Atitudes simples que ajudam a estimular a inteligência dos bebês

Assim que nascem os bebês já são capazes de interagir e aprender com o meio social que os cerca. Conviver com os pais é a melhor forma de estimulação ainda nos primeiros anos de vida dos pequenos. Esse contato é muito benéfico para a saúde física e mental das crianças. Ainda não se convenceu?  A ciência já comprovou que 50% do desenvolvimento do cérebro infantil acontece no primeiro ano de vida. É nessa fase que os estímulos certos podem ajudar a melhorar a inteligência e percepção infantil.

A partir dos estímulos os pais conseguem transmitir mensagens que constroem o universo afetivo, psíquico e cultural do bebê.

O Blog Homeopatia e Saúde, que é um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, lista a seguir algumas atitudes que os pais podem tomar para estimular a inteligência dos pequenos.

Sempre que estiver amamentando ou conversando com o bebê mantenha o contato visual, são em momentos como esse que a criança começa a registrar sensações e construir a memória, visto que os bebês já nascem prontos para essa vivência com a mãe.

Demonstre os seus sentimentos, pois as crianças são capazes de ler as expressões faciais e corporais dos adultos em sua volta.

Cante para o seu bebê, ou coloque música para ele escutar, estudos já comprovaram que a música clássica ajuda no aprendizado da matemática.

Na hora de trocar a fralda dê leves batidinhas na barriga e no bumbum da criança, essa atitude vai despertar o sentido do humor.

Converse com o seu bebê, fale sobre qualquer coisa como: o tempo, sobre como ele mudou a sua vida, o importante é sempre conversar com a criança. Não se esqueça de fazer pausas durante a conversa para o bebê aprender o momento de falar e o de ouvir, isso vai ajudá-lo a perceber a melodia e o timbre da sua voz.

Leve o bebê para passear, ele precisa de outros tipos de estímulos para se desenvolver, mas tenha cuidado com a quantidade e qualidade desses estímulos, pois o excesso pode deixar o bebê mais agitado.

Durante o banho aproveite esse momento para ensinar os pequenos as partes do corpo humano, enquanto a criança se diverte você vai dizendo o nome dos membros do corpinho dele.

A partir do quinto mês brinque com o bebê na frente do espelho e mostre coisas novas, como o umbigo.

Deixe o bebê sentir o cheiro das coisas na hora do banho, do almoço, essa simples atitude vai ajudar a criança a desenvolver sensações básicas de prazer e satisfação.

Brincar de esconde-esconde, essa brincadeira ajuda os bebês a superar situações de separação, como no caso da mãe que sai para trabalhar.

Deixe as crianças manusearem objetos coloridos e com luzes.

Permita que o bebê ande sobre o seu corpo, isso vai ajudar na coordenação motora da criança.

Faça massagens suaves nos pés, barriga e braços, o contato desencadeia sensações de afeto e segurança.

São pequenas atitudes que os pais podem tomar e ajudar no desenvolvimento intelectual e físico do bebê, entretanto é importante respeitar o tempo de desenvolvimento da criança, pois cada indivíduo tem o seu ritmo próprio de evolução.

Para matéria completa acesse: https://goo.gl/MzUVfR

 

 

TAGS: Bebês, desenvolvimento, afeto, estimulo, inteligência

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *