “não” você é do tipo Carbo: invista nas proteínas leves como as vegetais ou derivadas do leite, reduza os laticínios e procure alimentos com baixo teor de gordura. Verduras, frutas, legumes e grãos são excelentes opções, mas o excesso de gordura e proteína absorvem suas energias causando irritação e ansiedade.

Se marcou 18 ou mais vezes “sim” o seu tipo é Proteína: prefira as proteínas, de preferências as de origem animal, consuma vegetais pobres em amido como alface, repolho, grãos, porém evite farinhas refinadas. Evite frutas em grandes quantidades, margarina e óleos hidrogenados.

Mas se marcou menos 18 respostas “sim” e “não” o seu tipo é Misto: inclua proteína nos lanches, a vontade de comer doces após as refeições pode indicar ingestão em excesso de grãos, bem como a vontade de comer doces após o consumo de frutas indica excesso de carboidratos e pouca proteína, diminuir o consumo de qualquer tipo de açúcar.

O Blog Homeopatia e Saúde, é um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, para matéria completa visite: https://goo.gl/pbJS5L

 

 

TAGS: Metabolismo, Dieta, Carboidratos, Proteínas

Quantas vezes você faz o número 2 por dia?

Os problemas intestinais são muito frequentes, e as mulheres são as que mais sofrem por causa deles, sendo que a reclamação mais comum é a prisão de ventre, em alguns casos esse problema é físico, mas em outros podem ter origem psicológica ou emocional. Seja qual for o motivo o uso de laxantes não é recomendável porque pode causar consequências indesejadas.

Se a prisão de ventre é um problema e a intestino solto demais pode causar incomodo, como saber qual a frequência considerada “normal” de uso do banheiro, para responder essa questão é preciso saber qual é a frequência saudável de evacuação.

Segundo Alexandre Fonoff coloproctologista e coordenador do Centro de Coloproctologia do Hospital Samaritano em São Paulo, a frequência evacuatória considerada saudável é de 3 vezes ao dia até 1 vez a cada 3 dias, entretanto esse ritmo só é considerado normal se fizer parte da rotina do indivíduo. Porém se uma pessoa que tinha uma frequência de 3 vezes ao dia desde a infância essa rotina altera para 1 vez a cada 3 dias, isso pode ser um indício de que alguma coisa mudou e precisa ser investigado, acrescentou Fonoff.

O nosso organismo é capaz de guardar excrementos por uma semana ou mais, porém isso não é uma coisa boa, pois quanto mais tempo parado em nosso corpo mais seco eles ficam dificultando a evacuação, por isso evacuar frequentemente é tão importante.

Outro problema que surge ao evitar as visitas ao banheiro é o acumulo de gases, que pode causar dores nas costas, inchaço, desconforto abdominal dentre outros malefícios ao organismo.

O melhor momento para ir ao banheiro é quando existir uma solicitação natural do organismo, em outras palavras toda vez que tiver vontade, já que o corpo se manifesta através de contrações intestinais e, geralmente, isso acontece nas primeiras horas do dia.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, trouxe mais esse artigo interessante retirado da web, para matéria completa: https://goo.gl/BoVNED

 

TAGS: Prisão de ventre, Cocô, Evacuação, Desconforto Abdominal

Pizza – Opções saudáveis

Dia 10 de julho é o dia Internacional da Pizza, foi nessa data que o rei Umberto e a rainha Margherita provaram a pizza pela primeira vez. Um dia onde esse pão plano que é assado e coberto de molho de tomate e queijo é apreciado em todo o mundo. São diversas as opções de molhos e coberturas que podem ser colocadas sobre a pizza, incluindo vegetais, carnes e frutos do mar. A origem da pizza ainda gera muitas controvérsias, mas a pizza como nos conhecemos foi criada em Nápoles, Itália, no século 10, e desde então tornou-se um dos alimentos mais populares do mundo.

A pizza é uma dos alimentos mais consumidos em nosso planeta. No Brasil são consumidas 1 milhão de pizzas todos os dias, só em São Paulo são 572 mil discos dia fazendo dela a segunda cidade que mais consome esse alimento em todo mundo, ficando atrás apenas de Nova York. Enquanto na Itália são devoradas 1,8 bilhões de pizzas anualmente.

Vista como vilã da dieta a pizza pode ser preparada em versões light utilizando ingredientes mais saudáveis como: verduras, legumes, queijos e carnes magras. O importante é escolher o ingrediente certo para não prejudicar a dieta.

A seguir algumas dicas que vão deixar o preparo de sua pizza mais saudável:

Quando for preparar a massa substitua a farinha branca por farinha de trigo 100% integral, ou farinhas enriquecidas por grãos para o preparo de uma pizza mais nutritiva, saudável e com menor índice glicêmico.

O pão sírio também pode ser usado no preparo da pizza, aqui vale a dica de também escolher a versão integral da massa.

Para deixar a massa mais saudável e crocante adicione quinoa à massa, linhaça e chia também poder ser utilizadas para substituir a quinoa.

