Bem Estar

Bem Estar

Exercícios físicos, mente consciente satisfação pessoal, corpo são! Saiba mais »

Crianças

Crianças

Dicas de saúde e relacionamento com as crianças. Saiba mais »

Dieta e Alimentação

Dieta e Alimentação

Alimentação saudável, dicas de dietas e como se alimentar. Saiba mais »

Mulher

Mulher

A saúde da mulher, de forma bem explicada. Saiba mais »

Homeopatia

Homeopatia

Como a homeopatia pode atuar nos problemas de saúde. Saiba mais »

 

Coceira de mosquito

A picada de mosquitos além de ser incômoda também podem transmitir doenças como é o caso da Zica e da dengue. A picada ainda causa reações na pele como inchaço, vermelhidão e a famosa coceira de mosquito.

O Blog Homeopatia e Saúde vai mostrar como acabar com as reações que surgem após a picada de mosquitos:

Algumas receitas caseiras conseguem diminuir a coceira, é o caso da maisena com água e gelo sobre o local afetado. Entretanto não há comprovação cientifica da eficácia, e o aconselhado é procurar ajuda médica se os sintomas não desaparecerem em alguns dias, para que ele indique o tratamento do problema.

Coçar

As unhas podem machucar e aumentar o risco de infecção no local, por isso é preciso evitar coçar a área atingida. Para fugir da tentação de coçar o local afetado uma boa dica é cobrir a área com um curativo ou faixa, utilizar roupas que cubram a picada também é uma boa alternativa, assim como aparar as unhas.

Aplicar água fria no local da picada ajuda a aliviar a sensação de coceira.

As vitaminas do complexo B não aliviam a coceira como muitos acreditam, na verdade o seu consumo pode ajudar a evitar as picadas, mas para que isso seja possível é preciso ingerir a vitamina 15 dias antes de visitar qualquer local com risco de picadas.

A roupa também pode aumentar a sensação de coceira, por isso evite tecidos sintéticos e roupas apertadas, tente usar roupar folgadas e de tecidos leves. O importante nos casos de picada de mosquitos é não irritar ainda mais a pele coçando a região afetada.

O Blog Homeopatia e Saúde, é um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo.

Para a matéria na íntegra: https://goo.gl/xGZZhx

TAGS: Mosquito, Picada, Zica, Dengue, Coceira

Andar descalço faz mal à saúde?

Que atire o primeiro “chinelo” quem nunca ouviu a mãe dizer “vai por um chinelo, pois ficar andando descalço vai te deixar doente”. Sim, todos nós algum dia de nossas vidas ouvimos que andar descalço faz mal a saúde, mas será que isso é verdade?

Vamos explicar mais essa dúvida que atormenta as mães mais protetoras há milênios e quem sabe tranquilizá-las.

Andar descalço sobre o chão frio não prejudica a nossa saúde, isso mesmo, agora já podemos sair desfilando pela casa sem medo de ser feliz.

Pois andar descalço sobre superfícies frias não aumenta o risco de doenças.

Gripes e resfriados, geralmente, são associados ao hábito de andar descalço sobre o chão frio, entretanto, essas doenças são causadas por vírus. “O choque térmico não causa essas doenças”,

O frio pode causar doenças respiratórias, por causa da baixa umidade do ar, assim como a permanência em locais fechados ajuda a propagar os vírus. Essa é mais uma prova de que andar descalço não aumenta o risco desse tipo de problema.

O contato com superfícies frias é um problema para pessoas que têm reumatismo, pois esse contato aumenta a sensação de dor. Mas não precisa se preocupar, já que andar descalço não transmite o reumatismo.

Porém, em casos de ferimentos nos pés é preciso evitar andar descalço, uma vez que essa prática pode aumentar a contaminação da área atingida. Também é preciso ficar atento para não ferir os pés enquanto caminha descalço.

Mesmo que andar descalço não cause problemas respiratórios, essa prática pode causar outros problemas como cortes e ferimentos, por isso essa pratica deve ser evitada, principalmente na rua.

Quer sabe mais? Acesse o texto na íntegra: https://goo.gl/aBbAW6

O Blog Homeopatia e Saúde, é um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo.

TAGS: Pés, Saúde, Gripe e Resfriado, Descalço

Quer emagrecer e ainda gastar pouco: programe-se

Manter uma alimentação equilibrada é essencial para a sua saúde e bem-estar, para ter uma alimentação saudável é preciso incluir vegetais e frutas nas refeições diárias. O Blog Homeopatia e Saúde, dá a dica: quer emagrecer e ainda gastar pouco: programe-se.

Para conquistar um cardápio balanceado planejar as refeições é o melhor caminho, pois com planejamento podemos economizar na hora de preparar os pratos do dia, ou semana, já que dá para comprar os ingredientes com antecedência e prepara-los com o devido cuidado. Além de proporcionar uma dieta mais benéfica para o organismo.

Preparar marmitas também é uma boa opção para quem quer manter uma alimentação mais equilibrada, pois elas podem ser congeladas e consumidas quando necessário.

A seguir vamos mostrar dicas das famosas na hora de preparar suas marmitas para a semana.

Dicas das famosas

Potes com divisórias são os escolhidos da fisioterapeuta Marcela Paim, em suas refeições ela usa vegetais como brócolis, berinjela assada e tomate cereja, intercalando carne e frango no decorrer da semana.

A modelo Gracyanne Barbosa também é uma adepta das marmitas no momento das refeições do dia a dia, ela prepara pratos que incluem couve-flor, brócolis, salmão com vagem, tomate cereja e aspargos.

Juju Salimeni mantém a forma preparando sua própria refeição. Juju diz ainda que menos é mais, uma de suas opções favoritas é o hambúrguer de patinho com arroz integral e legumes cozido, simples e saboroso.

Nas refeições do dia a dia a blogueira Juliana Ferreira prepara com antecedência as refeições da semana, ela faz pratos simples como frango grelhado com batata doce e legumes, no jantar frango com batata doce e brócolis.

Planejar as refeições da semana, assim como os lanches facilitou a rotina da engenheira civil Jenifer Tertuliano. Para o almoço ela prepara frango em cubos com brócolis e arroz integral, a salada é colocada em outro pote e precisa ser mantida na geladeira até o momento de consumir. Se preferir a alface pode ser cortado na hora para não soltar água.

Rebeca Oliveira gosta de colorir os pratos escolhendo bem os alimentos, a blogueira costuma incluir diversos legumes para deixar a refeição mais nutritiva e rica.

Peixes também precisam fazer parte da deita, por isso a comissária de bordo Cimara Moutinho combina filé de Tilápia com arroz integral e brócolis.

Os adeptos das dietas vegetarianas podem preparar as suas marmitas utilizando vários tipos de legumes como berinjela e cenoura, esse é o caso da bibliotecária Adriana Ornellas que cria pratos como feijão branco com linguiça de tofu e soja e abobrinha e berinjela refogados com brócolis.

Levar a marmita para a faculdade é uma ótima alternativa para manter uma alimentação saudável e balanceada, essa foi a solução encontrada pela estudante Bárbara Cavalcanti, que usa duas proteínas (peixe e frango) além de brócolis, couve-flor e ovo de codorna para preparar as refeições da semana.

Para aqueles que não aguentam mais comer batata doce o vegetal pode ser substituído pela mandioca, Guilherme Paiva é um paulista que gosta de usar a mandioca como acompanhamento de frango e legumes variados.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, pretende com esse artigo mostrar que com planejamento é possível criar um cardápio para a semana saudável e nutritivo. Para matéria completa acesse: https://goo.gl/hrsCYr

Consulte sempre um nutricionista.

 

TAGS: Marmita, Cardápio, Alimentação balanceada, Saúde

Por que estudar faz bem à saúde mental?

Um estudo revela que pessoas que estudam mais tende a ser mais felizes e têm uma maior expectativa de vida.

A relação entre educação e os benefícios sociais vem sendo reconhecida há muito tempo, ainda na Grécia Antiga quando Aristóteles e Platão ressaltaram a importância do estudo para o bem-estar social. Assim pesquisas recentes vêm revelando que a educação não só abrem as portas para o mercado de trabalho como ajuda a melhorar a saúde, a promover a cidadania e a diminuir a violência.

Pessoas que estudaram mais são mais felizes porque alcançam maior satisfação em diferentes aspectos da vida. Sendo que essa satisfação é 18% maior em concluiu o ensino superior em comparação aos indivíduos que não concluíram o ensino médio.

Os dados mostraram também que a expectativa de vida está fortemente ligada à educação, pois um indivíduo de 30 anos com ensino superior pode viver 8 anos a mais que um que não completou a educação básica.

Pessoas com maior nível de escolaridade se mostraram mais engajadas socialmente, participando ativamente do processo eleitoral, voluntariado e na vida política, além de serem mais autoconfiantes.

A educação desempenha um papel importante no crescimento econômico, já que a inovação e o conhecimento ajudam na melhoria dos padrões de vida, incentivando a economia e influenciado nas políticas públicas.

Pessoas com maior nível de educação são mais preocupadas com a própria saúde, assim reduzem o tabagismo, praticam atividades físicas regularmente e diminuem o consumo de bebidas alcoólicas, bem como evitam o consumo de drogas.

Além de melhorar a renda estudar desenvolve as habilidades dos indivíduos, reduz os números da violência e aumenta a participação na sociedade. Ao reconhecer o poder da educação as autoridades precisam criar políticas que contemplem um maior acesso a educação de qualidade.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, matéria completa no link: https://goo.gl/uFV4zd

 

TAGS: Estudo, Sociedade, Educação, Políticas públicas

Pare já de reclamar

Desde que a pessoa não exagere reclamar é um comportamento socialmente aceitável. Entretanto a ciência alerta que esse hábito é prejudicial à saúde. Apesar de muitas pessoas acreditarem que reclamar é uma boa maneira de eliminar os sentimentos ruins, e que isso as faz se sentirem melhor, na realidade, expressar sentimentos negativos é muito ruim para o humor de todos.

Segundo o filosofo e cientista da computação Steven Parton “reclamar não só transforma negativamente o cérebro, como também influência negativamente a sua saúde mental”. Pois o nosso cérebro foi programado para ter pensamentos repetitivos vez ou outra, entretanto pessoas que tem pensamentos negativos regularmente são mais propensas a terem sentimentos negativos naturalmente. Ter uma atitude negativa frequente faz com que sua personalidade se torne negativa.

Pra quem quiser fortalecer a sua capacidade de ser positivo e enfraquecer os pensamentos negativos que causam tristeza é preciso cercar-se de pessoas felizes, que aponte o seu cérebro para a direção do amor. Por isso mantenha-se longe de pessoas negativas.

Abandonar o hábito de reclamar e manter-se longe de atitudes negativas vai proteger a sua saúde mental e física. Pois quando o cérebro está enviando impulsos negativos, isso enfraquece o sistema imunológico, além de aumentar a pressão sanguínea, os riscos de doenças cardíacas, diabetes e uma infinidade de problemas de saúde.

O estresse também é um sentimento que deve ser evitado, pois ele libera o hormônio cortisol, quando você é negativo libera quantidades elevadas de cortisol que interfere na memória e aprendizado, reduz a densidade óssea e a imunidade, além de elevar o colesterol e o peso.

Porém da mesma forma que os pensamentos negativos podem influenciar a nossa vida os positivos também podem, assim Parton explica que devemos transformar as nossas atitudes pensando positivamente sobre tudo. Ao aprendermos a direcionar a nossa mente para a positividade, podemos melhora os nossos pensamentos, e consequentemente, a nossa vida e saúde.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, acredita no poder do pensamento positivo, por isso trouxe mais esse artigo interessante, texto completo no link: https://goo.gl/1tGCkk

 

TAGS: Reclamar, Pensamento positivo, Saúde, Negatividade

 

Quer viver muito? Veja essas dicas

Em 2009 graças as suas pesquisas sobre os telômeros a Dra. Elizabeth Blackburn recebeu o prêmio Nobel de Medicina.

A partir de suas pesquisas, centenas de estudos foram realizados em todo o mundo provando que a ausência de uma dieta balanceada, atividades físicas e uma saúde mental deteriorada podem esgotar os telômeros, colocando-os em risco e aumentando as probabilidades de doenças. Entretanto, muitas dessas pesquisas ainda não são acessíveis a todos, comenta Blackburn, em parte porque o campo de pesquisas sobre os telômeros ainda é novo.

Por isso a Dr. Blackburn se juntou a Dra. Elissa Epel, psicóloga de saúde, para compartilhar o que descobriram durante suas pesquisas no livro O segredo está nos telômeros, que foi lançado pela editora Planeta este ano. A publicação trás conselhos, baseados em anos de pesquisa, sobre como ter uma vida mais saudável, que não depende de dietas da moda ou de mudanças radicais no estilo de vida, pode paralisar o encurtamento dos telômeros e consequentemente retardar o processo de envelhecimento.

Os telômeros ficam nas extremidades dos cromossomos, eles são como o plástico que protege a ponta do cadarço.

Fatores como estresse crônico, falta de exercício e sono, além de uma dieta pobre podem fazer com que seus telômeros se deteriorem. Com o desgaste dos telômeros os cromossomos perdem a proteção, isso atrapalha a capacidade das células de trabalhar adequadamente, o que acelera o processo de envelhecimento.

Para fortalecer os telômeros é preciso fazer algumas mudanças no estilo de vida, sendo que em apenas algumas semanas já dá para ver os resultados.

Segundo revelou a pesquisa não é necessário dormir durante 8 horas seguidas para alcançar os benefícios, 7 horas já são suficientes, desde que o corpo sinta que está descansado.

A ansiedade e a depressão encurtam os telômeros, quanto mais severo for o problema mais prejudicial para os telômeros. Esses estados emocionais extremos influenciam negativamente o organismo acelerando o envelhecimento das células. Assim como doenças cardíacas, diabetes e pressão alta surgem mais cedo e rápido em pessoa que sofrem de ansiedade de depressão.

O Blog Homeopatia e Saúde, é um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, leia mais sobre esse assunto no link: https://goo.gl/5QPkQX

 

TAGS: Depressão, Estresse, Longevidade, Atividade física, Telômeros, Envbelhecimento

Fumar maconha na adolescência faz muito mal

Segundo o médico inglês Robin Murray fumar maconha na adolescência aumenta os riscos de esquizofrenia na idade adulta. Sendo que os jovens que usam a erva regularmente têm mais possibilidades de desenvolverem algum tipo de psicose futuramente.

Outro estudo realizado em 2002 comprovou que pessoas que fumam maconha a partir dos 15 anos possuem 4,5 vezes mais riscos de se tornarem psicóticas após 10 anos.

Essa descoberta foi feita através de um estudo que Murray coordenou no Instituto de Psiquiatria Kings College, Em Londres Inglaterra, que conseguiu mapear a maior parte dos problemas relacionados ao uso de maconha na adolescência.

A pesquisa foi realizada ao longo de vários anos, de 2005 a 2011, e comparou 410 pacientes entre 18 e 65 anos que relataram o primeiro episódio de psicose num hospital psiquiátrico que fica no sul de Londres, com mais 370 participantes saudáveis e mesma faixa etária que residem na mesma região de Londres.

Os dados levantados pela pesquisa verificou que os usuários mais jovens de maconha têm mais riscos porque o uso da erva se torna mais prolongado.

A paranoia e a desconfiança ocasionadas pelo consumo da maconha é a chave desses problemas. Entretanto, curiosamente, o risco de paranoia e psicose foi verificado somente no uso de maconha e Skank.

Ainda segundo Murray, em Londres, 25% dos casos de psicose na idade adulta está relacionada com o abuso de maconha durante a juventude.

Embora grande parte dos jovens que fumam maconha na adolescência não sofram danos, uma minoria vulnerável é prejudicada pelo seu uso. Ainda segundo o estudo um décimo das pessoas pesquisadas desenvolveu algum tipo de distúrbio de esquizofrenia aos 26 anos.

Por isso fumar maconha deve ser fortemente desencorajado por pais, professores e profissionais de saúde no caso de adolescentes psicologicamente vulneráveis. Bem como as autoridades devem investir em políticas de prevenção ao uso.

Peter Jones professor da Universidade de Cambridge e um dos mais renomados psiquiatras da Grã-Bretanha, especialista em esquizofrenia, também informa sobre os riscos que o uso prolongado da maconha pode ocasionar “a maconha, neste momento, é um problema para os serviços de saúde psiquiátrica pública”. Jones também advertiu que crianças entre 10 e 11 anos que começam a usar a erva aumentam, consideravelmente, o risco de esquizofrenia.

Nos últimos anos se intensificaram as preocupações acerca dos distúrbios mentais causados pelo uso da maconha, já que o número de usuários de maconha está aumentando. Nos EUA, por exemplo, em algumas faixas etárias as pessoas estão fumando maconha como se estivessem fumando cigarro. As crianças também estão começando a usar a droga cada vez mais cedo, se tornando o grupo com mais risco sofrer algum tipo de distúrbio mental quando alcançarem a idade adulta.

Uma das maiores barreiras encontradas na prevenção e tratamento é justamente conseguir convencer os usuários que a maconha é a origem de seus problemas, especialmente nos casos em que a pessoa já apresente algum tipo de psicose.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, trás mais esse alerta a população. Para matéria completa acesse: https://goo.gl/vkjTKX

TAGS: Maconha, Prevenção, Jovens, Adolescentes

Como você trata da saúde?

Para manter-se o mais saudável é preciso cuidar da própria saúde, bem como manter hábitos que garantam o seu bem-estar. Isso pode ser conquistado com algumas mudanças na rotina, para isso é preciso eliminar alguns hábitos ruins e acrescentar outros melhores. Também é interessante ficar atento a qualquer tipo de alteração no organismo, afinal o nosso corpo fala.

Mas antes de tomar qualquer tipo de atitude é necessário conversar com um médico de sua confiança sobre como manter um estilo de vida mais saudável e evitar atividades que possam prejudicar a sua saúde.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, lista a seguir algumas atitudes que vão melhorar a sua saúde.

Beba muita água para manter o corpo hidrato.

Para de fumar. Esse hábito é muito prejudicial à saúde de seus pulmões, evite também a exposição a fumaça do cigarro.

Mantenha uma dieta balanceada e nutritiva, inclua fruta e vegetais na sua alimentação. Para manter uma dieta equilibrada não é preciso abrir mão das guloseimas, basta não exagerar no consumo dessas delicias.

Faça exercícios físicos todos os dias, se possível, ou pelo menos de três a quatro vezes por semana. Além de melhorar a mente e o humor a prática de exercícios ajuda o corpo a permanecer forte e resistente às doenças.

Evite bebidas alcoólicas. Beber afeta os órgãos vitais, independente da quantidade ingerida é um bastante hábito prejudicial à saúde.

Reduza a ingestão de sal, pois o sódio eleva a pressão arterial.

O sono não é bom só para o corpo, mas para a mente também. Afinal com o corpo e mente bem descansado podemos realizar coisas incríveis. Por isso ter uma boa noite de sono é essencial para o seu bem-estar. Segundo especialista um adulto precisa dormir de 7 a 9 horas por dia.

Reserve um tempo para curtir com a família, amigos, descansar, ou para fazer atividades que dão prazer.

Saiba mais sobre esse assunto no link: https://goo.gl/S3yV4r

TAGS: Saúde, Bem-estar, Cuidados, Exercícios físicos

Dicas para evitar o pânico e a ansiedade

A correria da vida moderna pode ser muito estressante, assim como as pressões que enfrentamos todos os dias pode prejudicar a nossa saúde, especialmente para aqueles que sofrem por causa das crises de ansiedade e de pânico. Entretanto, existem algumas atitudes que ao serem adotadas podem minimizar os efeitos negativos da ansiedade no dia a dia.

A seguir vamos listar algumas atitudes que podem melhorar a rotina e evitar que as crises de ansiedade e pânico sejam mais frequentes. Essas ações foram separadas em três grupos diferentes para um melhor entendimento.

Ações relacionadas com a saúde e o bem-estar

São tantos os compromissos que temos em nossa rotina, que muitas vezes acabamos negligenciando a nossa saúde. Cuidar da saúde é importante para manter o nosso organismo sadio, pois ter um corpo mais saudável ajuda a prevenir problemas de saúde, deixando o corpo mais resistente até nos casos de crise de ansiedade e pânico.

  • Ter uma boa noite de sono e num local livre de ruído e luz faz toda a diferença, assim segundo os especialistas 8 horas diárias é o mais indicado, entretanto isso varia de um indivíduo a outro;
  • Manter uma alimentação balanceada;
  • Fazer exercícios físicos regularmente;
  • Evitar o tabaco e o álcool;
  • Administrar corretamente as finanças familiares e pessoais;
  • Criar uma rotina diária mais equilibrada, que contemple tempo para o trabalho e atividades pessoais;
  • Somente usar medicamentos com indicação médica;
  • Consultar regularmente o clínico e o dentista.
  • Atitudes que vão te ajudar a enfrentar o problema
  • Anotar diariamente todos os momentos em que esteve ansioso, bem como o que provocou esse sentimento;
  • Analisar as anotações e tentar encontrar o que esses momentos têm em comum. Relaxe você não está procurando o valor de Pi, por isso não precisa acertar de primeira, só não desista, que certamente você vai detectar a origem do problema;
  • Elabore uma lista de metas para mudar essa situação;
  • Imagine o que pode acontecer de bom e ruim no que diz respeito a uma situação. E tente se preparar para ambos, afinal coisas ruins acontecem vez ou outra;
  • Se achar necessário procure ajuda.

Atitudes que ajudam a manter o controle nos casos de crise de ansiedade

  • Pare o que está fazendo. Caso a sua ação esteja piorando o problema é melhor parar, respirar e pensar numa atitude diferente;
  • Foque na sua respiração, que deve ser lenta e profunda;
  • Relaxe a musculatura;
  • Para desviar os pensamentos pratique qualquer tipo de atividade como contar até 37, repetir frases de encorajamentos ou soletrar. O importante é afastar os pensamentos negativos criando um novo foco de atenção;
  • Trace novos modos de agir;
  • Faça acontecer.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, trouxe mais essa matéria interessante, pois sabe o quanto a ansiedade pode prejudicar a rotina diária de quem sofre por causa das crises.

Aqui tentamos passar algumas dicas de como melhorar e prevenir as crises de pânico, entretanto nos casos mais graves é preciso procurar ajudar de um profissional, não sofra sozinho, procure auxílio sempre que for necessário. E lembre-se que você não está sozinho nessa.

Para matéria completa acesse o link: https://goo.gl/yK52z2

 

TAGS: Ansiedade, Pânico, Crises, Saúde, Atividade física, Respiração

Por que o feijão carioquinha não é o principal do RJ?

O feijão carioca é a variedade mais consumida em todo o Brasil, de norte a sul ele é o principal acompanhamento do arroz nos pratos dos brasileiros. Entretanto o Rio de Janeiro é um dos Estados que é uma exceção a regra, pois no Rio o feijão preto é o preferido da população para fazer dupla com o arroz, enquanto no restante do território nacional o feijão preto só é utilizado em algumas receitas como no caso da feijoada.

Ainda no século XIX, durante as expedições dos bandeirantes que o feijão marrom foi incorporado as refeições dos brasileiros. Enquanto no Rio de Janeiro com a criação da feijoada o feijão preto se popularizou e os cariocas mantiveram essa preferência até os dias atuais.

Para destacar a importância do feijão para a nossa saúde e bem-estar vamos listar alguns de seus benefícios:

Os feijões são alimentos abundantes em fibras solúveis, que podem diminuir os níveis do colesterol e triglicerídeos;

Alimento de baixo valor glicêmico os feijão tem uma excelente combinação de carboidratos e proteínas complexas. Por isso a digestão do feijão é mais lenta, o que pode ajudar a estabilizar a glicemia reduzindo a fadiga e a irritabilidade;

Especialistas indicam a ingestão semanal de 2 a 3 xícaras de feijão para promover a saúde e reduzir o risco de doenças crônicas, como o câncer. Isso graças a abundancia de fibra e antioxidantes;

Por ser um alimento rico em fibras o feijão auxilia na regularização das funções do intestino evitando a constipação;

Como os feijões são absorvidos pelo organismo mais lentamente do que outros carboidratos complexos, eles podem ajudar na perda de peso, mantendo a sensação de saciedade por mais tempo sem terem uma quantidade elevada de calorias;

O feijão é uma fonte de proteínas mais barato, se compararmos com a carne, por exemplo:

Além de proteínas e carboidratos o feijão é repleto de vitaminas, minerais (como ferro, folato, cobre, fósforo, manganês, magnésio, zinco e potássio) e antioxidantes;

O feijão é um alimento muito versátil que pode ser preparado de diversas maneiras.

O Blog Homeopatia e Saúde, é um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, para matéria completa: https://goo.gl/PMVrtA

TAGS: Feijão, Carboidratos, Feijão Carioca, Bandeirantes, Rio de Janeiro

Você se parece mais com o seu amigo do que imagina

Segundo estudo realizado na Universidade de Yale pelos pesquisadores James Fowler, professor de genética médica e ciência política, e Nicholas Christakis professor de sociologia, biologia evolutiva e medicina, as pessoas tendem a escolher amigos que se pareçam geneticamente com elas, em outras palavras os amigos mais próximos são equivalentes genéticos a um primo de quarto grau.

“Ao investigar cuidadosamente todo o genoma descobrimos, que em média, somos geneticamente semelhantes a nossos amigos, assim temos mais DNA em comum com as pessoas que escolhemos para conviver do que com estranhos da mesma localidade”, disse Fowler.

Para que o estudo fosse possível o genoma de cerca de 1,5 milhão de marcadores genéticos que estão arquivados no banco de dados da Framingham Heart Study, o maior arquivo sobre o assunto encontrado pelos pesquisadores e que guarda informações familiares e pessoais dos participantes, foi analisado.

O estudo contou com a participação de 1932 voluntários e comparou pares de amigos com pares de desconhecidos de uma mesma região, ainda que as pessoas não fossem da mesma família, aqueles que estavam unidos pelo laço da amizade apresentaram semelhanças genéticas. Sendo que essa semelhança está mais ligada aos genes que afetam o olfato, dessa forma a sensação do cheiro é a mesma entre amigos.

Segundo os pesquisadores amigos são tão semelhantes geneticamente quanto primos de quarto grau, ou pessoas que têm o mesmo tataravô, isso equivale a cerca de 1% dos nossos genes.

No estudo Fowler e Christakis ainda desenvolveram o que eles chamam de “pontuação de amizade”, um sistema com o qual podem descobrir quais serão os próximos amigos.

Eles observaram, também, que provavelmente existem muitos outros mecanismos trabalhando e que nos levam a escolher amigos geneticamente semelhantes.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, encontrou na internet mais esse estudo interessante, matéria completa no link: https://goo.gl/FRN851

 

TAGS: Genética, Amigos, Genes, Amizade

Qual a influência dos avós na vida dos netos?

Com a correria da vida moderna os avós estão desempenhando papéis cada dia mais importantes na vida das famílias. Com os pais trabalhando são eles que ajudam na educação e cuidados dos netos. Ainda que sejam acusados, muitas vezes, de mimar as crianças, a sua contribuição é significativa.

Diversos estudos foram realizados em alguns países sobre a influência dos avós na vida dos netos. Sendo que as pesquisas mais conhecidas foram feitas nos Estados Unidos, Europa e Ásia. O principal objetivo é determinar se existiu um impacto significativo dos avós durante o desenvolvimento dos netos, considerando também a influência na vida adulta.

Apesar das diferenças culturais, da personalidade dos avós e classe social das famílias, os pesquisadores conseguiram encontrar alguns denominadores comuns positivos no decorrer das análises.

Segundo os pesquisadores da Universidade Brigham Young, em Utah, nos Estados Unidos, os avós conseguem influenciar no comportamento social das crianças.  Os pesquisadores enfatizaram que “os avós distantes”, aqueles que moram longe dos netos, assumem o papel de encorajar o desenvolvimento positivo ao invés de disciplinar comportamentos negativos. Principalmente durante a adolescência, quando aumenta o conflito entre pais e filhos. Nessas situações que as crianças e adolescentes encontram aliados seguros na figura dos avós, além de sentirem o cuidado e proteção.

As pesquisas também mostraram que a relação emocional entre avós e netos pode afetar, significantemente, o desenvolvimento psicológico, acadêmico e social das crianças. Foi possível verificar que as crianças que recebem mais carinho dos avós são mais autoconfiantes. Sendo que essa relação causa impactos positivos de longo prazo na vida das crianças, até mesmo com relação a valorização dos cuidados dispensados e recebidos para outra pessoa.

O relacionamento entre avós e netos pode deter os efeitos negativos de eventos adversos da vida, já que eles conseguem acalmar as crianças melancólicas. Esse detalhe serve de indício para  futuros estudos, uma vez que precisam prestar mais atenção ao papel dos avós no desenvolvimento da resiliência nos jovens.

Impactos positivos e benefícios ao desfrutar da presença dos avós:

  1. Os avós transmitem as crianças um sentimento de pertencimento, continuidade familiar e histórica;
  2. Ajudam a disseminar e reforçar a tradição e cultura do seu povo;
  3. São mais um modelo na vida das crianças, sendo às vezes mais importantes que pais ou ídolos;
  4. As crianças e, principalmente os adolescentes, se sentem mais confortáveis em confiar nos avós, pois os consideram mais tolerantes que os pais;
  5. Os avós são uma fonte de autoconfiança e positividade, o que ajuda as crianças a se tornarem pessoas mais ambiciosas no futuro;
  6. Eles fornecem uma dose extra de segurança simplesmente com a sua presença;
  7. Inspiram atitudes, personalidade, desenvolvimento e melhora do caráter;
  8. Os avós são uma considerável fonte de valores e boas maneiras.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, trouxe mais essa matéria interessante para comemorar o Dia dos Avós, pois sabe da importância que a família tem no desenvolvimento da criança, para mais informações acesse: https://goo.gl/NWiijF

TAGS: Família, Avós, Vovô, Vovó, Filhos

Desejo de gravida existe?

Muitas novidades surgem na vida das grávidas, o corpo muda e com essas mudanças coisas diferentes acontecem na vida da gestante. Quem nunca ouviu algum relato de desejos inusitados durante a gravidez? Uma amiga que sentiu vontade de comer chocolate com abobrinha ou de maridos que precisaram sair de madrugada para comprar melancia. Mas será que esse tipo de desejo ocorre mesmo durante a gestação?

Segundo enquete realizada pelo site da revista Crescer 75% das leitoras respondeu que sim, que já tiveram vontade de comer comida específica no decorrer da gravidez.

Mas isso tem uma explicação, a partir da 12ª semana o controle dos hormônios deixa de ser realizado pelos ovários e passa a ser feito pela placenta, sendo que o estrogênio é um dos que passa por essas transformações, acarretando mudanças de humor, cheiro e preferências alimentares. Em outras palavras a mulher pode ter vontade de consumir algo que não faz parte de sua rotina, bem como rejeitar alimentos de que gosta.

Fatores emocionais também causam essas alterações, pois a mulher fica mais sensível e por causa disso requer mais atenção, explicou Fabiane Sabbag médica do Hospital São Luiz Itaim (SP). Com o objetivo de suprir essa carência a grávida sente o desejo de comer determinado alimento e assim atrair a atenção do companheiro e familiares, quando esse desejo é atendido a mulher se sente protegida. Essas atitudes são, geralmente, inconscientes.

Não devemos esquecer que cada organismo reage de forma diferente às alterações hormonais no decorrer da gestação, por isso nem todas as grávidas sentem desejos alimentares durante a gravidez e isso é normal.

Os enjoos também são responsáveis pelos desejos durante a gravidez, pois alimentos como frutas ácidas, bebidas e alimentos gelados amenizam os sintomas.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, sugere que neste período atender aos desejos das grávidas faz com que elas se sintam amadas e protegidas.

Matéria no link: https://goo.gl/D4Go4w

TAGS: Gravidez, Desejos, Enjoos, Proteção

Celular antes de dormir retarda o sono

O aparelho celular já faz parte da rotina de milhões de pessoas em todo o Brasil, bem como os efeitos do seu uso excessivo já vem preocupando pesquisadores em todo o mundo. Assim um artigo publicado pela Revista de Medicina da USP apresenta mais um estudo sobre como o uso do celular pode atrapalhar o sono.

Segundo a pesquisadora Vera Lucia Ribeiro Fuess, e as estudantes Juliana Naomi Konno, Agda Lopes Donnabella Marconi Gozzoli e Carine Cristina Moraes de Freitas o uso do celular a noite faz com que a pessoa leve mais tempo para cair o sono e, consequentemente, atrapalha o desempenho no decorrer do dia.

Conforme dados do IBOPE o celular é mais usado para conversar com amigos (76%), seguido por ler e enviar e-mails (75%), para ler noticia (64%), descobrir como anda o cenário musical (47%) e assistir vídeos (44%). Essa alta disponibilidade para conversar com amigos faz com que a pessoa se mantenha disponível por mais tempo, essa disponibilidade é um fator muito estressante, pois isso significa também que a pessoa pode ser incomodada a qualquer momento, até quando já estiver dormindo.

O uso prolongado de aparelhos eletrônicos, dentre eles o smartphone, pode prejudicar a produção de melatonina, o hormônio responsável pela regulação do sono. Esse hormônio é liberado no organismo durante o anoitecer desencadeando o sono, entretanto a exposição à luz dificulta esse processo.

Para que o estudo fosse realizado voluntários com idade entre 17 e 40 anos, e que já sofrem com dificuldades para dormir por causa do excesso de trabalho e estudos, foram avaliados.

Também foi possível observar mudanças, significativas, nos voluntários após a proibição do uso de aparelho celular uma hora antes de dormir durante 15 dias seguidos.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, sabe da importância do sono para a saúde e bem-estar, matéria no link: https://goo.gl/ji59WN

 

TAGS: Sono, Saúde, Celular, Smartphone, Pesquisa

O que significa a linha escura na barriga das grávidas?

Durante a gravidez o corpo da mulher passa por diversas transformações, algumas delas são esperadas como o crescimento da barriga, alguns órgãos que são comprimidos, cabelo e pele. Enquanto outras nem tanto, como os pelos que crescem em lugares pouco convencionais.

Dentre as muitas mudanças corporais e psicológicas, pois é preciso se preparar para ser mãe, que a mulher enfrenta no decorrer da gravidez tem o surgimento de uma linha vertical escura na barriga, essa marca é chamada linha negra ou linha púrpura, e tem esse nome porque é escura e linear. Mas você sabe o porquê essa linha aparece?

A linha escura surge logo nos primeiros meses de gestação e é uma das consequências das alterações enfrenta pelo organismo. Os hormônios estrogênio, progesterona e melanocítico são os responsáveis por essa linha escura que nasce no meio da barriga, já que eles conseguem alterar a coloração da pele em algumas regiões do corpo.

Essa linha púrpura atinge 90% das gestantes, sendo que as mulheres morenas são as mais afetadas por ela. A linha escura aparece no local onde a pele abdominal se dilata para acolher o bebê. Essa linha que fica logo abaixo do umbigo já existe, contudo a sua coloração é a mesma do restante da pele, só que durante a gravidez ela sofre por causa dos efeitos dos hormônios mudando de coloração no decorrer do processo.

Enquanto a linha negra estiver presente no corpo sempre que a grávida for tomar sol é recomendado usar protetor solar fator 30 ou maior. Aliás, esse procedimento deve ser adotado por todos sempre que for expor-se aos raios solares, pois evita possíveis doenças na pele.

Outras partes do corpo da mulher também podem ser atingidas pelo aumento dos hormônios durante a gravidez adquirindo uma cor mais escura, assim axilas, virilha, auréola dos seios e rosto podem sofrer alterações na sua coloração natural.

A linha negra desaparece até 3 (três) meses após o parto, porém no caso de mulheres com a pele mais escura esse prazo pode se estender até 4 (quatro) meses.

Para acelerar o processo de desaparecimento da linha negra usar creme esfoliante duas vezes na semana é o mais indicado, pois elimina a pele ressecada da região.

Segundos especialistas a deficiência de ácido fólico contribui com o aparecimento de manchas e escurecimento da pele, por isso o uso de ácido fólico, presente em alimentos como grãos integrais e verduras escuras, no decorrer da gravidez vai ajudar a eliminar a linha negra mais rapidamente depois da gravidez.

Outros problemas na pele podem surgir durante a gravidez por isso sempre que notar algo estranho, como alterações no tamanho e cor nas pintas, mostre ao médico.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, gostaria de ressaltar a importância do acompanhamento médico durante toda a gestação, pois somente um profissional pode avaliar todas as alterações que aparecem nesse período.

Matéria retirada do link: https://goo.gl/vBAvhf

TAGS: Gravidez, gestação, saúde, linha negra

Qual o seu tipo de metabolismo?

