Como o medicamento age no organismo? - Similia | Clínica de Homeopatia

Como o medicamento age no organismo?

Ao optarmos por medicamentos de uso oral, o medicamento atravessa a faringe, chegando ao esôfago. Logo depois, alcança o estomago e ao contrário do que costumamos pensar a maior absorção do medicamento não é realizada nesse órgão e sim no intestino.

Pelo intestino ser repleto de pequenos vasos sanguíneos ocorre a liberação de moléculas ativas que dissolvem o comprimido de maneira mais eficaz que em outros órgãos. A partir daí, os princípios ativos dos medicamentos atravessam as membranas presente no intestino e entram na corrente sanguínea.

<<Leia também: Alguns cuidados com o seu medicamento homeopático.>>

O caminho após o intestino: Veja como o medicamento age no organismo.

No interior da corrente sanguínea, o principio ativo do remédio começa a buscar o lugar exato em que precisa agir. O remédio só entra em ação de fato quando encontra moléculas do corpo chamadas de receptores. Cada órgão tem seus receptores específicos e o medicamento só surte efeito quando encontra o receptor que “encaixa” devidamente com sua fórmula química. O único lugar que o medicamento não circula é o cérebro. Esse órgão detêm uma proteção fisiológica chamada barreira hematoencefálica que previne a região de danos colaterais.

É importante salientar que cada remédio age de um jeito e além disso cada forma de consumo determina o tempo de efeito da medicação. Injeções tem efeito quase que imediato, por já alcançarem a corrente sanguínea. Assim como medicamentos que são colocados debaixo da língua tem seu processo acelerado por ser uma região repleta de pequenos vasos sanguíneos.

(Cada droga age de um jeito)

O Blog Homeopatia e Saúde é um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo.

<<Veja na íntegra: Você sabe como o medicamento atua em seu organismo?>>
2018-04-24T08:00:06+00:00 24/04/2018|BEM-ESTAR, DICAS, SAÚDE|0 Comentários

Deixar Um Comentário