Quando for fazer o molho opte pelo clássico molho de tomate caseiro, evite usar os molhos prontos que possuem elevada concentração de sódio, conservantes e outros ingredientes desnecessários, por isso o ideal é preparar o próprio molho.

Fatiar o tomate direto sobre a massa é uma opção para quem não quer fazer o próprio molho.

O molho pesto pode ser usado no preparo da pizza.

Algumas opções de pizza saudáveis:

Pizza na massa de wrap: aqui o wrap, nas versões light, fit ou integral, é utilizado como base para o preparo da pizza.

Pizza de frango e rúcula: para o preparo dessa pizza o pão sírio e o wrap podem substituir a massa.

Pizza de berinjela: nessa receita o grande diferencial é que a berinjela é usada no lugar da massa.

Pizza vegetariana: feita com massa de farinha integral onde diversos legumes são usados no seu preparo.

O Blog Homeopatia e Saúde, é um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, sabe o quanto os brasileiros gostam e consomem pizza, entretanto para aqueles que não podem ficar sem um pedaço de pizza indicamos o consumo 1 vez por semana, para receitas e matéria completa acesse: https://goo.gl/pHtHJy

 

TAGS: Pizza, Alimentação, Consumo, Saudável

Frutas, legumes e verduras típicas do inverno

Chegou o inverno e o tempinho frio pede aquela sopa e caldo quentinho. Nesta época do ano percebemos um aumento do nosso apetite. Também temos mais vontade de comer alimentos gordurosos e calóricos.

Mas isso tem uma explicação, no inverno gastamos mais energia para manter a temperatura corporal, e para equilibrar essa perda temos que ingerir mais calorias. Por isso é preciso ter cuidado redobrado nessa época do ano, pois, senão fizermos um controle de nossa alimentação corremos o risco de entrar na primavera com excesso de peso e com o colesterol alterado.

Uma coisa que pode ajudar a manter a dieta no inverno é optar pelo consumo das frutas, legumes e verduras da estação.

Frutas

Dentre as frutas típicas da estação temos: a laranja lima, laranja pera, mexerica e morango, que são ricas em vitaminas C. O mamão formosa, a carambola e o kiwi também são ótimas opções de consumo.

Legumes

Temos batata-doce, cará, abóbora, ervilha comum, ervilha torta, cogumelo, inhame, mandioca, mandioquinha e pimentão vermelho. Não podemos esquecer o pinhão que é rico em gorduras insaturadas, que são ótimas para a saúde do nosso coração, e também é típico das festas juninas.

Verduras

As verduras típicas do inverno são: o brócolis, a couve, couve-flor, espinafre, palmito, agrião, chicória, mostarda e rúcula.

Aproveite os alimentos da estação na preparação de alimentos que são a cara do inverno como os caldos e sopas.

Os chás também são uma boa alternativa para se aquecer o inverno, eles possuem vários benefícios como proteção das artérias e ajudam na digestão, além de ter efeito antioxidante e anti-inflamatório.

A canela que tem ação estimulante, também pode ser usada em diversas receitas, ela ajuda na digestão, diminuiu o colesterol LDL, controla a glicose, também possui propriedades termogênicas e antidiarreicas.

Artigo do Blog Homeopatia e Saúde, que é um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, para mais informações sobre o assunto acesse: https://goo.gl/ao9jIj

TAGS: Inverno, Alimentos, Frutas, Legumes, Dieta

Como a homeopatia pode ajudar na perda de peso

Quem nunca sofreu com os excessos das festas e reuniões em família? Aquele churrasco na casa dos amigos, o casamento daquela prima distante que reúne os parentes, ou aquela confraternização de final de ano da empresa com buffet completo. Depois de todos esses, e outros, exageros na hora de se alimentar a gente se sente inchado e o roupa não fecha, então bate aquela angustia.

Apesar de a homeopatia auxiliar na perca de peso ela não é nenhum tipo de solução milagrosa, as pessoas quando vão procurar ajuda através da homeopatia precisam entender que a perca de peso exige um trabalho em conjunto.

A homeopatia sozinha não é capaz de fazer como a pessoa emagreça, para que o resultado seja satisfatório e atenda ao esperado é preciso que algumas avaliações sejam realizadas antes: consulta com o endocrinologista, avaliação multidisciplinar com o nutricionista, cardiologista, análises clínicas e exames laboratoriais, todo esse processo é fundamental para o sucesso da dieta.

Os medicamentos homeopáticos são indicados, e podem ser usados por quem pretende perder peso, mas os esforços não param por ai. Outros fatores precisam ser levados em consideração. Uma avaliação do estilo de vida da pessoa, dos problemas de estresse, da relação com a família e trabalho, já que a mente pode prejudicar a saúde do corpo, pois já sabemos que algumas doenças têm origem somatopsiquícas ou psicossomáticas. Fazer um levantamento de todas as mudanças pela qual a pessoa passou desde que começou a ganhar peso pode ser um caminho.

Um dos objetivos da homeopatia é corrigir o funcionamento do corpo por completo, trazendo de volta o equilíbrio, para que o efeito sanfona deixe de ser um problema, pois precisamos aprender a respeitar o nosso corpo, afinal é o templo do nosso espírito.

A homeopatia trabalha o corpo e a mente do paciente, e para isso diminuir a ansiedade, melhorar a qualidade do sono e controlar a ingestão de alimentos são essências durante do tratamento.

O Blog Homeopatia e Saúde, que é um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, apresenta esta matéria sobre como a homeopatia pode ajudar no emagrecimento, mais informações: https://goo.gl/wLDwn1

 

TAGS: Homeopatia, Emagrecimento, Perca de peso, Ansiedade

Alimentos e seus diferentes preparos

Quando o assunto é comida todos temos aquele prato ou receita favorita. São tantos os ingredientes e formas de preparos que às vezes fica difícil decidir qual receita preparar para aquela refeição especial. Na cozinha tudo pode ser transformado e aperfeiçoado, sendo ela um laboratório de sabores e aromas.

Vamos listar a seguir algumas ideias diferentes para o preparo e apresentação de alguns alimentos.

Gelo de café

Faça o café como de costume e leve ao freezer em forminhas de gelo. Assim que o café estiver sólido desenforme e bata no liquidificador com leite.

Pão recheado com ovo, bacon e queijo.

Pegue um pão italiano e corte uma tampa, em seguida retire todo o miolo deixando somente as paredes do pão. Forre o interior do pão com bacon fatiado, coloque um ovo cru e salpique queijo ralado por cima. Enrole o pão em papel alumínio e leve ao forno preaquecido.

Bananas congeladas com chocolate branco

Derreta o chocolate branco e reserve. Pegue duas bananas nanicas e divida ao meio, espete as bananas em palitos de sorvete, mergulhe as bananas no chocolate derretido, cubra com confeitos coloridos, coloque num refratário e leve para a geladeira até o chocolate endurecer. Não deixe muito tempo na geladeira para que o chocolate não comece a transpirar.

Batata assada com ovos, queijo e legumes

Cozinhe as batas com casca, retire todo o interior delas deixando somente as paredes. Recheie com queijo, banco, um ovo cru, os legumes e salpique orégano por cima. Leve ao forno até que o ovo cozinhe e doure por fora.

Bolo Zebra

Bata uma massa de pão de ló, divida essa massa em duas partes, numa delas coloque chocolate em pó. Numa assadeira despeje as massas uma de cada vez fazendo movimentos circulares sobre a forma, leve ao forno preaquecido.

Gelatina com frutas

Pegue duas laranjas peras e divida ao meio, retire todo o interior da laranja deixando somente a casca. Faça uma receita de gelatina no sabor de sua preferência, despeje a gelatina dentro das cascas de laranja e leve a geladeira até endurecer. Corte a metades das laranjas em vários gomos e sirva.

Esta é uma matéria que o Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, trouxe até você, para mais receitas acesse o link: https://goo.gl/CSN4JX

TAGS: Receitas, Alimentos, Preparo, Comida, Frutas

Considerações sobre o consumo de leite

A maioria de nós já deve ter ouvido falar que o homem é o único mamífero que toma leito durante a vida toda, entretanto esta afirmativa não está totalmente correta, pois o homem é o único mamífero que tem acesso ao leite no decorrer da vida, enquanto os outros animais não.

Algumas pesquisas comprovaram que a cerca de 10 mil anos atrás o leite da vaca era uma espécie de veneno para o ser humano, porque os mais velhos eram incapazes de produzir lactase, enzima que quebra a lactose.

Um dos principais componentes do leite de vaca é o cálcio, assim recomenda-se que um adulto consuma diariamente 1000 miligramas desse mineral, que é muito importante para a saúde dos ossos. Sendo que um copo de leite já atinge um quarto dessa necessidade.

Segundo a nutricionista Ligia Martini, professora na faculdade de Saúde Pública da USP, apesar do cálcio também ser encontrado em outros tipos de alimentos como nos vegetais verde-escuros, é no leite que encontramos mais desse mineral disponível, já que após a ingestão do leite a absorção de cálcio chega a 30%, com relação aos vegetais esse percentual cai para 5%.

São muitos os estudos sobre a contribuição do leite para osteoporose. A Universidade de Uppsala na Suécia, em 2014 causou comoção ao divulgar uma pesquisa realizada com 61433 mulheres e 45339 homens, onde comprovaram que o alto consumo de leite não só deixou a desejar em relação a proteção dos ossos, como também aumentou o risco de fraturas. Porém os próprios pesquisadores pedem ponderação na interpretação dos dados, pois mais pesquisas se fazem necessárias.

No Brasil o leite integral corresponde a 70% do mercado. Alguns estudos como o da Universidade Tufts, nos EUA, comprovaram os benefícios do leite integral na eliminação dos males ligados ao excesso de peso, o estudo mostrou que pessoas que consumem este tipo de leite é menos propensa a desenvolver o diabetes tipo 2.

A quantidade de gordura é só um dos aspectos ligados ao leite, hoje temos disponíveis diversos tipos de leite, tais como: com quantidade extra de proteínas, com vitamina D, ferro, fibras dentre outras opções. O importante é encontrar o leite certo para as suas necessidades.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, trouxe este assunto polêmico, pois acredita que pode ser de utilidade, matéria completa no link: https://goo.gl/VazRA6

TAGS: Leite, Saúde, Dieta, Cálcio

Dicas para secar aqueles últimos 7 quilos

Quando o assunto é perder peso são tantas as opções existentes que torna-se difícil decidir qual é a melhor dieta a ser seguida, qual vai ser a melhor alternativa para suprir as inúmeras necessidades e anseios, qual vai proporcionar uma maior perda de peso, dentre outras dúvidas que surgem pelo caminho e que sofrem a influência do nosso biótipo.

E mesmo depois de seguir a risca todas as recomendações da dieta escolhida os últimos quilos ainda são um desafio para o sucesso da dieta, por isso o Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, entendendo as necessidades de quem faz dieta vai compartilhar as dicas da nutricionista Rovenia M. Broock para quem precisa perder aqueles últimos quilinhos extras.

  1. Tome o café da manha até 1 hora após acordar, isso vai acelerar o metabolismo e auxiliar na queima de calorias.
  2. Beba até 2 litros de água diariamente para combater o acumulo de toxinas, já que o corpo, muitas vezes, confunde sede com fome.
  3. Evitar longos períodos sem se alimentar, faça lanchinhos entre as refeições, mas opte sempre por alimentos saudáveis.
  4. Dormir no mínimo por 7 horas para melhorar o humor e a memória, isso também ajuda a afastar o estresse e ansiedade do dia.
  5. Com relação aos lanchinhos, o recomendável é comer porções que cabem dentro do seu punho fechado.
  6. Elimine os refrigerantes e bebidas doces do seu cardápio, até mesmo as bebidas diet e zero não são opções seguras.
  7. Tente não consumir alimentos até 3 horas antes de dormir.
  8. Tenha um diário alimentar para administrar o que come e bebe, também anote os momentos em que sente mais fome, essas anotações podem ajudar a entender o porquê ainda não conseguiu eliminar os quilos que faltam.
  9. Sempre que sair para fazer compras leve uma lista do que precisa, isso ajuda a evitar a compra daqueles alimentos calóricos.  

As dicas completas estão disponíveis no link: https://goo.gl/KDttyb

Ovos brancos x ovos vermelhos

Uns falam “prefiro ovo branco”, outros falam “prefira ovo vermelho”, mas você sabe a diferença entre os dois? Hoje, aqui no Blog Homeopatia e Saúde, vamos explicar qual é a real diferença entre os tipos de ovos de galinha.

Será que um tem mais nutriente que o outro? Será que um tem um sabor mais forte que o outro? Porque? PORQUE? Eis a questão!

É verdade que o ovo marrom contém mais nutriente que o ovo branco?

Isso é mito! Apesar de obter a aparência completamente diferente, os ovos possuem os mesmo nutrientes, nem mais, nem menos. A única coisa diferente eles os ovos é o valor no supermercado.

Mas, por que os ovos possuem cores diferentes?

Simples! O segredo está na alimentação que a galinha recebe. Por exemplo, um bebê que está sendo gerada no ventre da mãe, ela (mãe) terá que se alimentar da maneira correta para que a criança venha ao mundo com toda a saúde. Correto? Com a galinha as possibilidades são as mesmas, única coisa que muda que a ave irá nos proporcionar o alimento saudável, ou seja, conforme a sua alimentação saudável, o ovo ganhará o sabor natural.

Em relação a cor não podemos mais se preocupar com esse fator, pois os dois possuem os mesmos nutrientes. Se os dois possuem os mesmo nutrientes, por quer possuem ovos marrons e ovos brancos e nunca em uma cor única?

Simples, tem a ver com o tipo de galinha. As galinhas possuem cores diferente. Há aquelas mais pretas vermelhadas e as brancas. Sendo assim, as galinhas mais escuras a vermelhadas produzirão ovos marrons, enquanto as brancas produzirão as cascas mais claras. Não poderíamos deixar de mencionar que se as duas mantiveram uma dieta saudável, sem margens, de dúvidas os ovos terão o mesmo sabor.

Esperamos que sua dúvida em relação aos ovos fosse todas resolvidas. Caso você possua alguma galinha, já sabe a maneira adequada de alimentar a ave para que venha produzir alimentos ricos em nutrientes para nutrir o corpo.

O Blog Homeopatia e Saúde é uma publicação vinculada à Clínica Similia e aos doutores Ariovaldo Ribeiro Filho e Ana Lucia Dias Paulo.

Óleo – o vilão da alimentação

Apontado como o vilão da cozinha, o óleo vegetal é usado sem restrição, tanto em casa, como nos produtos que compramos prontos. Segundo texto selecionado pela equipe do Blog Homeopatia e Saúde, publicado originalmente no portal BBC, o óleo vegetal é tão abundante e barato que é usado sem critérios.

A realidade o óleo vegetal, mais especificamente o de soja, está entre os ingredientes que fornecem 85% das calorias consumidas no mundo. São elas trigo, arroz, milho, açúcar, cevada, batata e óleo vegetal de soja e óleo de palma (dendê).