A nutrigenômica, ciência que estuda como a constituição genética de uma pessoa interfere no resultado da dieta, pode ser uma opção saudável no combate ao excesso de peso.

Pois nutrigenômica considera que cada pessoa possui um metabolismo diferente, e para isso ela separou os indivíduos em 3 grupos diferentes: os tipo carbo, tipo proteína e tipo misto, considerando os genes de cada sujeito. Assim que o tipo é identificado a pessoa pode comer a vontade, desde que respeite as indicações.

Para determinar o perfil bioquímico-metabólico e descobrir as necessidades de seu organismo variáveis como: condições físicas, estilo de vida, aspectos psicológicos e mentais, idade, e até o clima do lugar onde a pessoa vive são considerados. Exames clínicos e de laboratório também são realizados para determinar o tipo metabólico.

Para descobrir qual o seu tipo metabólico é só responder as perguntas abaixo com sim ou não:

Meu apetite no café da manhã é forte?

No almoço meu apetite é forte?

E no jantar meu apetite é forte?

Ficar mais de 4 horas sem comer é difícil?

Sinto-me faminto e necessito de lanches entre as refeições regularmente?

Vivo para comer e não como para viver?

Carne ou peixe nas refeições me deixa com mais energia?

Refeição vegetariana não satisfaz a minha fome?

Ingerir carne ou alimento gorduroso restaura minha energia?

Gosto mais de alimento salgado e gorduroso que os doces?

Consumir somente frutas não me satisfaz?

É muito difícil ficar de jejum?

Comer antes de dormir melhora o sono?

Beber suco de laranja pela manhã não me faz bem?

Café me deixa acelerado, nervoso e com tremores?

Meus olhos e nariz costumam ficar úmidos?

Durante o dia preciso urinar muitas vezes?

Frequentemente tenho que tossir e limpar a garganta?

Prefiro dormir pela manhã?

Quando me corto a ferida cicatriza rapidamente?

 

Resultado:

Se marcou 18 ou mais vezes “não” você é do tipo Carbo: invista nas proteínas leves como as vegetais ou derivadas do leite, reduza os laticínios e procure alimentos com baixo teor de gordura. Verduras, frutas, legumes e grãos são excelentes opções, mas o excesso de gordura e proteína absorvem suas energias causando irritação e ansiedade.

Se marcou 18 ou mais vezes “sim” o seu tipo é Proteína: prefira as proteínas, de preferências as de origem animal, consuma vegetais pobres em amido como alface, repolho, grãos, porém evite farinhas refinadas. Evite frutas em grandes quantidades, margarina e óleos hidrogenados.

Mas se marcou menos 18 respostas “sim” e “não” o seu tipo é Misto: inclua proteína nos lanches, a vontade de comer doces após as refeições pode indicar ingestão em excesso de grãos, bem como a vontade de comer doces após o consumo de frutas indica excesso de carboidratos e pouca proteína, diminuir o consumo de qualquer tipo de açúcar.

O Blog Homeopatia e Saúde, é um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, para matéria completa visite: https://goo.gl/pbJS5L

 

 

TAGS: Metabolismo, Dieta, Carboidratos, Proteínas

Quantas vezes você faz o número 2 por dia?

Os problemas intestinais são muito frequentes, e as mulheres são as que mais sofrem por causa deles, sendo que a reclamação mais comum é a prisão de ventre, em alguns casos esse problema é físico, mas em outros podem ter origem psicológica ou emocional. Seja qual for o motivo o uso de laxantes não é recomendável porque pode causar consequências indesejadas.

Se a prisão de ventre é um problema e a intestino solto demais pode causar incomodo, como saber qual a frequência considerada “normal” de uso do banheiro, para responder essa questão é preciso saber qual é a frequência saudável de evacuação.

Segundo Alexandre Fonoff coloproctologista e coordenador do Centro de Coloproctologia do Hospital Samaritano em São Paulo, a frequência evacuatória considerada saudável é de 3 vezes ao dia até 1 vez a cada 3 dias, entretanto esse ritmo só é considerado normal se fizer parte da rotina do indivíduo. Porém se uma pessoa que tinha uma frequência de 3 vezes ao dia desde a infância essa rotina altera para 1 vez a cada 3 dias, isso pode ser um indício de que alguma coisa mudou e precisa ser investigado, acrescentou Fonoff.

O nosso organismo é capaz de guardar excrementos por uma semana ou mais, porém isso não é uma coisa boa, pois quanto mais tempo parado em nosso corpo mais seco eles ficam dificultando a evacuação, por isso evacuar frequentemente é tão importante.

Outro problema que surge ao evitar as visitas ao banheiro é o acumulo de gases, que pode causar dores nas costas, inchaço, desconforto abdominal dentre outros malefícios ao organismo.

O melhor momento para ir ao banheiro é quando existir uma solicitação natural do organismo, em outras palavras toda vez que tiver vontade, já que o corpo se manifesta através de contrações intestinais e, geralmente, isso acontece nas primeiras horas do dia.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, trouxe mais esse artigo interessante retirado da web, para matéria completa: https://goo.gl/BoVNED

 

TAGS: Prisão de ventre, Cocô, Evacuação, Desconforto Abdominal

Pizza – Opções saudáveis

Dia 10 de julho é o dia Internacional da Pizza, foi nessa data que o rei Umberto e a rainha Margherita provaram a pizza pela primeira vez. Um dia onde esse pão plano que é assado e coberto de molho de tomate e queijo é apreciado em todo o mundo. São diversas as opções de molhos e coberturas que podem ser colocadas sobre a pizza, incluindo vegetais, carnes e frutos do mar. A origem da pizza ainda gera muitas controvérsias, mas a pizza como nós conhecemos foi criada em Nápoles, Itália, no século 10, e desde então tornou-se um dos alimentos mais populares do mundo.

A pizza é um dos alimentos mais consumidos em nosso planeta. No Brasil são consumidas 1 milhão de pizzas todos os dias, só em São Paulo são 572 mil discos dia fazendo dela a segunda cidade que mais consome esse alimento em todo mundo, ficando atrás apenas de Nova York. Enquanto na Itália são devoradas 1,8 bilhões de pizzas anualmente.

