A homeopatia no tratamento de ovários policísticos

A síndrome dos ovários policísticos foi relatada pela primeira vez num estudo realizado por Stein e Leventhal, em 1935. Ainda que a nomenclatura só tenha sido adotada posteriormente. Contudo os sintomas ausência de menstruação, aumento dos pelos corporais, obesidade e aparência policística estavam presentes no artigo. 

Ainda que os sintomas permaneçam os mesmo, hoje as manifestações clínicas e patogêneses estão mais assimiladas. Pois o problema é bem reconhecido em virtude das implicações a saúde reprodutiva, metabólica e cardiovascular da paciente. O que faz dele um dos distúrbios hormonais mais comuns em mulheres, atingindo uma taxa de 5 a 10% do total desta fatia da população. 

Algumas particularidades da síndrome dos ovários policísticos

Mais dois sintomas foram adicionados para o diagnóstico do problema: a redução do fluxo menstrual e aumento dos níveis de hormônios masculinos. Todavia a aparência policística do ovários não é um pré-requisito para o diagnóstico da síndrome. Sendo que algumas mulheres podem apresentar nível alto de insulina no sangue. Além de 30% das mulheres diagnosticadas sofrem de obesidade. 

Mulheres com síndrome dos ovários policísticos têm mais riscos de desenvolver hipertensão e diabetes.

O aumento dos pelos e acnes são os principais sintomas que incentivam as mulheres buscarem o tratamento do problema. Especialmente as mais jovens por causa do estresse relacionado à aparência, que afeta a confiança. A homeopatia auxilia no tratamento do problema, além disso, por usar substâncias de origem natural o tratamento é mais gentil com o organismo. 

Climatério e Menopausa e o uso da homeopatia

Período menstrual irregular é outro sintoma que leva mulheres aos consultórios médicos. Já que a ausência da menstruação pode vir acompanhada de dor e fluxo intenso, o que pode impossibilitar as atividades diárias. Também existem os casos de fluxo baixo que causa desconforto. 

O tratamento homeopático pode proporcionar alívio rápido das cólicas menstruais. Assim como reduzir o sangramento em pouco tempo. Além dos remédios para alívio imediato, as pacientes também recebem medicamentos que reduzem o fluxo e sintomas relacionados à menstruação de longo prazo.

O Blog Homeopatia e Saúde, um espaço informativo da Clínica Similia Homeopatia de qualidade em São Paulo – próximo da Av. Paulista, filiada ao Dr. Ariovaldo Ribeiro e a Dra. Ana Lucia Dias Paulo.  Saiba mais sobre como a homeopatia pode melhorar os sintomas em: https://bit.ly/2Tm2YAf

2019-10-20T12:16:00-03:00 14/10/2019|HOMEOPATIA, MULHER, SAÚDE|0 Comentários

Deixar Um Comentário