 

A cultura das calorias baratas

Para os pesquisadores especializados em segurança alimentar e sustentabilidade da Universidade de Leeds, no Reino Unido, a produção de óleos vegetais e as culturas oleaginosas cresceram consideravelmente nas últimas três décadas.

Esse crescimento foi incentivado por uma combinação de acordos comerciais, que tornaram mais barato e fácil exportar e importar óleo, e políticas governamentais. Por exemplo, os subsídios em países como Malásia e Indonésia, destinados a aumentar a produção para exportação, ajudaram a baixar o preço do óleo vegetal.

 

Leia o texto completo no portal BBC AQUI.

O Blog Homeopatia e Saúde é uma publicação vinculada à Clínica Similia e aos doutores Ariovaldo Ribeiro Filho e Ana Lucia Dias Paulo

Alimentos saudáveis que causam problemas na saúde

Não é porque o alimento é considerado saudável que está liberada a sua ingestão em demasia, pois todo excesso trás consequências e os alimentos que listaremos abaixo são a prova dessa máxima.

Vale salientar que os alimentos saudáveis podem ajudar na dieta, entretanto, também podem causar problemas para a nossa saúde.

Bolacha de arroz: apesar da baixa quantidade de gordura e calorias, elas são puro carboidrato, o que causa problemas no LDL (conhecido como colesterol ruim).

Chá verde: acelera o metabolismo e funciona como um termogênico, porém, tem muita cafeína. Se tomado em excesso causa problemas vasculares e aumento da pressão arterial.

Linhaça: utilizado como substituto da farofa pelos seguidores de uma dieta saudável, mas contém fitohormônios, que em abundância altera o sistema endócrino e hormonal do corpo.

Isotônicos: usados após exercícios físicos para repor rapidamente os líquidos perdidos durante a atividade, contudo possui muitos sais minerais, que em demasia podem virar cristal e causar pedras no rim ou em outros locais do canal urinário.

Frango: a carne mais sugerida para o consumo, mas a carne do frango precisa ter uma boa procedência, pois os hormônios injetados nela podem ser transmitidos para o organismo.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, encontrou este artigo interessante no seguinte link: https://goo.gl/Sj87XB

 

TAGS: Saúde, Alimentos, Dieta, Hormônios

Alimentos que auxiliam no combate da hipertensão

As doenças cardiovasculares são uma das principais causas de morte no Brasil, sendo que mais da metade dos casos são em decorrência da hipertensão arterial. Conforme levantamento da Sociedade brasileira de hipertensão, 30% da população adulta brasileira sofre de pressão alta, em relação à população da terceira idade este percentual sobe para 50%. Dia 26 de abril é o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial. Por isso o Blog Homeopatia e Saúde, traz esse tema, de extrema relevância para os brasileiros.

Apesar de não ter cura a hipertensão pode ser controlada e evitada por meio de mudança de hábitos, além de atividades físicas é possível fazer esse controle incluindo alguns alimentos na dieta.

O Blog Homeopatia e Saúde, espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, vai passar para vocês aquela lista esperta de alimentos que ajudam no combate e controle da pressão arterial.

Aveia

Excelente fonte de fibras e cereais, pertence à família dos carboidratos, ajuda na evolução do emagrecimento porque tarda o esvaziamento gástrico, e amplia a sensação de saciedade. Por isso ajuda no controle da glicose sanguínea.

O magnésio presente na aveia ajuda a relaxar a musculatura e a diminuir o inchaço corporal.

Amêndoa e noz

Graças à presença de magnésio amêndoa e noz funcionam como vasodilatadores, pois ampliam os vasos sanguíneos o que é de grande ajuda no controle da pressão arterial.

Também são ricas em vitamina E, um antioxidante natural que retarda o envelhecimento e várias complicações cardíacas.

Alimentos ricos em Omega 3

Substância que pode ser encontrada em linhaça, salmão sardinha, atum e azeite, os ácidos graxos Omega 3 precisam ser ingeridos por pessoas com hipertensão em doses acima do recomendado.

O consumo do Omega 3 está relacionada com a diminuição da vasocontrição e ao aumento da vasodilatação.

Ervas

O coentro, o alecrim, a cebolinha, a salsa, a sálvia, o manjericão, o louro e o tomilho, por serem de alimentos naturais, podem substituir o sal nas refeições, assim possibilitando uma diminuição do sódio na alimentação.

Alho

Rico em vitamina C, o alho é um poderoso antioxidante, que ajuda a diminnuir os radicais livres, que são os responsáveis pelo envelhecimento precoce, câncer e doenças cardíacas.

Cereais integrais

A concentração de magnésio encontrada nos cereais estimula a dilatação dos vasos sanguíneos, diminuindo o inchaço em pessoas que sofrem de retenção de líquidos.

Alimentos ricos em potássio

O potássio está presente no inhame, feijão, maracujá, laranja, abóbora, espinafre, cenoura, banana dentre outros. O potássio atua como um natriurético ajudando na eliminação do sódio pelo organismo.

Leite e seus derivados

O leite é uma fonte de cálcio, e atua como hipotensor, deste modo ele diminui a pressão arterial sanguínea.

Artigo retirado do link: https://goo.gl/M2qqwX

 

TAGS: Hipertensão, Pressão Arterial, Combate, Controle, Homeopatia

 

Benefícios e malefícios do consumo do café

Hoje é o dia mundial do Café. Você sabe quais os benefícios e malefícios desse grão?

A cafeína é uma das substâncias encontradas no café, por causa dela o café é muito usado para melhorar o desempenho. O café é uma bebida estimulante que acelera o sistema nervoso central, o que desencadeia aquela sensação de alerta, fazendo com que a pessoa sinta-se desperta e mantenha-se acordada.

Sim, são muitos os benefícios do café e o blog Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, vai contar algumas recentes descobertas sobre esta bebida.

  • Cientistas da universidade Johns Hopkins concluíram que duas xícaras de café podem ser benéficas à memória.
  • Motoristas que consomem café regularmente possuem 63% menos chances de causarem acidentes.
  • O consumo diário de café pode proteger as pessoas de desenvolverem a forma mais comum de câncer no fígado.
  • Entretanto, o consumo exagerado de cafeína pode causar transtorno mental temporário e síndrome de abstinência.
  • A cafeína pode levar a desidratação por causa do seu efeito diurético.
  • Por causa do seu efeito vasoconstritor o café aumenta a pressão sanguínea e pode levar à arritmia.
  • Cafeína pode ampliar os problemas gástricos irritando o sistema digestivo.
  • A cafeína prejudica a ingestão do cálcio pelo intestino o que pode causar osteoporose.

Estas descobertas podem ser conferidas todas no link: https://goo.gl/MC28PK

 

TAGS: Café, Cafeína, Consumo, Estimulante

Chás gelados garantem bem-estar e perda de peso

O calor não vem dando trégua no Brasil. Já pensou em aliar deliciosas receitas de chás gelados e, de quebra, garantir a perda de peso? Bom, se você é o tipo de pessoa que não se adaptou os sucos detox, o blog Homeopatia e Saúde trouxe o conteúdo que você estava buscando para potencializar sua dieta. E mais: o fato de a bebida estar gelada auxilia muito no seu objetivo final, garantindo um metabolismo acelerado.

Isso porque quando ingerimos algo gelado, nosso corpo vai ter que trabalhar mais para normalizar a temperatura da bebida. Todo esse processo faz com que o organismo queime mais calorias. Os coringas dessa proposta são muitos, como o chá de hibisco, de cavalinha, chá branco, de gengibre, carqueja e também o popular chá verde. Cada uma dessas opções requer um preparo diferente.

Por exemplo: se você quer o chá de hibisco, primeiro leve ao fogo 1 litro de água e deixe ferver. Depois disso, acrescente duas colheres de hibisco desidratado, abafe a infusão e deixa lá por até 10 minutos. Após isso, coe o chá e deixe na geladeira para chegar na temperatura ideal. Consuma todos esses frios.

Se quiser ver qual o procedimento adequado para cada erva e a receita certa para preparar o chá, o blog Homeopatia e Saúde, da Clínica Similia, selecionou o material ideal para você. Clique aqui e continue lendo.

Médico defende que não se pode obrigar os filhos a comer

Pediatra defende que os pais não devem obrigar os filhos a comer. É sobre esse assunto que o médico espanhol Carlos Gonzáles aborda no livro “Meu Filho Não Come”, da editora Timo. Para se aprofundar mais no tema, o blog Homeopatia e Saúde pesquisou a respeito e encontrou um material rico em informações sobre esta afirmação defendida pelo pediatra. O blog faz parte da Clínica Similia, comandada pelos médicos Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo.

Na obra de 224 páginas, o autor pontua que os pais criam muitas expectativas frente ao comportamento dos filhos e acabam achando que as crianças comem pouco, o que na realidade não procede. O médico defende que toda criança ingere exatamente aquilo que necessita, a não ser em casos que esteja doente.

A postura de Gonzáles divide opiniões. Ele defende também que os pais devem permitir que os filhos fiquem no colo o tempo que for necessário e durmam na mesma cama dos pais o quanto achar que devem. Quando o assunto é alimentação, o equívoco maior cometido pelos pais é o de obrigar os filhos a comer, além de prometer prêmios ou convencê-los a ingerir todos os alimentos postos no prato a partir de ameaças de castigos ou chantagem emocional.

O blog Homeopatia e Saúde buscou uma entrevista que o espanhol concedeu quando veio ao Brasil divulgar o livro. Se quiser continuar lendo sobre este assunto, clique aqui.

Outono é a estação ideal para alimentação saudável

Em uma estação como o outono, já podemos nos programar para uma alimentação diferenciada. Além do clima ameno, o início de um tímido friozinho, também entram em cena uma safra diferenciada de frutas, legumes e também verduras. Isso pode beneficiar, e muito, a sua alimentação e de quem convive com você. Vamos nos programar?

Nós do blog Homeopatia e Saúde destacamos os principais itens desse período, em especial as frutas, que são abundantes nessa época. Em ordem alfabética, começamos pelo abacate, que auxilia no controle do colesterol, contribuindo com uma pele melhor e também um sistema circulatório. Outra fruta da época é a banana, rica em potássio – não à toa muito recomendada para atletas, a fim de evitar câimbras.