Vista como vilã da dieta a pizza pode ser preparada em versões light utilizando ingredientes mais saudáveis como: verduras, legumes, queijos e carnes magras. O importante é escolher o ingrediente certo para não prejudicar a dieta.

A seguir algumas dicas que vão deixar o preparo de sua pizza mais saudável:

Quando for preparar a massa substitua a farinha branca por farinha de trigo 100% integral, ou farinhas enriquecidas por grãos para o preparo de uma pizza mais nutritiva, saudável e com menor índice glicêmico.

O pão sírio também pode ser usado no preparo da pizza, aqui vale a dica de também escolher a versão integral da massa.

Para deixar a massa mais saudável e crocante adicione quinoa à massa, linhaça e chia também poder ser utilizadas para substituir a quinoa.

Quando for fazer o molho opte pelo clássico molho de tomate caseiro, evite usar os molhos prontos que possuem elevada concentração de sódio, conservantes e outros ingredientes desnecessários, por isso o ideal é preparar o próprio molho.

Fatiar o tomate direto sobre a massa é uma opção para quem não quer fazer o próprio molho.

O molho pesto pode ser usado no preparo da pizza.

Algumas opções de pizza saudáveis:

Pizza na massa de wrap: aqui o wrap, nas versões light, fit ou integral, é utilizado como base para o preparo da pizza.

Pizza de frango e rúcula: para o preparo dessa pizza o pão sírio e o wrap podem substituir a massa.

Pizza de berinjela: nessa receita o grande diferencial é que a berinjela é usada no lugar da massa.

Pizza vegetariana: feita com massa de farinha integral onde diversos legumes são usados no seu preparo.

O Blog Homeopatia e Saúde, é um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, sabe o quanto os brasileiros gostam e consomem pizza, entretanto para aqueles que não podem ficar sem um pedaço de pizza indicamos o consumo 1 vez por semana. Para receitas e matéria completa acesse: https://goo.gl/pHtHJy

 

TAGS: Pizza, Alimentação, Consumo, Saudável

O cérebro começa a consumir-se quando não dormimos o suficiente

O motivo pelo qual dormimos é muito mais complexo que simplesmente recarregar nossos níveis de energia a cada 12 horas. Nosso cérebro realmente muda de estado quando estamos dormindo eliminando todo o material tóxico causado pela atividade neural acumulado durante o dia.

Entretanto, o mesmo processo ocorre em cérebros que sofrem de privação de sono. Pesquisadores descobriram que a continua falta de sono faz com que o cérebro limpe uma quantidade grande de neurônios e conexões sinápticas, e mesmo que a pessoa tente recuperar o sono este dano pode não ser recuperado.

Pois, segundo pesquisadores da Universidade Politécnica de Marche, na Itália, a falta de sono pode fazer com que partes das sinapses cerebrais sejam “comidas” por outras células cerebrais, foi o que eles comprovaram através de estudos.

“Conseguimos provar, pela primeira vez, que partes das sinapses cerebrais são consumidas, literalmente, por astrócitos em consequência da perda de sono”, falou o pesquisador Michael Bellesi.

No decorre do estudo a equipe de Bellesi testou quatro grupos de ratos: o primeiro grupo tinha autorização para dormir o quanto quisesse, o segundo grupo foi despertando periodicamente, o terceiro ficou acordado por mais de 8 horas e o quarto ficou privado de sono durante cinco dias seguidos.

No grupo de camundongos bem descansados o astrócitos estiveram ativos em 6% das sinapses, já no grupo que ficou acordado durante 8 horas mostrou uma atividade astrocitária de 8%, e o grupo que ficou acordado 5 dias seguidos apresentou uma taxa de 13,5%. O que ficou comprovado que esse processo entra em excesso nos cérebros privados de sono.

Porém a descoberta que mais preocupou a equipe e exigiu um acompanhamento foi a atividade da microglia. Elas também se mostram mais ativas, mas somente depois da perda crônica do sono, uma atividade que estava ligada, anteriormente, a doença de Alzheimer e outras formas de neurodegeneração.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo, pretende através deste artigo enfatizar a importância de uma boa noite de sono para a saúde, matéria completa: https://goo.gl/215Rnj

 

TAGS: Sono, Cérebro, Dormir, Sinapses

As principais causas do soluço

Os soluços surgem repentinamente e podem rapidamente tornar-se irritantes. Isso faz com que as pessoas tentem qualquer coisa, sejam elas criativas ou incomuns, para acabar com eles. Não é de espantar o fato que discussões e teorias sobre como dar fim neles sejam tão abundantes na web.

Por este motivo às vezes é muito difícil conseguir diferenciar um método recomendado das histórias da carochinha. Por isso neste artigo vamos nos preocupar em como acabar com o soluço usando métodos recomendados por especialistas.

O soluço ocorre quando o diafragma se contrai involuntariamente de repente, e o músculo que fica abaixo do pulmão e é responsável pela respiração. Essa contração impede o ar de ir para os pulmões, fazendo com que ele vá para o estomago. O barulho (hic) surge quanto o estomago tenta expulsar o ar.

Ainda não existe um motivo certo que provoca o soluço, mas existem algumas variáveis:

Distensão do estomago: causado em consequência da dilatação do estomago, por exemplo, comer demasiadamente. A distensão pressiona o diafragma e provoca os espasmos.

Doenças do fígado: insuficiência hepática e hepatite podem irritar o diafragma causando o soluço.

Doenças neurológicas: algumas situações ligadas ao sistema nervoso central que tem a capacidade de afetar o bulbo podem levar ao soluço.

Refluxo: por causa do refluxo a mucosa do esôfago fica irritada, o nervo frênico fica localizado bem nessa região, com isso o músculo é estimulado, contrai e gera o soluço.

Medicamentos: alguns medicamentos alteram, temporariamente, as funções cerebrais, de uma forma que leva ao soluço.

Devemos nos preocupa somente se o soluço durar mais de 10 minutos, ou aparecer com frequência, isso pode indicar que alguma coisa não está funcionando corretamente.

Para dar fim ao soluço a otorrinolaringologista Jeanne Oiticica indica prender a respiração por alguns minutos, outra dica é respirar dentro de um saco de papel, esses dois procedimentos elevam o nível de CO2.

TAGS: Soluço, Otorrinolaringologia, Diafragma, Causas

 

Leia o texto original em: https://goo.gl/9pFr6y