Entra na lista também o caqui, fruta esta que entra no segmento dos antioxidantes. Isso significa que combate o envelhecimento precoce. Muito bom, não? O coco tem como principal característica melhorar o funcionamento intestinal e ser diurético. Já os figos são ricos em magnésio, potássio, cálcio, ferro e ainda fibras. No caso da goiaba, esta não tem muito açúcar, gordura ou calorias, além de ser referência em vitaminas do tipo A, B1 e C.

Kiwi, limão, maracujá, tangerina e laranja são frutas ricas em vitamina C – se consumidas com alimentos em ferro, auxiliam o organismo a melhor absorver por conta dessa vitamina. A maçã contém vitaminas B1, B2 e niacina. Já o mamão auxilia, e muito, o sistema digestivo. Além disso, é uma fruta muito rica em propriedades terapêuticas e também contribui na cicatrização, sendo recomendada sua ingestão em quem sofre com gastrite e úlceras.

Falando em legumes e verduras, a lista também é grande. Temos abobrinha, que é encontrada de março até maio, e se destaca pela pouca quantidade de calorias que possui. Sinal positivo para dietas balanceadas ou quem está buscando alternativas de alimentos para o emagrecimento. Agrião, almeirão, berinjela, beterraba e brócolis são exemplos de abundância nessa fase. Você também sabia que essa estação é a da batata-doce? Além de dar saciedade, é fonte de cálcio e potássio.

O blog Homeopatia e Saúde é vinculado à Clínica Similia, do Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, médicos homeopatas que destacam e reforçam a importância de uma alimentação saudável rica em alimentos naturais e orgânicos. Outros exemplos de alimentos que dão no outono são: espinafre, jiló, nabo, repolho e rúcula.

Opções não faltam, não é mesmo? Sem desculpa para um prato sem cor nas principais refeições do dia!

No verão, aposte em alimentos mais leves

Na estação mais quente do ano, é importante manter uma alimentação balanceada e leve para enfrentar o calor e, de quebra, aprender a ter uma alimentação equilibrada. Investir em hábitos saudáveis é um importante mecanismo para manter a qualidade de vida e o bem-estar, e foi pensando nisso que o blog Homeopatia e Saúde buscou mais informações sobre o que comer em dias quentes.

Vale lembrar que além de consumir alimentos leves, é importante lembrar sempre de se manter hidratado e ingerir muita água. Até porque é nesse período do ano em que nosso corpo transpira em excesso. Portanto, a dica número um é andar sempre com uma garrafa de água por perto e não esperar o corpo pedir hidratação – se chegarmos a este ponto, é sinal de que o organismo já está desidratando.

O que consumir?

A dica do blog Homeopatia e Saúde, da Clínica Similia, é apostar em sucos, por exemplo o suco verde para iniciar o dia com mais energia é uma boa pedida, pois além de desintoxicar o organismo, ajudam o intestino a funcionar melhor. A combinação de frutas e vegetais garante a limpeza do organismo, além de serem diuréticos, ajudando a desinchar.

Não esqueça de consumir carboidratos bons, como é o caso dos integrais, batata doce e a tapioca. Carnes magras devem acompanhar os pratos, que também devem ser recheados com muita salada. As folhas e os vegetais garantem saciedade e caem muito bem em um cardápio de verão. Aproveitando a deixa de uma vida mais leve, lembre-se de fracionar as refeições para garantir que o metabolismo continue trabalhando em um ritmo mais acelerado.

A dica para consumir mais água se você é uma daquelas pessoas que não conseguem manter o ritmo de ingestão de líquido é apostar nas águas saborizadas com frutas e ervas. Além do sabor especial, esse toque a mais transfere as propriedades desses alimentos para o seu organismo.

Evite

Alimentos muito gordurosos, queijo amarelo, carne vermelha, fritura, comida a base de leite, maionese e doces muito pesados devem passar longe, uma vez que podem prejudicar a sua saúde. Pratos com muito condimento não são recomendados também, pelo mesmo motivo. Mesmo que seja refrescante para alguns, o excesso de consumo de bebidas alcoólicas em períodos de muito calor não é recomendado, em especial se o drink foi muito doce ou tiver cafeína – o efeito nesse caso é o contrário, em vez de se hidratar, essa ingestão vai fazer com que o seu corpo perca água.

Essas recomendações são reforçadas pelo blog Homeopatia e Saúde a fim de priorizar uma vida mais leve e saudável. O blog é vinculado a Clínica Similia, comandada pelo Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo

Mude os hábitos para acelerar o metabolismo

Enfrentar qualquer dieta pode ser muito difícil, em especial nos primeiros dias. Por isso que tornar um hábito é sempre mais vantajoso para o corpo se adaptar a uma nova rotina de alimentação e atividade física. Pensando em te auxiliar nesse processo de emagrecimento que o blog Homeopatia e Saúde, da Clínica Similia comandada pelo Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo trouxe uma matéria que lista os 11 hábitos que podem te ajudar a acelerar o metabolismo e, consequentemente, contribuir na perda de peso.

Leia com atenção e aplique no seu dia a dia para resultados mais satisfatórios, principalmente se o seu objetivo é emagrecer com saúde. Confira os 11 passos:

– Tenha horário para se alimentar;

– Beba muita água;

– Ingira mais produtos lácteos;

– Exercite seu corpo;

– Levante cedo;

– Não restrinja os carboidratos da dieta;

– Evite comer fast food entre as refeições ou no lugar delas;

– Substitua o sal marinho por sal com iodo;

– Aposte em alimentos de origem orgânica;

– Atente-se aos níveis de ferro do seu organismo;

– Fique longe do estresse;

Anotou tudo aí? Se quiser ler mais a respeito sobre cada item e suas especificidades, o blog Homeopatia e Saúde selecionou o material ideal para você. Clique aqui e saiba mais sobre os hábitos saudáveis.

Saiba quais alimentos evitar para o seu filho pequeno

Quando o assunto é filho, a educação se estende até mesmo a alimentação: quanto mais cedo se aprende a comer bem, menos trabalho futuro para uma reeducação alimentar para extinguir maus hábitos. O blog Homeopatia e Saúde, da Clínica Similia, encontrou um estudo divulgado pelo Ministério da Saúde que aponta que quase 61% das crianças com menos de 2 anos já consumiram ou consomem bolachas, biscoitos ou bolo e 32,3% ingerem suco artificial ou refrigerante. Fora esses alimentos que não são recomendados para crianças, há uma lista de outras opções que não devem ser oferecidas aos pequenos nessa faixa etária.

Evite

É o caso do mel, que pode estar contaminado por esporos de uma bactéria chamada Clostridium botolinum, principal responsável pelo botulismo. Nesse caso o sistema imunológico da criança não está formado e precavido para encarar esse tipo de bactéria. Outro alimento que oferece esse risco de contaminação é o amendoim, que além de ser potencial desencadeador de alergias, contém uma substância chamada aflatoxina, originária de um fungo e pode intoxicar o pequeno.

Embora sejam os preferidos das crianças, doces não devem ser oferecidos até os dois anos, porque isso faz com que o paladar fique cada vez mais doce e induza as crianças a quererem consumir mais desse tipo de alimento. Mesmo pensamento se aplica ao chocolate, que contém muito açúcar e gordura, podendo prejudicar o sono da criança. Já que estamos falando de doces, achocolatado, refrigerantes e adoçantes não são indicados, bem como a gelatina, que possui muito corante e conservante, principais responsáveis por alergias na pele.

Quando o assunto é conservante, os embutidos e enlatados além de não oferecerem valor nutricional, são ricos em conservantes e sódio. Fritura, bolacha recheada – cheia de gordura trans -, e sucos artificiais também devem ficar fora do cardápio das crianças. O blog Homeopatia e Saúde reforça a importância de uma alimentação balanceada e saudável desde cedo. Responsáveis pela Clínica Similia, o Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo destacam a importância de um prato sempre colorido.

Melhor opção

Opte por frutas, verduras, legumes, para enriquecer o cardápio dos seus filhos. Além de estimular as crianças a se alimentarem com qualidade desde cedo, com base no aprendizado, preocupar-se com o cardápio oferecido para elas auxilia a evitar possíveis crises alérgicas ocasionadas por alguns alimentos, como é o caso do leite de vaca, por exemplo. A saúde do seu pequeno agradece!

Emagrecer é uma questão de atitude

Se você é uma das pessoas que pensam que emagrecer é uma finalidade, está na hora de mudar os conceitos. O emagrecimento é um processo e não um fim. Não é apenas uma questão de fazer dieta e restringir a ingestão de calorias, mas principalmente de atitudes e estilo de vida.

O Blog Homeopatia e Saúde, uma publicação da Clínica Similia – Homeopatia de qualidade em São Paulo – Região da Av. Paulista, vinculada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, selecionou um artigo com as atitudes essenciais que vão te ajudar a emagrecer. Confira a lista feita pela nutricionista especialista Roberta Stella!

 

  1. Não pense a curto prazo

Sempre projete e idealize para longo prazo. Perder peso é uma mudança de hábitos e estilo de vida, por isso deve ser sempre pensado de forma gradual. Trabalhe com metas como um quilo por semana ou mesmo meio quilo.

 

  1. Seja otimista

Pensamento positivo também é um estilo de vida. Boas atitudes atraem boas energias, então nada de pensar que tudo e todos estão contra você.

 

  1. Foco na meta

Seu foco não deve ser na restrição de alimentos, mas sim no objetivo de peso. A boa alimentação será uma escolha consequente.

 

  1. Não dê chance para a ansiedade e estresse

Quando perceber a aproximação desses pensamentos negativos, faça algo que goste para descontrair antes de pensar em descontar na comida.

 

  1. Nada de desculpas

Se quer realmente emagrecer, não se dê desculpas para comer aquilo que está na meta para ser evitado. Não deixe os doces tão acessíveis ou estará se boicotando.

 

Leia na íntegra: https://goo.gl/YpfAOy

Tags: emagrecer, reeducação alimentar, hábitos saudáveis